Údolí včel [inglês: The Valley of the Bees] (1967) - František Vláčil

Discussão de filmes; a arte pela arte.

Moderadores: waltsouza, mansildv

Responder
JoséMiguel
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Mensagens: 3039
Registado: agosto 30, 2011, 9:33 pm
Localização: Lisboa

Údolí včel [inglês: The Valley of the Bees] (1967) - František Vláčil

Mensagem por JoséMiguel » fevereiro 26, 2018, 7:13 pm

Imagem

https://en.wikipedia.org/wiki/The_Valley_of_the_Bees

Sinopse (Wikipedia)
The Valley of the Bees (Czech: Údolí včel) is a 1967 Czechoslovak historical drama film directed by František Vláčil. The boy Ondřej grows to manhood in a harsh religious order, where, with a hint of homoerotic tension, a Teutonic knight and veteran of the crusades becomes his mentor. When Ondřej eventually flees this life to which he was forcibly consigned, settling in the castle of his childhood to marry his father’s young widow, it becomes clear that his unforgiving mentor is prepared to pursue him to the ends of the earth.
Trailer criado por mim

Observação: Este filme é muito diferente, original e esquisito, por isso eu não sabia bem que espécie de trailer haveria de fazer... saiu isto:



Filme aconselhado pelos anciãos do DVD Mania em 2014

Temos de respeitar a malta mais velha, que ia aos cinemas portugueses na década de 1970 (década em que eu nasci), e que escrevem os seus testemunhos:

viewtopic.php?f=11&t=48827&p=598582&hil ... es#p598582

Demorei 4 anos até ver este excelente filme, que eu adorei e que sinceramente gostei muito mais do que o outro filme famoso deste realizador, o "Marketa Lazarová".

Imagem

Mas eu fico à toa, no meu primeiro contacto histórico com a ordem religiosa dos cavaleiros teutónicos. Na verdade julguei que o filme fosse acerca dos templários que dão a cruz às caravelas portuguesas, mas estes terroristas do séc. XIII eram outros talibãs, ainda bem que não tinham ainda a tecnologia para cometer os atentados da AL-Qaeda, pois estes terroristas cristãos eram ainda mais fanáticos e doentios do que o Estado Islâmico. Grr:-)

É curioso que eu vejo nas notícias, os líderes muçulmanos das mesquitas europeias a condenarem o terrorismo islâmico, mas nunca vi nenhum líder católico (como o Santo Padre do Vaticano) a condenar as atrocidades destas ordens religiosas cristãs, ou até da própria Santa Sé. Mas isso será assunto para eu reflectir quando comentar este filme...

Responder