Motherless Brooklyn (2019) - Edward Norton

Discussão de filmes; a arte pela arte.

Moderators: mansildv, waltsouza

Post Reply
mansildv
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 11511
Joined: February 25th, 2014, 6:30 pm

Motherless Brooklyn (2019) - Edward Norton

Post by mansildv »

Image

Realizador: Edward Norton
Elenco: Edward Norton, Bruce Willis, Gugu Mbatha-Raw, Bobby Cannavale, Cherry Jones, Michael Kenneth Williams, Leslie Mann, Ethan Suplee, Dallas Roberts, Fisher Stevens, Alec Baldwin, Willem Dafoe.

Set against the backdrop of 1950s New York, Motherless Brooklyn follows Lionel Essrog, a lonely private detective afflicted with Tourette's Syndrome, as he ventures to solve the murder of his mentor and only friend, Frank Minna.
Trailer



IMDb
Wikipedia
Rotten Tomatoes
Gaspar Garção
Especialista
Especialista
Posts: 1184
Joined: January 17th, 2010, 1:30 pm
Location: Portalegre

Re: Motherless Brooklyn (2019) - Edward Norton

Post by Gaspar Garção »

O livro é excelente, esperemos que o filme esteja à altura... (gostei do trailê).
Na baliza Jackson, defesa com Scorsese, Coppola, Spielberg e Eastwood. No meio campo, Ridley Scott, Wes Anderson, Pollack e Carpenter. Avançados, Woody, e solto nas alas Tarkovsky. Suplentes: Bunuel, Fellini, Kurosawa, Visconti, Antonioni, Lynch e Burton.
mansildv
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 11511
Joined: February 25th, 2014, 6:30 pm

Re: Motherless Brooklyn (2019) - Edward Norton

Post by mansildv »

Gaspar Garção wrote:
September 2nd, 2019, 5:17 pm
O livro é excelente, esperemos que o filme esteja à altura... (gostei do trailê).
Também gostei do trailer e como isto é quase um projecto pessoal de longa data do Norton pode ser que saia daqui algo muito bom!

Pelo pouco que se vê e com o material que tem o desempenho dele deve ser impecável.
p_alucinado
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 2503
Joined: March 3rd, 2005, 11:52 pm
Location: Braga City!

Re: Motherless Brooklyn (2019) - Edward Norton

Post by p_alucinado »

Ora cá está um filme como já não se vê nos dias de hoje. Ritmo pausado, história a desenvolver-se em cima do peso dos personagens. Gostei. Gostei, mas encontrei defeitos. O primeiro é a duração excessiva do filme. Ficou a notar-se que o argumento precisava de mais umas revisões. Por causa disso, a história nem sempre flui bem e acaba por entediar escusadamente em um ou dois momentos. Não é fácil adaptar jm bom livro e isso nota-se.

O grande triunfo são as interpretações de todos, sem excepção, com óbvio destaque para o Ed Norton. Fabuloso o que ele faz ali. Os diálogos também são de boa qualidade, quase nunca caindo no trivial ou na redundância.

No geral, um filme que recomendo ao Gaspar e ao João Vagos, que sei que vão apreciar muito este tipo de cinema. E a todos os outros, só por que vale mesmo a pena.
Um clássico por semana, visto pela primeira vez, em UMA PARAGEM NO DRIVE-IN (http://umaparagem.blogspot.pt)
Samwise
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 5442
Joined: February 19th, 2009, 9:07 pm
Contact:

Re: Motherless Brooklyn (2019) - Edward Norton

Post by Samwise »

«The most interesting characters are the ones who lie to themselves.» - Paul Schrader, acerca de Travis Bickle.

«One is starved for Technicolor up there.» - Conductor 71 in A Matter of Life and Death

Câmara Subjectiva
Samwise
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 5442
Joined: February 19th, 2009, 9:07 pm
Contact:

Re: Motherless Brooklyn (2019) - Edward Norton

Post by Samwise »

Muito bom. Class Act!

Não li o livro e não posso oferecer comparações, mas o filme faz um festim com a revisitação moderna de uma atmosfera e uma intriga clássicas, e com um enorme carinho pelos ambientes jazz e pela "terminologia cinéfila" noir (até quase que brinca aos filmes de detectives com uma série de convenções). O formato e o tempo narrativo são completamente anacrónicos, thank god!, em relação à norma do que se faz hoje em dia, pausados, sem pressas, sem necessidade de enfiar a martelo a intriga dentro de um formato de tempo que seja "comerciável". Outro elemento anacrónico é o tom delicado com que embala (com muito jazz e melancolia à mistura) as personagens - e aqui talvez seja mais um desafio (plenemante conseguido) às convenções do que uma aposta na herança. E é também um excelente regresso do Norton enquanto actor principal, mesmo que escolhendo deliberadamente uma personagem formatada para lhe proporcionar mais um brilharete - mas está muito bem acompanhado pelo restante cast.

9/10
«The most interesting characters are the ones who lie to themselves.» - Paul Schrader, acerca de Travis Bickle.

«One is starved for Technicolor up there.» - Conductor 71 in A Matter of Life and Death

Câmara Subjectiva
Post Reply