Chernobyl - HBO (2019)

Discussão de Séries de TV, Operadores, tudo o que seja relacionado com a caixa mágica.

Moderator: JRibeiro

Post Reply
User avatar
Rui Santos
Site Admin
Posts: 5895
Joined: June 4th, 2001, 11:42 pm
Location: Portugal - Lisboa / MAC
Contact:

Chernobyl - HBO (2019)

Post by Rui Santos »

Chernobyl

HBO | IMDB | Rotten Tomatoes | Wikipedia

Image




Outros Links: (Sobre Chenobyl não obrigatoriamente sobre a mini série)
Wikipedia
Artigo DN sobre Série
Rui Santos - 50 Anos | 17 Anos DVDMania
DVD/BR | Jogos | Life is Short, Play More | FB Collectors HV-PT
User avatar
Rui Santos
Site Admin
Posts: 5895
Joined: June 4th, 2001, 11:42 pm
Location: Portugal - Lisboa / MAC
Contact:

Re: Chernobyl - HBO (2019)

Post by Rui Santos »

technicolor wrote:
June 8th, 2019, 8:28 am
Como não existe tópico da série deixo por aqui o meu comentário/desabafo.

Acabei de ver a série «Chernobyl» e para quem já leu umas dezenas de reportagens e viu uma "mancheia" de docs sobre o assunto não será como já disse uma obra perfeita mas destaca-se sem dúvida e muito positivamente, da mediania do que se tem feito em matéria de séries televisivas.

https://www.versobooks.com/blogs/4347-s ... ah9FRykcJA

As cenas de desastre propriamente dito, os bombeiros, os soldados e os mineiros irreversivelmente abrasados pela radiação, os bebés que se sabe terem morrido ainda nos ventres das mães, os milhares de pessoas atingidas que viveram mais uns dias ou mais uns anos, mas tiveram um fim agonizante, os animais domésticos abatidos a tiro em massa para não dispersarem a contaminação, tudo isso me deixou relativamente indiferente, calejado por uma vida em busca do filme de terror perfeito (sem nunca o ter encontrado).
O retrato mostrado da obediência à hierarquia e ao poder, e da competição segundo o princípio do «salve-se quem puder», aquilo que foi em última análise a causa de Chernobil, a sequência do julgamento orquestrado do último episódio. Alguns sentir-se-ão tentados a apontar que tal só poderia acontecer na sociedade concentracionária forjada pelo estalinismo, quando muito no mal banalizado do nazismo. Mas será mesmo assim?


P.S:: E já agora, nada ver com série como?-) e para evidenciar ainda mais a psicose;
Então e a assustadora obsolescência da Central de Almaraz aqui mesmo junto à fronteira?

https://observador.pt/2019/05/11/o-peri ... s-em-nisa/

Bom dia e bom fim de semana (prolongado) salut-)

Este texto tem a "colaboração involuntária" de um ex-colega e amigo cuja opinião muito prezo.

technicolor wrote:
June 8th, 2019, 7:54 pm
Rui Santos wrote:
June 8th, 2019, 12:38 pm
Tenho lido muito boas coisas sobre essa série documentário Chenobyl, Ainda não tinha lido nada aqui no fórum. Temos de abrir um tópico um dia destes.

Para os que não sabem, é uma série exclusiva HBO, disponível na plataforma deles.

@technicolor o teu comentário a letras pequenas é sobre o artigo do observador, correto?
Bom na verdade o que escrevi resulta (também) de uma conversa com um amigo meu e que me transmitiu uma perspectiva diferente (o aspecto político). O artigo do Observador esse surge da memória de notícias saídas na imprensa ibérica sobre os problemas da referida central nuclear espanhola. Na verdade não abri tópico pois por enquanto poucos aqui opinaram sobre esta mini série muito "badalada" em todo o mundo mas acho uma excelente ideia essa iniciativa tua. yes-)

Samwise wrote:
June 9th, 2019, 2:49 am
Eu apoio a ideia de abrir um tópico dedicado à série.

