Ajuda gravação de dvds em 16X

Questões relacionadas com o equipamento DVD para PC.
gexplorer
Especialista
Especialista
Mensagens: 1476
Registado: janeiro 29, 2002, 11:06 am
Localização: Portugal
Contacto:

Ajuda gravação de dvds em 16X

Mensagem por gexplorer » maio 8, 2006, 9:14 am

O meu portátil tem um gravador de dvds Slimtype. O gajo grava cds e dvds até 8X, mas quando ponho dvds 16X virgens o gajo não os reconhece para gravar, no entanto quando os ponho já gravados não há problema. Já tentei actualizar o firmware, mas o gajo não aceita (diz que não é o firmware para aquele gravador embora na descrição do firmware e do nome do gravador seja exactamente o mesmo!!).
O que é que poderei fazer? Por exemplo, o gravador do meu pc que é um LG mais antigo aceita-os na boa, mas o slimtype do portátil népia.
Obrigado pela ajuda.

Anjo
Especialista
Especialista
Mensagens: 1694
Registado: janeiro 13, 2003, 5:43 pm

Mensagem por Anjo » maio 9, 2006, 1:33 am

Sinceramente, se o gravador pura e simplesmente não os reconhece, não estou a ver outra forma que não o update do firmware.

Já tentaste várias marcas de media 16x? Alguns gravadores têm certas aversões a algumas marcas.

Seguiste as indicações correctas para fazeres o update do firmware? Foste buscá-lo a uma fonte de confiança?

gexplorer
Especialista
Especialista
Mensagens: 1476
Registado: janeiro 29, 2002, 11:06 am
Localização: Portugal
Contacto:

Mensagem por gexplorer » maio 9, 2006, 7:33 am

Sinceramente apenas tentei com a mesma marca que já usava em 8x, Verbatim.

Fui buscar o firmware ao site da Liteon e não havia grandes indicações, era só clicar no ficheiro e o gajo fazia o resto (que neste caso não fez...).

Anjo
Especialista
Especialista
Mensagens: 1694
Registado: janeiro 13, 2003, 5:43 pm

Mensagem por Anjo » maio 9, 2006, 8:51 pm

Podes tentar: The Firmware Page

Tens lá bastantes ajudas, podes consultar os fóruns ou fazer o download do firmware.

Tens instruções aqui: Upgrading The Firmware

De resto, Verbatim também é a minha marca preferida mas tenta outra para tirar dúvidas.

Count Raven
Entusiasta
Entusiasta
Mensagens: 472
Registado: janeiro 15, 2002, 5:29 pm
Localização: Portugal
Contacto:

Mensagem por Count Raven » maio 12, 2006, 4:06 pm

Já existe media 16x?

Só tinha conhecimento de 8x.
Cumprimentos,
[CR]

LIGHT AGAINST TIME - Mostra de Fotografia de Espectáculos em Exposição de 26 de Janeiro a 21 de Fevereiro no Cine-Teatro Avenida em Castelo Branco - http://nmdesign.org/lat

Anjo
Especialista
Especialista
Mensagens: 1694
Registado: janeiro 13, 2003, 5:43 pm

Mensagem por Anjo » maio 13, 2006, 3:01 am

Já existe há uns tempos. Já usei Verbatim e TDK com óptimos resultados. E existem também diversas outras marcas. Usei media 16x mas não os gravo a esta velocidade, entenda-se. Prefiro gravar a velocidades baixas para garantir a qualidade da gravação.

Psico_Mind
Fanático
Fanático
Mensagens: 986
Registado: maio 14, 2004, 4:11 pm

Mensagem por Psico_Mind » maio 13, 2006, 10:00 am

os meus dvd's gravam ate12x mas gravo sempre a 4x... duram mais tempo. É que gravar ao máximo da velocidade, é puxar muito pelo dvd...
Imagem

Grande Guru
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Mensagens: 5161
Registado: novembro 5, 2001, 1:54 pm

Mensagem por Grande Guru » maio 18, 2006, 9:32 pm

gexplorer, Tenho um gravador q algumas marcas de DVD nem a 4X grava só os grava a 2, no teu caso deves experimentar outras marcas a ver se é geral.

