Tarkovski - A Obra Integral

Novidades, lançamentos e características das edições no nosso país.

Moderador: Pedro Pereira de Carvalho

No Angel
Especialista
Especialista
Mensagens: 1815
Registado: abril 2, 2012, 9:58 pm

Re: Tarkovski - A Obra Integral

Mensagem por No Angel » março 25, 2016, 1:18 pm

Cabeças Escreveu:
No Angel Escreveu:Eu apanhei uma seca tão grande com o Solaris, nem sei como acabei de ver o filme! Mas quem gostar do 2001 deve gostar do Solaris, são os dois óptimos pra adormecer.
:-))) :-))) :-)))

Eu como referi fiquei KO depois de uns 20 minutos após começar a ver o Solaris. #-)
Mas pretendo agendar novo round em breve. :-)
Podes tentar, o filme é enorme e vais ter que fazer um grande esforço pra não adormeceres! Eu só acabei de ver o filme porque só critico um filme quando o vejo todo...

mansildv
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Mensagens: 9585
Registado: fevereiro 25, 2014, 6:30 pm

Re: Tarkovski - A Obra Integral

Mensagem por mansildv » março 25, 2016, 9:03 pm

Ainda não vi nenhum filme do Tarkovski :oops: embora já tenha o Stalker e o Andrei Rublev, e tenho uma curiosidade enorme em vê-los, e vou adquirir a caixa! Parece-me uma excelente oportunidade para ter a colecção (quase) completa de um realizador de eleição.
Última edição por mansildv em novembro 19, 2016, 4:20 pm, editado 1 vez no total.

Gaspar Garção
Especialista
Especialista
Mensagens: 1136
Registado: janeiro 17, 2010, 1:30 pm
Localização: Portalegre

Re: Tarkovski - A Obra Integral

Mensagem por Gaspar Garção » março 26, 2016, 12:37 am

Do ciclo aqui em Portalegre, já revi 3 ou 4 que não via há mais tempo, e posso dizer sem falsos intelectualismos ou manipulações soviéticas de algum tipo, que a primeira média-metragem dele, O Rolo Compressor e o Violino, e o 1º filme dele, A Infância de Ivan (que ganhou o Leão de Ouro em Veneza), foram os que me deram mais prazer em rever, são assombrosos, para alguém tão novo (como ele era na altura).
Não revi o Andrei Rubliov, mas é um grande filme.

Solaris e Stalker, que eu já vi incontáveis vezes, são filmes pesados e que não são nada fáceis, mas que eu considero recompensarem o espetador, se calhar mais em visões posteriores, do que propriamente da primeira vez que se vê (e são de Fricção Centrífuga, logo do meu "universo").

O Sacrifício foi o 1º filme que vi dele, no cinema em 1986, e é um dos meus favoritos, até pelas tangentes ao universo do Bergman.

O Espelho e o Nostalgia são os dois filmes dele, não diria que daqueles que gosto menos, mas que menos me "entram", até porque são mesmo difíceis de perceber, em termos de argumento e de relações entre os personagens, que não são nada lineares (para pôr isto de forma "delicada")...

São filmes lindíssimos, com grandes atores e uma fotografia deslumbrante, é certo, mas por vezes, em certas partes e certas opções estéticas, parecem ser complicados mais de propósito, para serem "herméticos", do que propriamente pela magia da coisa, mas eu, ao Tarkovski, dou o benefício da dúvida (e lá irei eu rever o Nostalgia e ficar á toa, como das outras vezes!!!).
Na baliza Jackson, defesa com Scorsese, Coppola, Spielberg e Eastwood. No meio campo, Ridley Scott, Wes Anderson, Pollack e Carpenter. Avançados, Woody, e solto nas alas Tarkovsky. Suplentes: Bunuel, Fellini, Kurosawa, Visconti, Antonioni, Lynch e Burton.

