Quando os DVDs acabarem, que fazer?

Todos os assuntos relativos ao home cinema que não se enquadrem nos restantes fóruns.
Responder
Avatar do Utilizador
Cabeças
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Mensagens: 6604
Registado: dezembro 26, 2000, 9:58 pm
Localização: Portugal

Re: Quando os DVDs acabarem, que fazer?

Mensagem por Cabeças » agosto 18, 2011, 2:07 pm

Bom pela minha parte e resumindo... :-)

1) Não sou contra os blu-rays de modo nenhum, acho que quanto maior for a oferta melhor. Quem quiser blus fico feliz por eles, tal como fico feliz por quem preferir os dvds, como eu. E a mesma coisa relativamente a quem preferir os filmes em ficheiros digitais.

2) Optei por coleccionar sabendo perfeitamente que havia downloads que me proporcionavam os filmes "gratuitamente". Prefiro o coleccionismo. Acho os downloads ilegais por sistema uma coisa má, tal como acho más as políticas de edições cortadas, censuradas e pobres a preços escandalosos. Mas umas coisas não desculpam as outras. Não é por a indústria não ter respeito pelos consumidores que isso dá direito às pessoas de fazerem downloads ilegais.

3) Sinceramente a mim estou-me marimbando se alguém tem os mesmo filmes que eu tenho e não gastou um tostão porque os "sacou". Não avalio o que tenho em função do que os outros têm ou de como o conseguiram. Se se esperar o suficiente, conseguem-se realmente as coisas a preços completamente diferentes. Há que saber esperar e que saber comprar.

4) Há espaço para tudo e todos, na minha opinião. Há opiniões que se complementam sem automaticamente terem que se excluir reciprocamente.
Cabeças
Imagem

lud81
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Mensagens: 5419
Registado: março 16, 2001, 6:56 pm
Localização: Portugal

Re: Quando os DVDs acabarem, que fazer?

Mensagem por lud81 » agosto 18, 2011, 2:40 pm

Samwise Escreveu: Não, não tem o mesmo direito de consumir.
O direito até o tem, não tem é os meios ($) para o fazer.

Clarificando o que quero dizer, eu acho que tenho o mesmo direito de conduzir um Ferrari que o Ronaldo, simplesmente não tenho o dinheiro para comprar um, não tenho os meios para exercer o meu direito.
Imagem

kubrick
Especialista
Especialista
Mensagens: 1054
Registado: março 13, 2010, 12:18 am

Re: Quando os DVDs acabarem, que fazer?

Mensagem por kubrick » agosto 18, 2011, 3:18 pm

Delete, duplo post!
Última edição por kubrick em agosto 18, 2011, 3:33 pm, editado 1 vez no total.

kubrick
Especialista
Especialista
Mensagens: 1054
Registado: março 13, 2010, 12:18 am

Re: Quando os DVDs acabarem, que fazer?

Mensagem por kubrick » agosto 18, 2011, 3:21 pm

DarkPhoenix Escreveu:Mas que vergonha de comentários, meus meninos Kubrik e Advgeek ( entre outros do género... )
Então, quando acabarem os dvds, vão fazer birra e sacar tudo, em "luta contra o sistema"!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Não faço birra! É uma opção da minha parte não comprar bolo rei entre outros formatos, só quero DVD salvo rara excepção! Aliás tenho mais de 1000 DVD's porque quero ter tudo o que gosto e está ao meu alcance (financeiramente), até porque tenho uma lista de pretendidos enorme! Sou de uma geração do lutar para ter!! As coisas que tenho saíram-me do coiro...

Quanto ao sacar, veremos o que o futuro dirá... Eu nunca fiz uma cópia de um DVD!
Não tenho nenhum DVD pirata em casa, nunca tive...