Não me estando a esquivar de responsabilidade e iniciativa (até porque devo umas explicações ao Pantera), considero que a série é importante a vários níveis (até o de debate sobre a energia nuclear) para justificar um espaço próprio de debate mais alargado. Tenho estado com pouco tempo para dedicar "às artes", e tenho sido bastante selectivo sobre o que faço nesse tempo off, mas estou a pensar em ver novamente a série - um segundo visionamento proporciona sempre novas perspectivas de entendimento e abre umas quantas portas para cenários previamente ocultos.

Ainda a propósito do Chernobyl, disse-me um amigo que há episódios que são formente baseados em situações reais descritas no livro Vozes de Chernobyl - que por acaso ando a namorar desde que foi lançado, mas que ainda não tenho nem li.

Isto para dizer que, se ninguém inciar o tópico, mais tarde ou mais cedo eu trato do assunto. :wink:

PanterA wrote:
May 21st, 2019, 10:16 am
nimzabo wrote:
May 21st, 2019, 9:21 am
E Chernobyl, já viste?
Muito bom, ou neste caso, demasiado boa. Selo de qualidade HBO, nem mais nem menos.


Samwise wrote:
May 28th, 2019, 10:59 pm
Dois episódios do Chernobyl e tenho de me beliscar constantemente para me forçar a aceitar que aquilo mesmo foi real, e que a série não é um mero produto de horror/FC retro, demasiado bem feito, demasiado próximo da realidade para poder ser confundida com algo que um dia poderia ter acontecido. Brutal.

PanterA wrote:
May 29th, 2019, 2:19 am
Então ainda não viste nada. A cada episódio que passa fico cada mais espantado que aquilo aconteceu mesmo daquela maneira. É que por vezes é tão primitivo e de um país do terceiro mundo que fica difícil de acreditar.
Samwise wrote:
May 29th, 2019, 1:27 pm
PanterA wrote:
May 29th, 2019, 2:19 am
Então ainda não viste nada. A cada episódio que passa fico cada mais espantado que aquilo aconteceu mesmo daquela maneira. É que por vezes é tão primitivo e de um país do terceiro mundo que fica difícil de acreditar.
O final do segundo episódio foi das coisas mais aterrorizantes a que já assisti na vida - e está filmada de uma maneira que poderia encaixar em qualquer fita do género terror (das boas, entenda-se), em que o monstro-papão é substituído por outra coisa.


technicolor wrote:
June 5th, 2019, 8:50 am
Pois... dado o destaque que a série tem tido (aqui e por todo o lado) também eu fui espreitar o Chernobyl (por enquanto só os episódios 1,2 e 3) e para ser franco não fiquei assim tão "impressionado" . Já li e já vi algumas coisitas sobre o terrível acontecimento que muito me chocou/assustou na frescura dos meus 19 anos e se bem que sei que existe uma grande diferença entre uma série dramática e um documentário acho que há algo ali, digamos um “je ne sais quoi” / whatever, que não me convenceu... enfim algo semelhante ao que passou com o filme sobre o Kursk (acho que ainda não tem tópico no fórum https://www.imdb.com/title/tt4951982/ )
e como ambos os casos são assuntos "sensíveis e incómodos" e cujos detalhes, documentação, relatórios são (ainda) mantidos em segredo o argumento é (parece-me) muito especulativo, muito "cliché" (enfim é uma visão ocidental do misterioso mundo da Rússia /URSS e de que talvez só um russo ou ucraniano pudesse transmitir bem bem as vivências e o entourage da "cena") . Alguns dos "protagonistas do desastre" ao contrário do que acontece na mini série da HBO até terão sobrevivido (?) mas não se pronunciaram sobre o que se terá verdadeiramente passado (não foram autorizados ) ...
E aquele director, c'aquela farta cabeleira a exprimir-se (espremer-se :mrgreen: ) num inglês muito londrino, os cenários do reactor e da central, fachavor... Bom mesmo assim vou acabar de ver o resto pois se calhar o problema terá sido mesmo um elevado nível de expectativa da minha parte e é apesar de tudo uma série de louvar pelo seu aspecto "pedagógico" muito à frente do que se fez no telefilme de referência sobre o perigo nuclear The Day After (1983)


PanterA wrote:
June 5th, 2019, 9:49 am
Olha que essa especulação que falas não é de todo verdade. Se ouvires os podcasts que saíram ao fim de cada episódio verás que aquilo que aconteceu e se tivesse que fazer um 0-100%, deve andar muito perto dos 90% senão mais a nivel de factos.