Telmo R.
Fanático
Fanático
Mensagens: 628
Registado: janeiro 20, 2007, 11:39 am
Contacto:

Re: Tarkovski - A Obra Integral

Mensagem por Telmo R. » março 28, 2016, 3:49 pm

rui sousa Escreveu:Sim, mas nem tudo o que o Tarkovski fez é perfeito, e há muitos realizadores que utilizam a bengala do cinema de reflexão para desculparem certas preguicites agudas que fazem nos seus filmes. Não digo o Tarkovski em particular, porque gostei dos filmes que já vi dele (e adorei o Stalker), mas há muito cineasta moderno que se agarra a esses epítetos e aproveita-se deles para se safar entre críticos, uma moda muito recorrente na actualidade...

Nenhum realizador é perfeito, em algum momento cada um deles fez algo que nós espectadores alteraríamos e até muitas vezes os próprios não ficam completamente satisfeitos como sabemos, mas quando se trabalha com sinceridade que acredito que era como Tarkovsky trabalhava acho que passa para os seus filmes, agora parte de cada um de nós aceitar ou não como sincera a sua obra. Falo do cinema de reflexão na sua relação com o tempo, o tempo que é dado a cada cena com um propósito definido, liberdade artística sempre subjectiva, o que acontece em muitos filmes modernos é que sob essa capa do cinema de reflexão assistimos a um esvaziamento de conteúdo (argumento, desenvolvimento dos personagens, …) depositando tudo no visual, na técnica e na acção, e ai devemos falar da seriedade de cada realizador, outras vezes acredito que a "preguicite" esteja do lado do espectador, a mesma pessoa numa primeira visualização tem uma opinião e na segunda passados anos tem outra completamente diferente e acrescenta ou retira crédito ao mesmo filme, portanto todo este meu discurso é muito bonito mas trata-se sempre de pessoa para pessoa de sensibilidades e experiências diferentes que levam obviamente a percepções e escolhas distintas em alturas distintas da vida. Agora é impossível negar a relevância de Tarkovsky na história do Cinema, um realizador com uma linguagem própria que influenciou muitos outros realizadores, nesse aspecto é necessário saber distinguir o “original” da “cópia” ou “imitação”, mesmo que por vezes não nos identifiquemos com o “original”.

Para quem já viu o filme e sabe o contexto da cena, deixo uma pergunta retórica, de que outra forma poderia ele ter filmado esta cena e ainda assim dar-lhe toda a carga que possui. Será que com cortes teria o mesmo efeito...

os filmes que vejo: letterboxd ou mubi | a minha colecção de dvds: cine-dvd collection

rui sousa
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Mensagens: 4129
Registado: setembro 6, 2008, 12:05 pm
Localização: Lisboa
Contacto:

Re: Tarkovski - A Obra Integral

Mensagem por rui sousa » março 28, 2016, 4:25 pm

A minha questão foi só para o "vale tudo" que o cinema contemplativo permite. É que nunca ouvi falar de filmes contemplativos maus, atiram-me sempre esse argumento de "o espectador é que está mal, o filme é bom". Gostava que esse estigma desaparecesse, porque a contemplação do Tarkovski nada tem a ver, por exemplo, com uma curta-metragem que apareceu no MUBI há uns dias. Essa curta tem, basicamente, um rapaz a caminhar para a câmara, fixa, e fica a olhar para ela, e acaba a curta. Algumas pessoas inventaram interpretações para isto - para mim, é a prova de que é muito fácil fazer cinema contemplativo nos dias que correm. As pessoas inventam o que o cineasta não tem interesse em dizer. Felizmente que Tarkovski não era assim, mas há muitos que são. E não me venham com a desculpa de que o problema é o espectador.

No Angel
Especialista
Especialista
Mensagens: 1815
Registado: abril 2, 2012, 9:58 pm

Re: Tarkovski - A Obra Integral

Mensagem por No Angel » março 28, 2016, 6:20 pm

Pra mim um bom filme nunca é aborrecido, e o Solaris enfim, é o que se sabe... a sério, esqueçam, esse filme é ótimo para insônias, a par do 2001 mau-)

Se querem cinema intelectual interessante vejam Bergman ou Lynch, ao menos os filmes deles nunca são aborrecidos e tem ótimas atuações dos atores.

