Once Upon a Time in Hollywood (2019) - Quentin Tarantino

Discussão de filmes; a arte pela arte.

Moderators: mansildv, waltsouza

User avatar
DarkPhoenix
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 4022
Joined: February 13th, 2004, 2:58 pm
Location: Norte

Re: Once Upon a Time in Hollywood (2019) - Quentin Tarantino

Post by DarkPhoenix »

A par com o o "Joker", o melhor que eu vi em 2019.

Simplesmente foi delicioso saborear este filme em que todas as cenas são iconográficas, ode a um cinema que já não existe, onde a suposta trama principal não passa de um pano de fundo que pode - ou não - corresponder às expectativas.
Já não me divertia assim no cinema de Tarantino desde o "Kill Bill Vol 1", tempos onde o todo é menos importante do que a soma das partes.

Excepcional o trabalho do elenco, em particular o Brad Pitt a fazer de brad pitt. Apenas e só. Brilhante!

Todo o meticuloso e indulgente trabalho de recriação da época merece um claro destaque, em particular para os apreciadores do cinema.
Ao contrário dos filmes recentes do Tarantino, este OUATIW demonstra um extremo bom gosto, e quando escrevo EXTREMO é com todas as letrinhas.
Nunca senti aqui repulsa, o que não posso dizer dos seus mais recentes delírios como o "Hateful Eight" ou o "Inglorious Basterds" que vivem à custa de merdas nojentas e/ou infantis.

Cinema de qualidade, maduro e consciente do que quer afirmar e comentar, sem subterfúgios ou tretas.

Muito bom!
9/10
lud81
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 5428
Joined: March 16th, 2001, 6:56 pm
Location: Portugal

Re: Once Upon a Time in Hollywood (2019) - Quentin Tarantino

Post by lud81 »

Não partilho os vossos louvores. Eu ainda só vi o filme uma vez, em Agosto no cinema, e quero rever para ver o que acontece, mas não achei grande coisa. Achei que não se passou nada no filme, saí a interrogar-me como é que o homem fez um filme de quase 3 horas em que não se passa um cacete. Há ali qualquer coisa com o Rick, mas no geral o Cliff tem muito mais tempo de ecran. E a não fazer nada. A cena em que ele vai ao telhado arranjar uma antena é só para o Brad Pitt tirar a t-shirt? Em que é que isso é diferente da Megan Fox a abrir o capot do carro no Transformers? Pareceu-me uma colecção de cenas sem aparente fio condutor entre elas e também sem um propósito. ¯\_(ツ)_/¯
Image
User avatar
DarkPhoenix
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 4022
Joined: February 13th, 2004, 2:58 pm
Location: Norte

Re: Once Upon a Time in Hollywood (2019) - Quentin Tarantino

Post by DarkPhoenix »

lud81 wrote: December 27th, 2019, 10:12 pmA cena em que ele vai ao telhado arranjar uma antena é só para o Brad Pitt tirar a t-shirt? Em que é que isso é diferente da Megan Fox a abrir o capot do carro no Transformers? Pareceu-me uma colecção de cenas sem aparente fio condutor entre elas e também sem um propósito. ¯\_(ツ)_/¯
Exploitation, o território favorito do Tarantino.
E até concordo com a inexistência de um marcante fio condutor, é algo que aprecio particularmente neste filme, vive para além de uma ameaça latente através de cenas que valem por si.
Samwise
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 5777
Joined: February 19th, 2009, 9:07 pm
Contact:

Re: Once Upon a Time in Hollywood (2019) - Quentin Tarantino

Post by Samwise »

rui sousa wrote: December 27th, 2019, 3:34 pm
Samwise wrote: December 27th, 2019, 2:31 pm Ainda não vi nada deles. Não sei porquê, os trailers não me deixam com grande vontade, mas já sei que não dá para avaliar por aí...
Vê o Good Time, uma espiral alucinante de acção e tensão com o Robert Pattinson em estado de graça!