De qualquer das formas a série é um pleno 9.5/10 se não mesmo 10/10. Só mesmo a HBO para nos dar algo tão magnifico.


technicolor wrote:
June 5th, 2019, 11:45 am
PanterA wrote:
June 5th, 2019, 9:49 am
Olha que essa especulação que falas não é de todo verdade. Se ouvires os podcasts que saíram ao fim de cada episódio verás que aquilo que aconteceu e se tivesse que fazer um 0-100%, deve andar muito perto dos 90% senão mais a nivel de factos.

De qualquer das formas a série é um pleno 9.5/10 se não mesmo 10/10. Só mesmo a HBO para nos dar algo tão magnifico.
Ainda não ouvi os podcasts que referes mas vou tentar ouvir. O que acima escrevi é apenas a minha opinião, pois os elogios são quase unânimes em toda a parte ... e obviamente reconheço o esforço do trabalho da produção e o mérito da série.


Samwise wrote:
June 5th, 2019, 3:28 pm
Estou com muito pouco tempo para escrever e comentarei mais de forma mais desenvolvida. Concordo em parte com o que o Technicolor aponta, e em concreto acerca da "visão ocidental" sobre o que ali se passou. Não quer dizer que seja falso ou inventado, mas está narrado num formato west-comercial-friendly, com alguns clichés à mistura.

Apesar disso, é uma óptima série.


PanterA wrote:
June 5th, 2019, 6:07 pm
Por acaso estou curioso por essa extensão de review, porque não estou a conseguir imaginar isso que referes.


Samwise wrote:
June 5th, 2019, 11:44 pm
Terminei agora de ver. As últimas imagens (footage com legendas) são muito poderosas.

Pantera, a extensão ao meu comentário fica para outra altura - mas sim, tenho algumas situações que me parecem cozinhadas à "ocidental", de uma forma que estamos muito acustomados a ver nas soluções narrativas norte-americanas. Isso, e por vezes a insistência em mostrar demasiado são as (poucas) críticas negativas que faço, porque de resto a série é um monumento monumental, passe o pleonasmo, e uma grande homenagem aos que perderam a vida a combater aquilo, e a todos os que foram afectados pela radiação e ficaram com as vidas despedaçadas.


drakes wrote:
June 7th, 2019, 1:32 am
Parece que apenas alguns russos não gostaram da série Chernobyl, vão fazer outra que a culpa do ocorrido é dos americanos, segundo link abaixo:

https://www.espinof.com/series-de-ficci ... dos-unidos

Sobre a série da HBO ao meu ver magistral, roteiro te prende.
Rui Santos - 50 Anos | 17 Anos DVDMania
DVD/BR | Jogos | Life is Short, Play More | FB Collectors HV-PT
User avatar
Rui Santos
Site Admin
Posts: 5895
Joined: June 4th, 2001, 11:42 pm
Location: Portugal - Lisboa / MAC
Contact:

Re: Chernobyl - HBO (2019)

Post by Rui Santos »

Como ainda não vi a série, vou lendo coisas sobre a mesma noutros locais, e um livro que aparece muito citado é: Vozes de Chernobyl da Svetlana Aleksievitch
https://www.wook.pt/livro/vozes-de-cher ... h/17431374
https://www.sabado.pt/gps/palco-plateia ... -chernobyl

Parece um excelente complemento à série.
Rui Santos - 50 Anos | 17 Anos DVDMania
DVD/BR | Jogos | Life is Short, Play More | FB Collectors HV-PT
User avatar
Rui Santos
Site Admin
Posts: 5895
Joined: June 4th, 2001, 11:42 pm
Location: Portugal - Lisboa / MAC
Contact:

Re: Chernobyl - HBO (2019)