PanterA
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Mensagens: 2540
Registado: fevereiro 21, 2012, 12:14 am
Localização: Viseu

Re: Tarkovski - A Obra Integral

Mensagem por PanterA » março 28, 2016, 7:32 pm

O Solyaris é brilhante!!! Um dos meus filmes preferidos. Tanto que ando a ponderar revê-lo um dia destes. Se me falarem num Andrei Rublev que certamente não é para todos os gostos ainda aceito, principalmente pelo seu pace extremamente longo, agora o Solyaris está longe desse patamar. Sim, o pace continua lento, mas cada frame, cada diálogo, cada interacção é uma arrepio na espinha.

Contudo, se tivermos a falar na sua obra mais acessível ao publico, e "O" filme que deviam começar por ver para saber o que é Tarkovski, diria o Ivan's Childhood. Tb um dos meus filmes preferidos, e com um dos shots mais belos da historia do cinema.

Telmo R.
Fanático
Fanático
Mensagens: 628
Registado: janeiro 20, 2007, 11:39 am
Contacto:

Re: Tarkovski - A Obra Integral

Mensagem por Telmo R. » março 28, 2016, 7:56 pm

Cinema intelectual, filmes aborrecidos, ... :roll: voltamos ao mesmo, isso é tudo muito subjectivo, filmes aborrecidos para uns podem ser uma experiência reveladora para outros. Sinceramente que não entendo também essa necessidade de catalogar, Cinema intelectual, já não basta catalogar por géneros (drama, comédia, ... muitas vezes também caio nesse erro), não será ou deveria ser todo o Cinema intelectual no sentido de fazer pensar...
os filmes que vejo: letterboxd ou mubi | a minha colecção de dvds: cine-dvd collection

Guinevere
Novato
Mensagens: 29
Registado: junho 10, 2016, 5:06 pm

Re: Tarkovski - A Obra Integral

Mensagem por Guinevere » junho 10, 2016, 5:42 pm

Olá a todos!

Já alguém comprou o pack da obra integral do Tarkovsky editado pela Leopardo Filmes?
Estava interessada em adquiri-lo, mas um amigo meu disse-me que não vale a pena, pois a qualidade da edição deixa bastante a desejar: os extras são parcos resumindo-se a 3 apresentações dos filmes do Tarkovsky por Pedro Mexia, Rui Chafes e José Tolentino Mendonça (e que o som das apresentações está tão mal gravado que mal se consegue perceber aquilo que os senhores dizem). Para além disto, parece que a qualidade de imagem dos filmes também não é nada de especial, sendo pouco evidente que foram remasterizados em 4k. Alguém confirma?

Guinevere
Novato
Mensagens: 29
Registado: junho 10, 2016, 5:06 pm

Re: Tarkovski - A Obra Integral

Mensagem por Guinevere » junho 17, 2016, 8:15 pm

Ainda ninguém comprou o pack???

Avatar do Utilizador
Cabeças
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Mensagens: 6601
Registado: dezembro 26, 2000, 9:58 pm
Localização: Portugal

Re: Tarkovski - A Obra Integral

Mensagem por Cabeças » junho 18, 2016, 12:52 am

Guinevere Escreveu:Ainda ninguém comprou o pack???
Bem vinda ao fórum, Guinevere. :-)

Também acho estranho ainda ninguém ter comprado este pack... eu próprio me senti tentado, mas ainda está caro. Daqui a uns tempos consegue-se comprar mais barato. E mais tarde ou mais cedo começam a aparecer os filmes avulsos no mercado em segunda mão.