E sim, já saquei filmes que mais tarde comprei...
DarkPhoenix Escreveu:Não sei que raio de fundamentalismo absolutamente incompreensível é este que tomou conta de determinados membros deste fórum, cujo principal dogma é a rejeição terminante da evolução nos formatos digitais, elegendo o Bluray como o seu inimigo de morte.
Não é inimigo de morte, não quero aderir e até comprei a colecção do Ovo Alien em formato bolo rei só pela miniatura...
DarkPhoenix Escreveu:Materialismo da pior espécie, sem dúvida.
Coleccionismo, SFF!! Assim como há pessoas que coleccionam moedas, postais, selos e até bolos rei...
Isto sim, é uma verdade absoluta ao contrário do que reafirmas...

É melhor que gastar em algo que como diz e bem o Cabeças, é nosso património do que em "putas e vinho verde"...

Sinto-me muito bem quando olho para as coisas que tenho e para as quais tive de lutar, quando sei que há pessoas que as tem em discos externos de 2TB e por aí fora...

Para mim não tem o mesmo valor!!
DarkPhoenix Escreveu:O fundamentalismo versus BD é estranho, mas aceitável, porque cada um está no direito de se vetar à evolução e permanecer dinossáurico, desde que não incomode os demais.
Quando sair uma nova tecnologia, é mandar fora todos os bolos rei e entrar numa outra plataforma, é esse o rumo? Para mim o salto foi do VHS para o DVD.
DarkPhoenix Escreveu:O que não pode ser ignorado ou tolerado são os apelos à pirataria, ainda por cima presunçosos como se fossem suportados por "ideais nobres" e não pela mais pura ganância e cedência a caprichos duvidosos.
Nunca apelei a isso, nem o farei, volto a reafirmar, lutar para ter. Não tive colecção de VHS porque não tinha €€ para tal... Com a chegada do DVD pude fazer uma colecção do que vi em miúdo e fui vendo ao longo dos tempos no cinema e sim também saquei e acabei por comprar... Não saco um filme há coisa de 2 anos!!

Ou quando eras novo, não gravavas em K7 de VHS os filmes que passavam na TV? Eu gravava e ainda tenho algumas, aí também éramos piratas? Gravar nas box da MEO ou outro sistema uma série, não é pirata?

PS: advdgeek, grandes post's.

Samwise
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Mensagens: 4988
Registado: fevereiro 19, 2009, 9:07 pm
Contacto:

Re: Quando os DVDs acabarem, que fazer?

Mensagem por Samwise » agosto 18, 2011, 4:24 pm

lud81 Escreveu:
Samwise Escreveu: Não, não tem o mesmo direito de consumir.
O direito até o tem, não tem é os meios ($) para o fazer.

Clarificando o que quero dizer, eu acho que tenho o mesmo direito de conduzir um Ferrari que o Ronaldo, simplesmente não tenho o dinheiro para comprar um, não tenho os meios para exercer o meu direito.
Isto faz-me lembrar o Life of Brian, na parte em que um dos judeus (homem) queria lutar pelo direito de poder ter filhos e responde o John Cleese estupefacto: "what's the point in fighting for having babies if you can't have babies?"

Para o caso concreto em discussão, o que dizes vai dar ao mesmo, já que a existência de "meios para o fazer" implica directamente a possibilidade de usufruir desse direito. Se não há dinheiro, a condição prática entre ter ou não ter o direito devia ser a mesma (impossibilidade de ver os filmes), certo? Só uma desregulação qualquer no sistema (jurídico?) permite que estas duas condições (não ter dinheiro para comprar e poder ver os filmes) não sejam mutuamente exclusivas.

A principal razão que fomenta a generalização de downloads de filmes, música, software, etc - a impunidade. É exactamente por não haver uma imposição da lei que este fenómeno se verifica. Nem mais, nem menos. Ok, também ajuda não haver um texto claro e concreto sobre isto na lei - a coisa começa por aí...
«The most interesting characters are the ones who lie to themselves.» - Paul Schrader, acerca de Travis Bickle.