Obrigado, Rui (e Ninzabo), acabei agora de o ver. Bom filme! Gostei, gostei... com traços autorais vincados, a fazer lembrar à distância o cinema verité do Cassavetes, e um Pattinson surpreendente para aquilo que se conhecia dele para trás. salut-)

Vamos então aguardar pelo Uncut Gems a ver o que dá.
Last edited by Samwise on December 28th, 2019, 12:17 am, edited 1 time in total.
«The most interesting characters are the ones who lie to themselves.» - Paul Schrader, acerca de Travis Bickle.

«One is starved for Technicolor up there.» - Conductor 71 in A Matter of Life and Death

Câmara Subjectiva
Samwise
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 5777
Joined: February 19th, 2009, 9:07 pm
Contact:

Re: Once Upon a Time in Hollywood (2019) - Quentin Tarantino

Post by Samwise »

lud81 wrote: December 27th, 2019, 10:12 pm Não partilho os vossos louvores. Eu ainda só vi o filme uma vez, em Agosto no cinema, e quero rever para ver o que acontece, mas não achei grande coisa. Achei que não se passou nada no filme, saí a interrogar-me como é que o homem fez um filme de quase 3 horas em que não se passa um cacete. Há ali qualquer coisa com o Rick, mas no geral o Cliff tem muito mais tempo de ecran. E a não fazer nada. A cena em que ele vai ao telhado arranjar uma antena é só para o Brad Pitt tirar a t-shirt? Em que é que isso é diferente da Megan Fox a abrir o capot do carro no Transformers? Pareceu-me uma colecção de cenas sem aparente fio condutor entre elas e também sem um propósito. ¯\_(ツ)_/¯
Fio condutor? Quem precisa de um fio condutor quando tem tantas histórias para contar acerca das suas personagens, e tantas "vozes" diferentes para o fazer? É isso que o Tarantino sempre foi e fez nos seus filmes, com mais ou com menos suporte narrativo a aconchegar. Aqui não é diferente: acompanhamos três pessoas ao longo de um periódo determinado de tempo. period. Talvez que seja este o filme mais depurado a esse nível, um culminar triunfante dessa ideia de não haver narrativa lógica. Apenas pessoas e situações.
«The most interesting characters are the ones who lie to themselves.» - Paul Schrader, acerca de Travis Bickle.

«One is starved for Technicolor up there.» - Conductor 71 in A Matter of Life and Death

Câmara Subjectiva
nimzabo
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 3670
Joined: July 16th, 2013, 9:16 pm

Re: Once Upon a Time in Hollywood (2019) - Quentin Tarantino

Post by nimzabo »

Samwise wrote: December 28th, 2019, 12:11 am
Obrigado, Rui (e Ninzabo), acabei agora de o ver. Bom filme! Gostei, gostei... com traços autorais vincados, a fazer lembrar à distância o cinema verité do Cassavetes, e um Pattinson surpreendente para aquilo que se conhecia dele para trás. salut-)

Vamos então aguardar pelo Uncut Gems a ver o que dá.

:arrow: viewtopic.php?f=11&t=41507&p=647733#p647733
:arrow: viewtopic.php?f=11&t=52322&p=644531
lud81
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 5428
Joined: March 16th, 2001, 6:56 pm
Location: Portugal

Re: Once Upon a Time in Hollywood (2019) - Quentin Tarantino

Post by lud81 »

Samwise wrote: December 28th, 2019, 12:16 am

Fio condutor? Quem precisa de um fio condutor quando tem tantas histórias para contar acerca das suas personagens, e tantas "vozes" diferentes para o fazer? É isso que o Tarantino sempre foi e fez nos seus filmes, com mais ou com menos suporte narrativo a aconchegar. Aqui não é diferente: acompanhamos três pessoas ao longo de um periódo determinado de tempo. period. Talvez que seja este o filme mais depurado a esse nível, um culminar triunfante dessa ideia de não haver narrativa lógica. Apenas pessoas e situações.
Não concordo que o Tarantino tenha feito isso sempre. Em 9 filmes, fê-lo num: Pulp Fiction. E nesse, as situações são interessantes. Seguimos as peripécias de dois hitmen ao longo de uma manhã muito peculiar da vida deles. Pelo meio acontece também a burla de Butch a Marcellus, que tem um desfecho bastante surreal.
Os outros 7 filmes não seguem este modelo. Mantêm a voz de Tarantino, mas não esse modelo.