Count Raven
Entusiasta
Entusiasta
Mensagens: 472
Registado: janeiro 15, 2002, 5:29 pm
Localização: Portugal
Contacto:

Mensagem por Count Raven » maio 19, 2006, 10:36 am

Acho este assunto um absurdo total.

Se uma máquina é fabrica para gravar a 16x TEM de gravar a 16x e mais nada.
Se dá erro é uma falha, é um erro. É basicamente uma máquina falhada e não deveria estar a ser comercializada se não existem media que gravem a esta velocidade.
Acho que isto é nonsense puro e duro.
É o mesmo que lançar um carro movido a energia nuclear e não existir bomba para o abastecer. So what? Qual é a finalidade prática? É para se ir dizer aos colegas do trabalho que temos um carro movido a energia nuclear e que é muito cool e top of the pops? Não entendo.

Desculpem a irritação mas isto é tipo o tópico da Noiva Cadaver, que by the way já cansa, mas a lógica é a mesma. As coisas não se devem esperar que sejam fracassadas à partida.

Já quando comprei o meu gravador de dvd foi a mesma merda, tive de andar a correr a PROCURAR qual o media que gravava e aceitava e mais o ca$2/+! , acho que concordar e aceitar que a tecnologia evolui desta forma é um tiro no pé para o inventor. É querer estar à frente da própria possibilidade de.
Irrita-me profundamente que o pessoal compre algo e não vá devolver caso não satisfaça as necessidades. PASSIVIDADE móbida por parte do consumidor é inaceitavel hoje em dia.
Não entendo, nem quero entender, esse pseudo-elitismo de compreensão perante uma marca que fabrica um produto que só grava em determinados media de determinadas marcas. E o consumidor, onde se enquadra?
Mais certo é também só para determinados consumidores... Teoria da aberração.

Se um gajo compra um aparelho é para este funcionar, não é para arranjar forma de ele funcionar.
Quando se paga, paga-se por algo 100% funcional, não é para algo que FUTURAMENTE vá ser um grande aparelho e que bla bla bla.
Até porque quando todos os media forem compatíveis com 16x já vão existir gravadores de 24x!

Essa tanga de "puxar muito pela máquina.." ou "garantir a qualidade.." , isso NÂO deve sequer ser posto em causa. A garantia de qualidade de um produto é a priori testada e não deveria falhar. Se falha, o produto é igualmente MAU e um FLOPP.
Cumprimentos,
[CR]

LIGHT AGAINST TIME - Mostra de Fotografia de Espectáculos em Exposição de 26 de Janeiro a 21 de Fevereiro no Cine-Teatro Avenida em Castelo Branco - http://nmdesign.org/lat

Grande Guru
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Mensagens: 5161
Registado: novembro 5, 2001, 1:54 pm

Mensagem por Grande Guru » maio 19, 2006, 3:06 pm

Count Raven, O problema aqui é saber-se se o problema é da máquina ou do produto e por vezes torna-se complicado provar de onde advém.

Tenho um gravador da LG q os DVD-R de uma marca linha branca n os grava a 4X e por exemplo os Princo já os grava. Por sua vez essa marca linha branca n me dá qualquer problema num outro gravador q tenho, agora a LG poderá dizer-me q o problema é do DVD-R e a marca de linha branca do DVD-R poderá dizer-me q o problema é do gravador. Por isso dei a sugestão de ele experimentar se isso de n gravar a 16 acontece com diferentes marcas de DVD-R, e aí sim, se for o caso reclamar.

Ás vezes há incompatibilidades entre hardware e software sem que forçosamente haja defeito de um ou de outro.

Count Raven
Entusiasta
Entusiasta
Mensagens: 472
Registado: janeiro 15, 2002, 5:29 pm
Localização: Portugal
Contacto:

Mensagem por Count Raven » maio 19, 2006, 5:02 pm

Verdade.