Post by Rui Santos »



Uma critica mais cinematográfica à série.
Rui Santos - 50 Anos | 17 Anos DVDMania
DVD/BR | Jogos | Life is Short, Play More | FB Collectors HV-PT
technicolor
Fanático
Fanático
Posts: 602
Joined: March 2nd, 2016, 9:00 pm
Location: Pinhal Novo

Re: Chernobyl - HBO (2019)

Post by technicolor »

Bom, já que o Rui Santos se apercebeu da importância de Chernobyl e teve o trabalho de criar este tópico (que eu ainda não tinha estreado) venho clarificar o meu primeiro comentário sobre a série no que se refere ao “je ne sais quoi” / whatever, que não me convenceu... e faço-o com o auxilio do testemunho de um ucraniano, que na altura tinha 15 anos e vivia em Kiev (a uns meros 25 km (?) de Pripyat) capital da Ucrânia, hoje um país independente mas em 1986 era uma das repúblicas da ex URSS/ Rússia. É um bocado chato de se ouvir, com o inglês com forte sotaque russo mas coincide em parte com o que eu queria dizer ao escrever "de que talvez só um russo ou ucraniano pudesse transmitir bem bem as vivências e o entourage da "cena")" e tem boas fotos da epoca pouco vistas.





Parece que o tema Chernobyl/HBO já está a "arrefecer". Com os meus 51 anos espanta-me a velocidade (e a superficialidade) com que hoje se consomem grandes volumes de informação, por vezes importante sem quase a questionar, ou debater... enfim sou um "dinossauro" :mrgreen:

Algumas memórias:

Por cá o impacto de desastre de Chernobyl 1986 tanto quanto me recordo foi moderado; a informação era escassa com origem na media ocidental e o LENETI que tutelava o ICEN (antiga JEN) em Sacavém acompanhou a evolução da nuvem radioactiva em cooperação com os parceiros europeus.
http://restosdecoleccao.blogspot.com/20 ... clear.html

O Eurico da Fonseca, de que alguns mais velhos se recordarão, fez alguns comentários mais ou menos tranquilizadores na RTP e a coisa foi acalmando, o filme The China Syndrome de 1979 terá sido reposto num cinema ou outro (não me recordo bem, já o tinha visto à data da estreia) o The Day After de 1983 acho que passou algum tempo depois na RTP (ainda não existiam estações de televisão privadas nem TV Cabo). A imprensa fez "primeiras páginas" com matéria de agência quase em bruto, lembro-me de comprar o Expresso e o "O Jornal" ...e a rádio só nos noticiários (aqui a novidade era a TSF ainda não legalizada com o seu estilo mais agressivo mas não muito rigoroso) .Para os mais interessados o recurso à onda curta, BBC e DW que tinham emissões diárias em PT com muito "sumo" e rigor essas sim...
Last edited by technicolor on June 16th, 2019, 8:05 am, edited 1 time in total.
drakes
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 2140
Joined: June 10th, 2015, 11:44 pm

Re: Chernobyl - HBO (2019)

Post by drakes »

technicolor wrote:
June 14th, 2019, 9:35 am


Por cá o impacto de desastre de Chernobyl 1986 tanto quanto me recordo foi moderado; a informação era escassa com origem na media ocidental e o LENETI que tutelava o ICEN (antiga JEN) em Sacavém acompanhou a evolução da nuvem radioactiva em cooperação com os parceiros europeus.
http://restosdecoleccao.blogspot.com/20 ... clear.html

Aka foi dependendo da fonte.mas houveram matérias tranquilizadoras e outras nem tanto, ainda teve o repique ano seguinte por causa do por causa do acidente com Césio em Goiânia, mas o Brasil tinha dois fatores que são as usinas nucleares de Angra dos Reis e uma grande colônia japonesa com gente inclusive que veio de Hiroshima/Nagasaki (lembro-me até de uma entrevista com um sobrevivente e como ele sentia o ocorrido na URSS).
technicolor
Fanático
Fanático
Posts: 602
Joined: March 2nd, 2016, 9:00 pm
Location: Pinhal Novo

