Serena (2014) - Susanne Bier

Discussão de filmes; a arte pela arte.

Moderadores: mansildv, waltsouza

Responder
No Angel
Especialista
Especialista
Mensagens: 1815
Registado: abril 2, 2012, 9:58 pm

Serena (2014) - Susanne Bier

Mensagem por No Angel » janeiro 2, 2017, 5:43 pm

Imagem

Trailer:




Comentário:
Procurei um tópico sobre o filme e não achei nada, estranhamente, sendo os dois protagonistas atores bastante conhecidos. Vi hoje o filme e gostei muito, as atuações do Bradley Cooper e da Jennifer Lawrence são muito boas, a fotografia é excelente e o suspense/atmosfera do filme é muito interessante. Para além disso passa-se nos anos 20/30, uma época que gosto muito de ver retratada. Interessante o contraste do glamour da época com a violencia do quotidiano dos trabalhadores (muitos morrem ou sofrem acidentes no trabalho, enquanto os ricos vivem uma vida de luxo).

O final apanhou-me de surpresa,
não esperava que o George fosse morrer, muito menos pela pantera...

Ludovico
Especialista
Especialista
Mensagens: 1082
Registado: junho 13, 2007, 4:38 pm
Localização: Porto

Re: Serena (2014) - Susanne Bier

Mensagem por Ludovico » setembro 22, 2019, 1:14 pm

Vi-o à pouco tempo e foi uma desilusão grande.Tinha grandes potencialidades prévias e bons atores a serem trabalhados.Tem o aspecto técnico bastante bom ao mesmo tempo mas falha porque a realizadora é macia na abordagem ao tema que também não muito original.Na década de de 20 e 30 muitas coisas se passaram na America e isso está aceitável de se ver no filme mas Bier mostrou-se incapaz desenvolver o guião a intriga de uma forma assertiva e inteligente e narra a historia de uma maneira frouxa e convencional.Cooper e Lawrence fazem uma excelente quimíca e são mesmo crediveis mas quanto ao resto pouco se aproveita na história.
Nota:5 em 10
"Sempre as horas,as horas,as horas......"

José
Entusiasta
Entusiasta
Mensagens: 300
Registado: outubro 8, 2016, 9:09 pm

Re: Serena (2014) - Susanne Bier

Mensagem por José » setembro 23, 2019, 2:07 pm

Tinha bases para voar bem alto, mas cedo cai numa redundância narrativa, ainda para mais com ares de telefilme rotineiro. Sofre também de uma montagem péssima, por vezes até desconexa. Nota-se que foi uma produção muito atabalhoada, isto apesar do esforço do elenco.

Responder