«One is starved for Technicolor up there.» - Conductor 71 in A Matter of Life and Death

Câmara Subjectiva

lud81
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Mensagens: 5419
Registado: março 16, 2001, 6:56 pm
Localização: Portugal

Re: Quando os DVDs acabarem, que fazer?

Mensagem por lud81 » agosto 18, 2011, 4:44 pm

Samwise Escreveu:
Isto faz-me lembrar o The Life of Brian, na parte em que um dos judeus (homem) queria lutar pelo direito de poder ter filhos e responde o John Cleese estupefacto: "what's the point in fighting for having babies if you can't have babies?"

Para o caso concreto em discussão, o que dizes vai dar ao mesmo, já que a existência de "meios para o fazer" implica directamente a possibilidade de usufruir desse direito. Se não há dinheiro, a condição prática entre ter ou não ter o direito devia ser a mesma (impossibilidade de ver os filmes), certo? Só uma desregulação qualquer no sistema (de justiça?) permite que estas duas condições (não ter dinheiro para comprar e poder ver os filmes) não sejam mutuamente exclusivas.

A principal razão que fomenta a generalização de downloads de filmes, música, software, etc - a impunidade. É exactamente por não haver uma imposição da lei que este fenómeno se verifica. Nem mais, nem menos. Ok, também ajuda não haver um texto claro e concreto sobre isto na lei - a coisa começa por aí...
Hmm, não é bem isso que eu disse. É certa a tua frase "a existência de meios para o fazer implica directamente a possibilidade de usufruir desse direito", e aqui realço o teu uso da expressão "possibilidade de usufruir". É apenas aí que quis chegar. A impossibilidade de usufruir de um direito não implica a ausência desse direito. Eu tenho direito de conduzir um Ferrari, simplesmente não tenho a possibilidade de usufruir desse meu direito.

Eu não estou a defender a pirataria e no fundo concordo contigo e com o Dark, mas estou apenas a dizer que não podem dizer que uma pessoa sem dinheiro não tem o direito de ver filmes. Não tem é a possibilidade de usufruir desse direito, mas não deixa de ter o direito.
Imagem

Avatar do Utilizador
DarkPhoenix
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Mensagens: 4004
Registado: fevereiro 13, 2004, 2:58 pm
Localização: Norte

Re: Quando os DVDs acabarem, que fazer?

Mensagem por DarkPhoenix » agosto 18, 2011, 4:55 pm

Impunidade ( ou sensação de ) é outro dos pontos chave nesta discussão.
A juntar à presunção de que a sociedade tem o dever de providenciar bens de consumo a quem não pode/quer pagar pelos mesmos.

Um grande problema que aliena e afecta adolescentes e jovens adultos, criados e engordados em plena era consumista, materialista e irresponsável.

Samwise
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Mensagens: 4988
Registado: fevereiro 19, 2009, 9:07 pm
Contacto:

Re: Quando os DVDs acabarem, que fazer?

Mensagem por Samwise » agosto 18, 2011, 5:33 pm

lud81 Escreveu:Hmm, não é bem isso que eu disse. É certa a tua frase "a existência de meios para o fazer implica directamente a possibilidade de usufruir desse direito", e aqui realço o teu uso da expressão "possibilidade de usufruir". É apenas aí que quis chegar. A impossibilidade de usufruir de um direito não implica a ausência desse direito. Eu tenho direito de conduzir um Ferrari, simplesmente não tenho a possibilidade de usufruir desse meu direito.