Re: Chernobyl - HBO (2019)

Post by technicolor »

drakes wrote:
June 15th, 2019, 1:58 am

Aka foi dependendo da fonte.mas houveram matérias tranquilizadoras e outras nem tanto, ainda teve o repique ano seguinte por causa do por causa do acidente com Césio em Goiânia, mas o Brasil tinha dois fatores que são as usinas nucleares de Angra dos Reis e uma grande colônia japonesa com gente inclusive que veio de Hiroshima/Nagasaki (lembro-me até de uma entrevista com um sobrevivente e como ele sentia o ocorrido na URSS).
É compreensível essa maior atenção aí. Já em 1979 tinha havido um grave acidente numa central nuclear norte americana na Pennsylvania, situação essa que teve ampla projecção mediática em todo o mundo. https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Acident ... ile_Island

...que aconteceu 13 dias depois da estreia comercial do filme de James Bridges "The China Syndrome" :shock:
https://pt.m.wikipedia.org/wiki/The_China_Syndrome

Entretanto o velho "demónio vermelho" ( nada a ver com o SLB :lol: ) ainda esperneia... :mrgreen:
https://www.elmundo.es/television/2019/ ... b45f4.html
drakes
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 2140
Joined: June 10th, 2015, 11:44 pm

Re: Chernobyl - HBO (2019)

Post by drakes »

technicolor wrote:
June 15th, 2019, 8:27 am
drakes wrote:
June 15th, 2019, 1:58 am

Aka foi dependendo da fonte.mas houveram matérias tranquilizadoras e outras nem tanto, ainda teve o repique ano seguinte por causa do por causa do acidente com Césio em Goiânia, mas o Brasil tinha dois fatores que são as usinas nucleares de Angra dos Reis e uma grande colônia japonesa com gente inclusive que veio de Hiroshima/Nagasaki (lembro-me até de uma entrevista com um sobrevivente e como ele sentia o ocorrido na URSS).
É compreensível essa maior atenção aí. Já em 1979 tinha havido um grave acidente numa central nuclear norte americana na Pennsylvania, situação essa que teve ampla projecção mediática em todo o mundo. https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Acident ... ile_Island

...que aconteceu 13 dias depois da estreia comercial do filme de James Bridges "The China Syndrome" :shock:
https://pt.m.wikipedia.org/wiki/The_China_Syndrome

Entretanto o velho "demónio vermelho" ( nada a ver com o SLB :lol: ) ainda esperneia... :mrgreen:
https://www.elmundo.es/television/2019/ ... b45f4.html
Aqui está como foi noticiado no Brasil pelo principal jornal televisivo, na época devia ser mais de 50% da população ligado na emissora, por sinal os cientistas ocidentais tem uma versão errada das razões, alcance e consequências do desastre, segundo o informado na matéria.
technicolor
Fanático
Fanático
Posts: 602
Joined: March 2nd, 2016, 9:00 pm
Location: Pinhal Novo

Re: Chernobyl - HBO (2019)

Post by technicolor »

Muito interessante essa peça televisiva Drakes para complementar a imagem da época, o debate sobre a série, o seu rigor cientifico e até que ponto a dramatização do acontecimento é aceitável... ou não (?)

https://www.youtube.com/watch?v=JLhOrSzE10o&app=desktop

O que realmente esteve em risco, segundo fontes soviéticas confessaram ao Discovery Channel terá sido nada menos que o despovoamento forçado do continente europeu, isto se os técnicos e restante pessoal soviéticos não se tivessem sacrificado tanto a conter a reacção descontrolada do combustível em fusão lançando muitas toneladas de chumbo que foi bloqueando sua interacção com a água pesada por debaixo do reactor acidentado que poderia ter causado uma explosão catastrófica (mais ou menos assim, sou leigo nesta matéria :-? )
...o que todavia poderá até parecer algo exagerado em função do conhecimento adquirido recentemente sobre a "recuperação" dos cenários nucleares (Nagasaki, Hiroshima, Deserto de Nevada e Atol de Bikini)