Mas essa informação relativa à má qualidade das edições... arrefece muito o entusiasmo.
Cabeças
Imagem

Gaspar Garção
Especialista
Especialista
Mensagens: 1136
Registado: janeiro 17, 2010, 1:30 pm
Localização: Portalegre

Re: Tarkovski - A Obra Integral

Mensagem por Gaspar Garção » junho 18, 2016, 11:27 pm

Eu o que posso confirmar, é que o meu Centro de Artes passou há uns meses o ciclo, e tirando o Solaris, Stalker e o Sacrifício (iguais ás versões que já existiam), se não me engano, todas os outros filmes eram versões restauradas, e a qualidade da imagem era excelente, agora se a edição em dvd é pior...

Mas não me parece que isso tenha acontecido.
Na baliza Jackson, defesa com Scorsese, Coppola, Spielberg e Eastwood. No meio campo, Ridley Scott, Wes Anderson, Pollack e Carpenter. Avançados, Woody, e solto nas alas Tarkovsky. Suplentes: Bunuel, Fellini, Kurosawa, Visconti, Antonioni, Lynch e Burton.

Guinevere
Novato
Mensagens: 29
Registado: junho 10, 2016, 5:06 pm

Re: Tarkovski - A Obra Integral

Mensagem por Guinevere » julho 6, 2016, 10:26 pm

Gaspar Garção Escreveu:Eu o que posso confirmar, é que o meu Centro de Artes passou há uns meses o ciclo, e tirando o Solaris, Stalker e o Sacrifício (iguais ás versões que já existiam), se não me engano, todas os outros filmes eram versões restauradas, e a qualidade da imagem era excelente, agora se a edição em dvd é pior...

Mas não me parece que isso tenha acontecido.
Pois, o meu tal amigo que comprou o pack logo quando saiu já me emprestou e realmente a edição até é bastante razoável em termos de qualidade de imagem, mas os extras é que deixam bastante a desejar...
Sinceramente, tendo em conta o preço, acho que não vale a pena comprar.

Cumprimentos a todos e Portugal Allez!!! :-D :-D :-D

Ludovico
Especialista
Especialista
Mensagens: 1085
Registado: junho 13, 2007, 4:38 pm
Localização: Porto