Eu não estou a defender a pirataria e no fundo concordo contigo e com o Dark, mas estou apenas a dizer que não podem dizer que uma pessoa sem dinheiro não tem o direito de ver filmes. Não tem é a possibilidade de usufruir desse direito, mas não deixa de ter o direito.
Eu percebi. :-)))

Eu não defendo a pirataria nem deixo de defender, mas não lhe sou indiferente (e não, não tenho nenhum problema de consciência à conta disso - uma falha moral que aceito sem hipocrisia), considero antes que deviam trabalhar para haver regulamentação adequada ao assunto que favorecesse todas as partes - em alternativa à falta de regulamentação ou à regulamentação radical (do género de processos judiciais). Considero ainda que existem meios suficientes para permitir que se encontre uma saída que não seja a de criminalizar os infractores e que não prejudique de igual forma a "indústria" - falta é vontade, sobretudo, sendo que a ganância e radicalismo das partes envolvidas impedem a aceitação e a cedência perante o "adversário". Um equilíbrio tem de ser encontrado, porque senão estaremos sempre num sistema cíclico de "tentativa de imposição por parte as editoras seguida de tentativa de contorno por parte dos consumidores" (tudo o que foi feito até agora parece de facto não ter resultado, desde sistemas de protecção dados até aos processos judiciais em massa). Desde que há software e de que é possível fazer cópias dele abertamente que estamos numa situação destas (ou seja, desde que os computadores pessoais foram popularizados). Entretanto essa possibilidade de cópia expandiu-se a todo o tipo de media digital (filmes, música, literatura...), mas a questão continua exactamente como no início.
«The most interesting characters are the ones who lie to themselves.» - Paul Schrader, acerca de Travis Bickle.

«One is starved for Technicolor up there.» - Conductor 71 in A Matter of Life and Death

Câmara Subjectiva

kubrick
Especialista
Especialista
Mensagens: 1054
Registado: março 13, 2010, 12:18 am

Re: Quando os DVDs acabarem, que fazer?

Mensagem por kubrick » agosto 18, 2011, 6:02 pm

Para que fique claro na mente de alguns, pena tenho eu de não ter mais dinheiro para ter mais DVD's e pior ainda, quando as nossas edições são tão podres! Os espanhóis é que estão sempre bem, arranjam sempre qualquer tipo de edições com legendas...

Até tenho a sorte de ter muitos locais perto de casa que vendem DVD's em 2ª mão (90% da minha colecção vem desse mercado).Até deixei de fazer download (não posso dar tiros no escuro, infelizmente), porque é tão baixo o preço do DVD e (re)vendo os mesmos com enorme facilidade, muitas vezes funcionando como um aluguer à moda antiga...

Para mim um download está ao nível de uma gravação feita em VHS ou através de uma box dos serviços por cabo como o MEO.

Avatar do Utilizador
Darkav
Fanático
Fanático
Mensagens: 898
Registado: dezembro 7, 2001, 1:30 am
Localização: Portugal

Re: Quando os DVDs acabarem, que fazer?

Mensagem por Darkav » agosto 18, 2011, 6:15 pm

Da minha parte, baixei drasticamente a compra de DVD's, porque deixaram de aparecer edições especiais. Recuso-me a comprar uma edição ranhosa de plástico com uma capa toda enrugada e 1 disco lá dentro. Mesmo quando esses DVD's estão a 1€. Prefiro 1000 vezes um folder num disco multimédia do que uma coisa dessas na prateleira. É ridículo, mas no meu caso, tenho dinheiro para comprar, gostava de comprar, mas NÃO HÁ! Também me recuso a pagar o ridículo que pedem quando as edições especiais saem. Contudo, 80% a 90% das vezes, quando as edições normais baixam de preço, as especiais são recolhidas das prateleiras. Então baixei mesmo a compra de DVD's, e com ele, o interesse pelo formato.

No entanto, o que escapa sempre nestas discussões é a ideia de que quem adere à pirataria é quem não tem dinheiro para comprar. Não sei de onde surgiu essa ideia mais que errada. No entanto, se insistirem nisso, passam a milhas de compreender a verdadeira razão da pirataria, e de quem realmente contribui para ela.

Samwise
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Mensagens: 4988
Registado: fevereiro 19, 2009, 9:07 pm
Contacto:

Re: Quando os DVDs acabarem, que fazer?

