Deckard é ou não um Replicant?

Todos os assuntos relativos ao home cinema que não se enquadrem nos restantes fóruns.
Responder
Avatar do Utilizador
Cabeças
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Mensagens: 6316
Registado: dezembro 26, 2000, 9:58 pm
Localização: Portugal

Deckard é ou não um Replicant?

Mensagem por Cabeças » dezembro 21, 2017, 4:46 pm

Caros,

É um dos filmes da minha vida, sinceramente acho que é o primeiro de todos. orgulho-)

A questão do Deckard ser ou não um Replicant acho que , independentemente das diversas opiniões, têm contribuído para enriquecer ainda mais a mística do filme.

Pessoalmente penso que é um Replicant. Mas se não for, também não tem grande importância para mim. :-D

No entanto, o filme foi realizado pelo Ridley Scott, como sabem. É a visão dele.

Cabeças
Imagem

mansildv
Moderador
Mensagens: 7267
Registado: fevereiro 25, 2014, 6:30 pm

Re: Deckard é ou não um Replicant?

Mensagem por mansildv » dezembro 22, 2017, 1:28 pm

Também penso que o Deckard é um Replicant! :wink:
Além da confirmação do Ridley Scott e das pistas do filme original, o novo filme também sugere, e deixa-me mesmo pouca margem, que ele é mesmo um Replicant!

rui sousa
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Mensagens: 3921
Registado: setembro 6, 2008, 12:05 pm
Contacto:

Re: Deckard é ou não um Replicant?

Mensagem por rui sousa » dezembro 27, 2017, 6:12 pm

Durante anos quis deixar a questão na ambiguidade.
mas de facto sim, não restam dúvidas que ele o seja. No entanto, continuo a não acreditar que esse seja o tema principal do filme, nem percebo a tão grande obsessão que há à volta dele. Gosto que mesmo este novo filme nunca explicite a resposta, embora vá deixando as tais pistas.

Não é um grande debate, porque a resposta já foi dada pelo realizador e pelos filmes - há, no entanto,
uma série de questões no(s) filme(s) que merecem continuar a ser debatidas. Como para mim aquela que mais me fascina no filme original e no livro do Philip K. Dick, que é a perspectiva, numa sociedade tão robotizada, há uma total perda de identidade que implica que humanos e andróides se misturem sem que alguns deles consigam acreditar no que realmente são.

Responder