O problema em Angra foi falado aqui (a Veja vendia bem em Lisboa) e eu conhecia mais ou menos, o de Goiânia não, mas já vi e é algo completamente absurdo; abandonar assim no meio de uma cidade um equipamento radioactivo com as consequências que advieram. :shock:

Resumindo: o perigo nuclear não é só ficção é algo com que convivemos realmente e até com alguma proximidade.
PanterA
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 2601
Joined: February 21st, 2012, 12:14 am
Location: Viseu

Re: Chernobyl - HBO (2019)

Post by PanterA »

nimzabo
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 3092
Joined: July 16th, 2013, 9:16 pm

Re: Chernobyl - HBO (2019)

Post by nimzabo »

Acabei de ver e gostei e li o que escreveram 'um bocado na diagonal'.
O que achei de pior foram alguns diálogos, algumas linhas, que achei meias patetas, despropositadas, irrealistas...
E acho que para alguém que perceba do assunto do 'nuclear' ainda deve ver mais disparates.
Eu vi com agrado e como disse gostei e gostei bastante.
Mas tenho principalmente esta reserva das conversas, à parte mais um ou outro pormenor. Por exemplo:

1- há uma cena, creio que no 1º episódio, de uma localidade próxima em que mostra o dia-a-dia da população completamente inconsciente da desgraça.
O que achei graça foi mostrarem um terreno ajardinado, crianças impecavelmente bem vestidas, o sol a brilhar, tudo perfeito...
Não é a imagem que normalmente se passa dos países de leste, a não ser claro, que seja para realçar mais ainda uma desgraça.
Normalmente o que mostram são cidades industriais, edifícios cinzentos, lama, carros velhos...
Aqui deu jeito mostrar um sitio paradisíaco com gente inocente. Enfim... :roll:

2- a mulher do bombeiro pediu para entrar um pouquinho mas, salvo erro, acabou por ficar dias sem que ninguém desse por ela.

3- o Shcherbina a explicar à física nuclear que o Legasov tinha que ir a Viena, o sitio onde ficava o Agência Internacional de Energia Atómica.
Como se ele não soubesse que ela sabia onde era.

São coisas pequeninas mas há muitos pormenores assim.

E aquele director, c'aquela farta cabeleira a exprimir-se (espremer-se :mrgreen: ) num inglês muito londrino, os cenários do reactor e da central, fachavor...
O director só me pareceu o Ted Danson, ainda estou na duvida se não era ele.
Os cenários do reactor e da central é que não percebi que estivessem mal.
Do que é que não gostaste?

O Samwise falou num formato west-comercial-friendly, com alguns clichés à mistura.
Não sei os casos em concreto mas concordo em termos gerais.
technicolor
Fanático
Fanático
Posts: 602
Joined: March 2nd, 2016, 9:00 pm
Location: Pinhal Novo

Re: Chernobyl - HBO (2019)

Post by technicolor »

nimzabo wrote:
June 23rd, 2019, 6:18 pm
O director só me pareceu o Ted Danson, ainda estou na duvida se não era ele.
Sim, é um pouco por aí. :-))) P. expl: comparando o personagem do eng. chefe com o verdadeiro Dyatlov visto em alguns "docs" o desempenho do actor parece mais uma "caricatura". Overacting?

Para além do que apontas e com o qual concordo, o que é referido por exemplo na peça do youtuber ucraniano (não sei se alguém viu) também é significativo: a musica clássica em permanência no sistema de propaganda interno ("os rádios por cabo" existentes nos apartamentos)...

Os cenários da central pareceram-me demasiado "perfeitos" para o que se conhece da construção soviética da época, na realidade serão de uma central também de construção soviética desactivada mas situada na Lithuania e construída 6 anos depois da de Chernobyl (o que não é propriamente mau) central essa que durante esses anos foi tendo "melhorias" como é compreensível ...coisa que na série se tenta disfarçar com um pouco de "lusco-fusco" mas...

A propósito da "gestão de crise" feita pelos soviéticos e o que (se calhar) alguns desconhecem é que apesar do gravíssimo acidente, a parte "não atingida" de Chernobyl se manteve em funcionamento continuando a operar os restantes 3 reactores até Dezembro de 2000.