Mensagem por Samwise » agosto 18, 2011, 6:33 pm

Darkav Escreveu: É ridículo, mas no meu caso, tenho dinheiro para comprar, gostava de comprar, mas NÃO HÁ!
:lol: (não me estou a rir de ti, estou-me a rir da situação)
No entanto, o que escapa sempre nestas discussões é a ideia de que quem adere à pirataria é quem não tem dinheiro para comprar. Não sei de onde surgiu essa ideia mais que errada. No entanto, se insistirem nisso, passam a milhas de compreender a verdadeira razão da pirataria, e de quem realmente contribui para ela.
As razões para enveredar pela pirataria devem ser muitas, e essa é uma delas (custa-me a excluir a questão económica - mesmo sabendo que há estudos que demonstram que quem mais compra é também quem mais pirateia). Outras serão, penso, a facilidade e rapidez com que se encontra e arranja um filme, e o comodismo envolvido no processo (incluindo não ter de esperar que um filme estreie e não ter de ir à loja comprar).
«The most interesting characters are the ones who lie to themselves.» - Paul Schrader, acerca de Travis Bickle.

«One is starved for Technicolor up there.» - Conductor 71 in A Matter of Life and Death

Câmara Subjectiva

gil5335
Entusiasta
Entusiasta
Mensagens: 278
Registado: abril 16, 2011, 1:25 pm

Re: Quando os DVDs acabarem, que fazer?

Mensagem por gil5335 » agosto 18, 2011, 7:02 pm

Uma das razões de não haver legislação para tal, penso que seja pelo simples facto do download ser uma questão de PARTILHA de ficheiros. Pensem neste caso, eu tenho um blog meu,site ou algo do género, onde normalmente só os meus amigos visitam. De vez em quando eu vejo um dvd aqui em casa, gosto do filme e decido fazer um upload desse filme para o meu site, para que tambem os meus amigos possam ver. Ate aqui nada de mal certo? Então pensem lá, eu fazer o upload de um filme para o meu site para que os meus amigos possam ver não é a mesma coisa do que eu ir a casa deles e emprestar o filme? No fundo não se trata de uma questão de partilha mais globalizada? Não tou a dizer que concordo com a pirataria ou não, apenas estou a dizer que sacar filmes é uma questão de partilha de ficheiros, é quase o mesmo do que emprestar mão a mão, mas de uma forma mais global. É por isso que é muito dificil a questão da legislação nesta área. E então com as box´s da meo, é tal e qual como descarregar filmes da net. Eu pago net, e usufruo do que ela me pode dar, quem paga meo, tambem. Tambem faço parte do movimento " sem boa edição, não dou nem um tostão" :badgrin:

EnyGmaTiK
Especialista
Especialista
Mensagens: 1413
Registado: fevereiro 5, 2001, 12:17 am
Localização: Portugal

Re: Quando os DVDs acabarem, que fazer?

Mensagem por EnyGmaTiK » agosto 18, 2011, 7:51 pm

advdgeek Escreveu:Eu de certa forma apoio a pirataria, porque percebo perfeitamente quem a pratica. Não é toda a gente que anda aí a cagar dinheiro e que tem oportunidade de andar a esbanjar 20 euros de cada vez para comprar um filme de 2 horas que vai ver uma vez durante a vida, ou um disco com meia dúzia de músicas as quais ouve duas, ou, pior, 50 (CINQUENTA!!!) euros para comprar um jogo que vai acabar em 2 dias para nunca mais pegar. Isso parece-te justo? Felizmente ainda vou tendo algum fundo de maneio para comprar os meus filmes e as minhas séries, mas e quem não tem? Não tem o mesmo direito a consumir? Uma pessoa começa a trabalhar aos 20 e tal, até lá o que é que via? Telenovelas? Jogava xadrez? Por amor de deus...
Estou a ver que têm que adicionar uma adenda na Declaração Universal dos Direitos Humanos. Além do direito à educação, de um nível de vida que permita assegurar assistência médica, alimentação, vestuário e alojamento, tem que se adicionar o direito às actividades lúdicas de entretenimento que custaram dinheiro a alguém e que, como tal, são e têm que ser disponibilizadas mediante um pagamento.