Mas o que me aborrece é assistir pavidamente a um crescimento tecnológico que não é, em muitos casos, concordante com as necessidades do consumidor, mas sim favorável aos grandes grupos com poder económico e ao desenvolvimento dos mesmos à conta dos primeiros.

Não sei a razão mas isto faz-me lembrar a sensação que tinha em relação aos sinais de video (PAL, NTSC, SECAM), não passa de uma preserveração de ideais monopolizadoras e que ao invés de abrirem o mercado a todo e qualquer cidadão, fechavam as portas e o acesso cultural.

Ao ler as minhas palavras soa-me aquelas pessoas fixadas no passado, mas a verdade é que nos tempos do VHS toda e qualquer K7 de video servia para todo e qualquer video. O resultado era muitas vezes ranhoso e sobrevivia pouco tempo, mas a coisa era gravada magneticamente. Com o advir do digital é mais "pão pão, queijo queijo". Ou funciona, ou não funciona. Em certa parte é favorável pois o controle de qualidade é maior, mas por outro lado é uma caixa de cds que se não gravar dificilmente te trocam depois de aberta e testada. Não me parece muito bem estudado do ponto de vista do consumidor, mas maravilhoso de um ponto de vista comercial.

Dá a sensação que se avança por um lado e por outro se perdem valores importantes.
Cumprimentos,
[CR]

LIGHT AGAINST TIME - Mostra de Fotografia de Espectáculos em Exposição de 26 de Janeiro a 21 de Fevereiro no Cine-Teatro Avenida em Castelo Branco - http://nmdesign.org/lat

johnzap
Entusiasta
Entusiasta
Mensagens: 199
Registado: maio 24, 2004, 12:17 pm

Mensagem por johnzap » maio 29, 2006, 6:34 pm

Acho que se está a tentar complicar um bocado a questão. Vamos a ver, numa gravação de uma cassette video existem 2 componentes: gravador e a cassette. Além disso ainda temos o sinal que queremos gravar mas isso, para a discussão é algo irrelevante.

Os gravadores de video (VHS, por exemplo) são, certamente, construidos de acordo com determinadas especificações/standards, por exemplo, para dizerem que são compatíveis VHS.

No caso de um gravador de DVD, para PC, os componentes involvidos já são mais: gravador, disco e... PC. E aqui começam os problemas. Um PC, qualquer PC, está longe de ser algo que obedece a 100% a uma determinada especificação. Existem alguns standards, especificações, etc, mas a possibilidade de mudar muitos dos componentes, sistema operativo, programa de gravação, drivers, etc, são tantos, as variáveis são tantas que se torna impossível garantir que um determinado produto vai funcionar a 100% em todas as circunstâncias. Nem sei porquê o grande espanto com uma coisa desta. Um, dito, PC compatível, pode ter uma tal sarrabulhada de variáveis envolvidas que o resultado é aquele a que assistimos: os fabricantes, por exemplo de software, dizem, explicitamente, no licenciamento dos produtos, que não se responsabilizam pelo programa fazer alguma coisa em concreto (mais ou menos isto). Se o programa fizer aquilo que nós queremos: fixe. Se não fizer: azar. É assim o mundo do PC. Quem usa PCs está, ou deveria estar, ciente de que este é um produto que, basicamente, funciona de um modo altamente anárquico. Por exemplo: quem pode assegurar que um gravador de DVSs, num PC, não está a funcionar mal porque anda um determinado processo a correr no PC, que está a lixar o esquema? Sim, porque não poderemos ter, por exemplo, um rootkit que está a subvertar determinadas funções do computador (alguém leu sobre os rootkits que a Sony andava a instalar, via determinados CDs de Audio???)? É que nem sequer conseguimos verificar que ele está a "andar"! Pelo menos por processos simples.