Este OUATIH, pelo menos à primeira vista, não me pareceu tão interessante. Não digo que não mude de ideias quando voltar a ver, não seria a primeira vez que mudaria de opinião em relação a um filme. Pareceu-me muito self-indulgent, mas pouco interessante. Gostei do build-up e da atmosfera da cena no Rancho, e pouco mais interessante me lembro de acontecer. Há o clímax do filme também, obviamente. :-))) E gostei da cena que o Rick filma com a menina. Mas do filme no seu todo? Não muito.

É como já tinha dito na 1a página deste tópico, o QT para mim não é infalível, e neste não me cativou. Hei-de rever. Mas primeiro quero rever The Hateful Eight, que é bem melhor.
Image
rui sousa
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 4337
Joined: September 6th, 2008, 12:05 pm
Location: Lisboa
Contact:

Re: Once Upon a Time in Hollywood (2019) - Quentin Tarantino

Post by rui sousa »

Samwise wrote: December 28th, 2019, 12:11 am
rui sousa wrote: December 27th, 2019, 3:34 pm
Samwise wrote: December 27th, 2019, 2:31 pm Ainda não vi nada deles. Não sei porquê, os trailers não me deixam com grande vontade, mas já sei que não dá para avaliar por aí...
Vê o Good Time, uma espiral alucinante de acção e tensão com o Robert Pattinson em estado de graça!

Obrigado, Rui (e Ninzabo), acabei agora de o ver. Bom filme! Gostei, gostei... com traços autorais vincados, a fazer lembrar à distância o cinema verité do Cassavetes, e um Pattinson surpreendente para aquilo que se conhecia dele para trás. salut-)

Vamos então aguardar pelo Uncut Gems a ver o que dá.
Fico contente que tenhas gostado! Foi uma das minhas grandes surpresas de 2017, até porque não tinha gostado muito dos filmes anteriores dos Safdie.
PanterA
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 2694
Joined: February 21st, 2012, 12:14 am
Location: Viseu

Re: Once Upon a Time in Hollywood (2019) - Quentin Tarantino

Post by PanterA »

Também me convenceram. Com um bocado de sorte ainda o vejo hoje. Curioso ou não, era já para o ter visto isso há mais tempo mas por alguma razão passou-me completamente.
Von Stroheim
Novato
Posts: 34
Joined: September 20th, 2019, 7:49 pm

Re: Once Upon a Time in Hollywood (2019) - Quentin Tarantino

Post by Von Stroheim »

PanterA wrote: December 28th, 2019, 9:27 pm Também me convenceram. Com um bocado de sorte ainda o vejo hoje. Curioso ou não, era já para o ter visto isso há mais tempo mas por alguma razão passou-me completamente.
Vê que não te vais arrepender. :wink:
É um Tarantino absolutamente vintage! Esquece aqueles que dizem que o filme é uma "seca" onde não se passa rigorosamente nada até aos últimos 15 minutos.
São catraios que estão mal habituados, devido às séries de televisão, e por isso acham que um filme se não tiver um enredo bem estruturado e se não "agarrar" logo desde o primeiro minuto, então já não vale nada.

Porém, quem ama verdadeiramente o Cinema, sabe que narrativa e enredo ou "plot" são coisas bem diferentes e um filme não vive apenas do "plot".
Aliás, há imensas obras-primas na história do cinema que têm um enredo minimalista ou mesmo inexistente.
nimzabo
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 3670
Joined: July 16th, 2013, 9:16 pm

Re: Once Upon a Time in Hollywood (2019) - Quentin Tarantino

Post by nimzabo »

O Pantera agora não se estava a referir ao filme do Tarantino, que ele já viu.
Se leres os posts anteriores vês que o assunto passou para o Good Time dos Safdie Bros (intercalado pelas intervenções do lud81).
Samwise
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 5777
Joined: February 19th, 2009, 9:07 pm
Contact:

Re: Once Upon a Time in Hollywood (2019) - Quentin Tarantino

Post by Samwise »

nimzabo wrote: December 28th, 2019, 1:19 am
Samwise wrote: December 28th, 2019, 12:11 am
Obrigado, Rui (e Ninzabo), acabei agora de o ver. Bom filme! Gostei, gostei... com traços autorais vincados, a fazer lembrar à distância o cinema verité do Cassavetes, e um Pattinson surpreendente para aquilo que se conhecia dele para trás. salut-)

Vamos então aguardar pelo Uncut Gems a ver o que dá.