Com isto não quero dizer que nunca fiz um download ilegal de jogos, música ou filmes, mas é absurdo falar em "direitos de consumo". Algo que até pensava que não existia, para se consumir algo tem que haver algo em troca.

Avatar do Utilizador
Darkav
Fanático
Fanático
Mensagens: 898
Registado: dezembro 7, 2001, 1:30 am
Localização: Portugal

Re: Quando os DVDs acabarem, que fazer?

Mensagem por Darkav » agosto 18, 2011, 10:57 pm

Bem, vocês brincam, mas a Internet também não é de graça, e a ONU declarou-a como um direito universal. Proibir alguém de estar online é tida como uma violação dos direitos humanos :-P

elfaria
Fanático
Fanático
Mensagens: 943
Registado: janeiro 8, 2011, 11:50 pm

Re: Quando os DVDs acabarem, que fazer?

Mensagem por elfaria » agosto 19, 2011, 10:44 am

A minha alma está parva!
Há alguns meses quando escrevi por aqui um post falando no fim mais ou menos próximo do DVD fui gozado. Não senhora o formato estava de pedra e cal e iria durar muito tempo. Agora já por aqui se interrogam sobre o futuro do próprio Blu-Ray que ainda é um formato em plena expansão. Realmente devo ter uma errada noção de timing ao abordar determinados assuntos mas o problema é certamente meu.
Numa outra ocasião aconselhei um membro do forum a visualizar uma daquelas cópias de pala no olho no que se referia a um filme muito antigo antes de investir 25 euros a importar do Brasil pois por vezes a memória prega-nos partidas e quase fui cruxificado e expulso do forum. Hoje discute-se aqui livremente a possibilade de sacar filmes da net, de torrents e outras actividades sem ninguém “proibir” nada. Sou eu que estou mesmo fora do timing sem dúvida!!! Mas como este é um assunto que me interessa profundamente e não abundam sítios onde o discutir com um minimo de nível aqui insisto em deixar a minha opinião.
O DVD apesar de ainda ter perspectivas de continuar no mercado por mais alguns anos, tem quanto a mim o seu fim á vista, pois por mais que não se queira aceitar, o BD é mesmo superior e está cada vez mais barato (já existem leitores a 78/80 euros e discos a 9 euros). Se a sua superioridade é absoluta ou apenas relativa isso é matéria para outro debate mas que existe isso não dúvido. O BD está para o DVD assim como o DVD está para o VHS e só não é mais evidente devido a artifícios como o UpScale. A possibilidade de o BD desaparecer e vingar a comecialização de ficheiros digitais de maior ou menor resolução, parece-me ainda remota se bem que já começa a ser uma prática mais ou menos corrente na permuta de títlos. Eu tenho um media-center cheio e não saco filmes. Ripo os que possuo legalmente e troco e entre isto e o emprestar discos não vejo grande diferença legal, apenas prática. Há muito que se fala no VOD com um objectivo ideal a atingir para os proprietários de conteúdos ( o lucro seria bem maior sem embalagem nem distribuição) mas ainda por cá andarão os suportes físicos várias décadas pois é dificil de arrancar dinheiro ás pessoas a troco de algo que não tem peso nem forma apesar de já ser vulgar com o som e o MP3. E pela frente ainda há a UHDTV e tudo o que lhe possa estar associado etc Foi já há quase 30 anos que vi a 1ª experiência de HDTV no Forum Picoas e ainda agora são poucos os canais a transmitir em HD... Por isso vamos ter calma que o futuro vem aí mas ainda demora algum tempo.

Responder