Para além do facto dum PC (com Windows, especialmente) ser uma enorme salsada, onde nada se pode garantir a 100%, ainda temos a "maravilhosa" problemática dos discos virgens. :lol: Sim, voltemos ao tema dos gravadores de VHS e respectivas cassettes. Será que, para funcionarem num gravador de VHS, as cassettes não terão de cumprir com determinadas normas? Imagino que sim. Mas, no caso dos discos para os gravadores de DVD, será que isso sucede? Bom, os discos realmente cumprem determinadas normas mas... em termos do modo como são fabricados, isso já não é assim. Existem muitas diferenças, quer em relação à matéria prima usada, ao controle de qualidade, aos processos de fabrico, etc, etc. O resultado é que, para um disco de uma determinada norma, exemplo, DVD-R, vamos encontrar resultados finais muito diferentes uns dos outros. A consequência é que o modo de gravar um determinado disco pode, muito facilmente, já não servir para outro disco. Sim, algo tão simples como a potência a aplicar no laser, pode e tem, de variar dependendo do disco em presença.

E deverá o fabricante de gravadores de DVD conseguir fazer sempre um resultado excelente com todos os discos no mercado? Na minha opinião, evidentemente que não! Então se alguém fabrica uma m**da duns discos, com material de refugo, com controle de qualidade reles, etc, porque diabo deverá o gravador funcionar bem com eles? Complicado. Lá porque um fabricante de discos coloca na etiqueta que aquilo grava a 16X quando afinal o produto não tem as caracteristicas para tal, a culpa é de quem? Certamente não será do fabricante do gravador???!!!

De notar ainda que, se nos dermos ao trabalho de procurar, normalmente todos os fabricantes de gravadores de DVD, têm uma lista dos discos testados e, portanto, certificados para funcionar com determinado modelo. E a que velocidades funciona garantidamente. Portanto, é informarem-se dessa lista e comprar o que lá está. Se sairem da lista, o problema é vosso, não estão a usar o produto de acordo com aquilo para o qual o fabricante o certificou.

Grande Guru
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Mensagens: 5161
Registado: novembro 5, 2001, 1:54 pm

Mensagem por Grande Guru » maio 29, 2006, 8:11 pm

johnzap, É como o detergente recomendado para determinadas marcas de máquina... :-D

RicardoMF
Iniciado
Iniciado
Mensagens: 109
Registado: janeiro 27, 2001, 4:24 pm
Localização: Porto-gal

Mensagem por RicardoMF » junho 17, 2006, 12:22 pm

Já agora permitam-me a pergunta relacionada tb com problemas de gravação:
Uso cds virgens de qualidade da TDK, gravo a velocidades baixas tipo 4x ou 8x em gravadores que gravam prai a 52x (tal como os cds virgens tb o permitem), gravações essas que são conversoes de MP3->CD Audio, feitas previamente ou eventualmente on-the-fly (no momento da gravação), coloco-os na minha aparelhagem HiFi e acontece uma das situações seguintes:
- funcionam bem no inicio, chegam à penultima e ultima musica e ouve-se um "tac-tac-tac-tac-..." sempre
- ouve-se um "tac-tac-tac-tac-..." praticamente desde a 1a musica

Qual será o problema? Nao me parece da media utilizada, nem dos gravadores, nem do PC em si... será que é da propria aparelhagem?
The Sopranos - "Now he is religious, he doesn't use drugs anymore, only sells them"

Anjo
Especialista
Especialista
Mensagens: 1694
Registado: janeiro 13, 2003, 5:43 pm

Mensagem por Anjo » junho 19, 2006, 12:36 am

A maneira mais fácil de tirar as dúvidas será experimentar noutra aparelhagem para ver se os problemas continuam.

A hipótese de acontecer nas últimas músicas poderá estar relacionada com a gravação perto da "borda" da media. Mas, com media de boa qualidade, ainda por cima gravada a baixa velocidade, não devia acontecer. Eu costumo gravar cds, mp3 to cd audio on-the-fly, a metade da velocidade permitida (nesse caso, se permitisse 52x, gravaria a 26x) e não tenho problemas. Os dvds é que já gravo a 4x ou 8x.

Não sei se será o caso mas atenção que "andam aí" umas versões do Nero 7 que têm bugs na conversão mp3-cda. Para este tipo de gravações, se se usar o Nero, aconselho a versão 6.6.0.18. Mais estável e bugfree.

Responder