Voltando ao que acho relevante para a minha avaliação (um bocadinho menos entusiástica que do PanterA);
a tal questão de até que ponto a "dramatização" é aceitável ou não?.

A verdade e o inventado: análise da news magazine brasileira Veja (ok, apenas mais uma entre muitas)

https://veja.abril.com.br/blog/e-tudo-h ... ie-da-hbo/

Talvez o grande impacto da série se deva em boa parte ao esquecimento / desconhecimento em que terá caído o acidente (real) ; já passaram muitos anos .
User avatar
Rui Santos
Site Admin
Posts: 5895
Joined: June 4th, 2001, 11:42 pm
Location: Portugal - Lisboa / MAC
Contact:

Re: Chernobyl - HBO (2019)

Post by Rui Santos »

Li agora meio na diagonal e terei de ler profundamente o que vocês escreveram e ver os videos muito bons antevejo que aqui colocaram.

Mas antes de reler... tenho de vos dizer que estou abismado com a série, documentário, filme o que lhe queiram chamar.
Que banda sonora arrepiante, que imagens lindissimas e filmadas de forma magistral, que sucessão de eventos, que extraordinário retrato da organização russa... que papel extraordinário dos três principais atores, que arrepio de mini-série.

Tenho HBO como parte do meu pacote de televisão Vodafone, e só por esta série vale a pena ter HBO um mÊs... Penso que custa 5€ mês a subscrição e podem ter um mês experimental.... mas só para ver Chernobyl (e outros tesouros que por lá existem)... vale todos os €.
Desculpem não conseguir explicar melhor, mas por amor de Deus percam cinco horas da vossa vida e vejam a série.

Para mim o episódio mais duro terá sido o 4º
Spoiler leve
com a toda a cena do abate dos cães merece estar num filme daqueles que se fica em silêncio por se conseguir dizer tanto com tão pouco diálogo
Obrigatório
10/10
Rui Santos - 50 Anos | 17 Anos DVDMania
DVD/BR | Jogos | Life is Short, Play More | FB Collectors HV-PT
Samwise
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 5234
Joined: February 19th, 2009, 9:07 pm
Contact:

Re: Chernobyl - HBO (2019)

Post by Samwise »

Rui Santos wrote:
March 20th, 2020, 12:32 am
Para mim o episódio mais duro terá sido o 4º
Spoiler leve
com a toda a cena do abate dos cães merece estar num filme daqueles que se fica em silêncio por se conseguir dizer tanto com tão pouco diálogo
A esta distância, lembro-me de ter considerado esse episódio o menos "interessante" de todos, devido essencialemente ao tempo que dedicam exclusivamente a essa parcela da história (*), e às emoções que exploram, em sentido crescente, numa repetição de casos e de situações que para mim ultrapassa o limite desejável da redundância. Ou seja, a partir de determinada altura, point taken!, nada é novidade, porque já "vimos em que é que consiste o trabalho", mas a série insiste em mostrar e em explorar, de forma declaradamente "emocional", mais uma situação de escolha "limite".

Talvez que a ideia seja mesmo essa: derrotar-nos ainda outra vez pelas emoções quando já passámos do ponto de derrota há muito, e insistir para que a mensagem fique MESMO gravada. Não sei. Na altura achei cerca de metade do episódio supérfluo, porque...

(*) ... em 6 episódios, passam praticamente quase um deles todo em torno daquele trabalho específico. Com um pouco mais de sentido de síntese, poderiam ter reduzido esse tempo para metade, fazendo passar a mesma mensagem talvez com um pouco menos de "emoções" à mistura, e terem aproveitado o tempo restante para filmar outras vertentes, outras pessoas, outros casos mais próximos da vivência comunitária, outras situações inusitadas que nem sonhamos que sucederam...
«The most interesting characters are the ones who lie to themselves.» - Paul Schrader, acerca de Travis Bickle.

«One is starved for Technicolor up there.» - Conductor 71 in A Matter of Life and Death

Câmara Subjectiva
Post Reply