:arrow: viewtopic.php?f=11&t=41507&p=647733#p647733
:arrow: viewtopic.php?f=11&t=52322&p=644531
Já sei, já sei... Há um tópico para falar do primeiro e já viste o segundo... :mrgreen:

Vou mesmo esperar uns dias para pegar no Uncut Gems... as cópias que "há por aí a circular" não são de boa "cólidade". :-)))
«The most interesting characters are the ones who lie to themselves.» - Paul Schrader, acerca de Travis Bickle.

«One is starved for Technicolor up there.» - Conductor 71 in A Matter of Life and Death

Câmara Subjectiva
Samwise
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 5777
Joined: February 19th, 2009, 9:07 pm
Contact:

Re: Once Upon a Time in Hollywood (2019) - Quentin Tarantino

Post by Samwise »

lud81 wrote: December 28th, 2019, 1:30 am
Samwise wrote: December 28th, 2019, 12:16 am

Fio condutor? Quem precisa de um fio condutor quando tem tantas histórias para contar acerca das suas personagens, e tantas "vozes" diferentes para o fazer? É isso que o Tarantino sempre foi e fez nos seus filmes, com mais ou com menos suporte narrativo a aconchegar. Aqui não é diferente: acompanhamos três pessoas ao longo de um periódo determinado de tempo. period. Talvez que seja este o filme mais depurado a esse nível, um culminar triunfante dessa ideia de não haver narrativa lógica. Apenas pessoas e situações.
Não concordo que o Tarantino tenha feito isso sempre. Em 9 filmes, fê-lo num: Pulp Fiction. E nesse, as situações são interessantes. Seguimos as peripécias de dois hitmen ao longo de uma manhã muito peculiar da vida deles. Pelo meio acontece também a burla de Butch a Marcellus, que tem um desfecho bastante surreal.
Os outros 7 filmes não seguem este modelo. Mantêm a voz de Tarantino, mas não esse modelo.

Este OUATIH, pelo menos à primeira vista, não me pareceu tão interessante. Não digo que não mude de ideias quando voltar a ver, não seria a primeira vez que mudaria de opinião em relação a um filme. Pareceu-me muito self-indulgent, mas pouco interessante. Gostei do build-up e da atmosfera da cena no Rancho, e pouco mais interessante me lembro de acontecer. Há o clímax do filme também, obviamente. :-))) E gostei da cena que o Rick filma com a menina. Mas do filme no seu todo? Não muito.

É como já tinha dito na 1a página deste tópico, o QT para mim não é infalível, e neste não me cativou. Hei-de rever. Mas primeiro quero rever The Hateful Eight, que é bem melhor.
Eu concordo na generalidade com o que dizes (menos na ideia de o THE ser bem melhor :-))) - já vi a versão mais extensa, que melhora o filme, e continuo a não consiguir apreciá-lo na justa medida daquilo que penso que o Tarantino tenha idealizado), mas não estás a contra-argumentar o meu post. Eu apenas tentei defender que o foco maior do Tarantino nos seus filmes são "as histórias para contar" que tem sobre as suas personagens, e que isso sobrepõe sempre a importância da existência do fio condutor sólido para sustentar enredo, determinando os moldes do modelo narrativo. Mesmo no Jackie Brown, que não foi escrito por ele, e que tem uma narrativa com um fio condutor bastante vincado e necessário, os momentos de convívio, afirmação e conflito entre as persongens são o sal do filme (com os diálogos vocalizados/vividos por personagens "excêntricas" em primeiro plano, e uns bursts de violência controlada aqui e ali)
«The most interesting characters are the ones who lie to themselves.» - Paul Schrader, acerca de Travis Bickle.

«One is starved for Technicolor up there.» - Conductor 71 in A Matter of Life and Death

Câmara Subjectiva
Post Reply