The Shining (4K Ultra HD + Blu-ray)

Discussão sobre lançamentos BR, Assuntos relacionados com equipamento devem contudo ser abordados no fórum Hardware.

Moderador: Grimreaper

Responder
Helder Fialho
Iniciado
Iniciado
Mensagens: 138
Registado: outubro 15, 2017, 2:10 am
Localização: Évora

The Shining (4K Ultra HD + Blu-ray)

Mensagem por Helder Fialho » setembro 11, 2019, 6:31 pm

Antecipando as comemorações dos 40 anos da estreia do Shining no próximo ano e para quem quiser fazer o upgrade do Shining para 4K, vai sair dia 30 um combo de dois discos que inclui o filme em 4K Ultra HD e em Blu-ray.

O filme foi restaurado e remasterizado para 4K directamente a partir do negativo original de 35mm. O restauro e a remasterização feitos pela Warner foram supervisionados pelo Spielberg e, como sempre, pelo Leon Vitali, ex-assistente pessoal do Kubrick e o actor que desempenhou o papel de Lord Bullingdon no Barry Lyndon. Para além de ser a primeira vez que o Shining vai estar em 4K, vai ser também a primeira vez que a versão de 146 minutos do Shining - até agora só disponível nos Estados Unidos - vai ser editada na Europa. Esta versão contém os 25 minutos que o Kubrick cortou. Devia ser a de 144 minutos. :-P Se for a de 146, como tudo indica, é porque decidiram incluir uma cena que o Kubrick cortou já o filme estava na primeira semana de exibição e que, na minha opinião, fez bem em cortar.

Relativamente a extras, não há nada de novo. São os mesmos extras que estão, por exemplo, na edição especial em DVD de 2 discos (a de fundo negro com a porta com o REDRUM escrito).

Resumindo, e cito do blu-ray.com:

The Shining 4K Blu-ray Blu-ray Combo Pack features an 4K Blu-ray disc with the feature film in 4K with HDR, a Blu-ray disc with the film in high definition and the special features in high definition, and a Digital version of the movie.


Amazon UK: https://www.amazon.co.uk/Shining-Extend ... dvd&sr=1-1



P.S. - Um pouco de trivia que por acaso desconhecia. No ano passado, uma cópia do Shining em celulóide foi seleccionada pela Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos para ser preservada para a posteridade no National Film Registry, por ter sido considerado pela própria Library of Congress um filme significativo e relevante num destes três âmbitos: cultural, social e estético. Juntou-se, assim, a várias outras cópias de filmes do Kubrick que estão também preservadas no National Film Registry: o Paths of Glory, Spartacus, Dr. Strangelove e o 2001: A Space Odyssey.

Responder