Re: Tarkovski - A Obra Integral

Mensagem por Ludovico » novembro 19, 2016, 3:43 pm

Bem.É para dizer que vi 5 dos 8 filmes desta coleção porque deram na RTP2 penso eu em Setembro.
Porque demorei tanto a vir ao tópico?.Boa pergunta.A razão é que depois de ver os filmes a pessoa fica atónita,no mínimo.Precisa de digeri-los com ENORME TEMPO.
Confesso que nunca tinha visto nenhum filme de Andrey Tarkovsky antes e digo-o com firmeza:AINDA BEM.
Depois de ver os filmes descubro que estes filmes só a partir dos 30 sendo que será melhor ainda dos 50 para cima.
Todos os filmes que vi são pesadíssimos e é para suavizar um bocado.
Depois,pergunto porque razão a RTP2 só deu 5 filmes e não os 8?.Sinceramente não percebi.
Não vi "A Infância de Ivan", O Rolo Compressor... e Nostalgia e adoraria ter visto.
Acho lamentável que a RTP não tenha dado os filmes todos.
Depois estive a lêr as opiniões neste tópico de outros colegas de fórum.
Concordo com uns e discordo com outros em relação aos favoritos.
Na globalidade,para mim era um autor muito difícil de se compreender porque os filmes são de uma densidade e ambiguidade narrativas tão grandes que a pessoa pode ter um grande choque.Em certa medida,Faz lembrar Manoel de Oliveira também.Tarkovsky dá quase nada ao espectador, o espetador é que tem que ir à obra e assim fica muito difícil.
Se tivesse visto estes filmes com 15 aos 20 eu teria abominado totalmente.Agora quase nos 40 devo dizer que fiquei impressionado.Gostei muito ou adorei a maioria dos filmes em causa.Houve quem dissesse aqui que a obra de Tarkovsky é tão rica e ambígua que só com várias visualizações é que fica realizado e eu concordo inteiramente com essa ideia.Lento,parado,hermético,fechado dentro de si mesmo.Não explica nada ou quase nada mas trabalhou os filmes de uma forma que poucos o conseguiram na Europa.Era o melhor realizador soviético e eu percebo agora a razão da sua idolatração.Ainda assim, gosto mais de uns do que outros.Para mim, o pior é o Stalker é ficção cientifica e eu adoro ficção cientifica mas neste caso apesar de tecnicamente ser irrepreensível não gostei da história em si.Acho que a história do filme é normal e não é inventivo.Tem bons diálogos,sumarentos e ricos e interpretações boas mas para mim é um filme menor embora adore o género em questão.
Tirando Stalker gostei muito ou adorei os restantes 4 filmes de Andrey Tarkovsky.
Gostei muito de "O Espelho" e "O Sacrificio" são ambos filmes fabulosos em tudo,na realização nos desempenhos e nos diálogos.Não são obras primas,quanto a mim por uma razão.São exagerados e radicais em excesso em termos narrativos.
Ainda assim gostei muito mesmo dos dois.
Para o fim, reservo os meus favoritos de todos,os notas 10 e que me surpreenderam em especial.
São eles "Sólaris" e "Andrey Rublieve".Fiquei absolutamente de boca aberta com as histórias em questão.
Em termos pessoais, adoro História e Ficção Cientifica e estes 2 filmes são a síntese perfeita de como devem ser filmes nos géneros respetivos.Já tinha visto o Sólaris americano à uns largos anos atrás e apesar de ter achado um bom filme e competente e de Tarkovsky NADA TEM EM COMUM com o americano.O de Tarkovsky é quanto a mim um dos melhores filmes de ficção cientifica alguma vez filmado até. É poderoso,arrojado,arrebatador,inventivo e tem um dos melhores finais de sempre.Enfim, fiquei literalemente siderado com Sólaris de uma forma como eu não contava.
O mesmo se passa com Andrey Rublieve que é para História aquilo que Sólaris é para a ficção cientifica,na minha opinião claro."Andrey Rublieve" é para mim dos melhores filmes históricos medievais de sempre.para mim,tem tudo perfeito.Técnicamente é perfeito,uma realização incrível, uma história assombrosa, enfim faltam-me palavras.Fiquei também de boca aberta depois de ter visto o filme.
Quanto à edição em DVD das 8 obras estou como o Cabeças só irei comprar 2 filmes da coleção,isto é os filmes que marcaram mais,isto é, vou esperar que os filmes sejam editados EM SEPARADO ou então comprar usados.Ficará em mais conta e é o mais razoável.Só adquiro os filmes mais pessoais,os outros não fazem sentido comprar.
Gostaria de ter visto os 3 filmes que não vi mas talvez noutra altura o consiga fazer.Mas mesmo assim,depois de ter visto 5 filmes dele.Pode-se dizer:Viva Andrey Tarkosky!!!.
"Sempre as horas,as horas,as horas......"

technicolor
Fanático
Fanático
Mensagens: 525
Registado: março 2, 2016, 9:00 pm
Localização: Pinhal Novo

Re: Tarkovski - A Obra Integral

Mensagem por technicolor » abril 24, 2017, 9:29 pm

Obviamente que quase toda a gente que por aqui se interessa por este tipo de cinema já saberá, mas para os que ainda não tenham conhecimento aqui fica o trailer da versão restaurada do Stalker que será editada (obviamente) pela Criterion /Janus. O restauro, magnífico, foi feito na Mosfilm pelo que ao contrário do que há uns tempos por aqui escrevi parece haver interesse e dinheiro para recuperar algumas obras importantes do cinema soviético. mea culpa...



E também para quem quiser (e tiver disponibilidade) o filme completo em HD com legendas em PT no canal do tube da mosfilm ('?)

https://www.youtube.com/watch?v=TGRDYpCmMcM
Última edição por technicolor em abril 24, 2017, 10:03 pm, editado 1 vez no total.

Responder