Desabafos... (Off-TopiC)

Discussão de filmes; a arte pela arte.

Moderators: mansildv, waltsouza

Post Reply
Samwise
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 4209
Joined: Thu Feb 19, 2009 9:07 pm
Contact:

Re: Desabafos... (Off-TopiC)

Post by Samwise » Fri Oct 13, 2017 3:17 pm

No Angel wrote:
Fri Oct 13, 2017 9:57 am
Mas esse socialismo que o BE fala é o socialismo democrático europeu, nada tem a ver com ditadura... algumas pessoas parece que se assustam só de ouvir a palavra "socialismo", mas essa palavra tem muitos significados. No contexto atual (e dos últimos anos) referem-se a um socialismo democrático e dentro de uma economia capitalista. É o que a esquerda quer e defende, não é um socialismo comunista... até a China que supostamente é comunista apenas o é no nome, na prática é capitalista. Portanto eu acho que isto tudo é mais semântica que outra coisa sinceramente... o comunismo como sistema económico está morto e enterrado na Europa, e quando falam em socialismo, na prática é como referi na mensagem anterior, as normais medidas da esquerda: mais nacionalizações, maior distribuição da riqueza, impostos mais fortes pros mais ricos, etc, apenas com mais intensidade que um partido de centro-esquerda. Não são essas as medidas que separam a esquerda da direita?

Mas vamos teorizar que o BE ou o PCP conseguiam maioria absoluta no Parlamento: um mandado politico apenas tem 4 anos (o que pra mim não é suficiente pra destruir o capitalismo se esse fosse o objectivo, o que eu não acho que seja, pelo menos da parte do BE), e o Presidente pode dissolver o Parlamento a qualquer momento e convocar novas eleições se vir as coisas a desandar... portanto que hipóteses teriam, em teoria, o PCP e o BE de transformar Portugal num estado comunista em 4 anos (ou menos)? Nenhuma, e não existe nenhum suporte da população pra isso.

De resto, a Grécia por exemplo é governada pelo Syriza, que é um partido de esquerda tipo BE, e continua um país democrático que eu saiba... não houve nenhum ataque à democracia.

Eu acho que o problema aqui é que eu vejo a palavra socialismo com outros olhos, tu parece que ainda vês o socialismo como era no século passado, mas esse morreu na Europa.
Há vários pontos aqui para abordar, sendo que pelo meio não queria perder de vista a questão inicial, que é se o BE o PCP são de esquerda ou de extrema esquerda (e onde fica a fronteira entre uma coisa e outra).

Pegando em primeiro lugar na teorização de um cenário em que o PCP e ou BE chegavam ao poder em Portugal, com uma maioria no parlamento e um governo por sua conta.

Como tu, eu considero que as probabilidades de isso acontecer face à realidade tal como hoje a conhecemos são NULAS, mas ainda assim vale a penajoga este jogo de adivinhação, porque o que é verdade hoje, amanhã é um monte de pó, como a questão da Catalunha vem provar. Não interessa os acordos e compromissos, não interessa o que ficou decidido no passado, não interessa sequer se a forma como se ligitimam as coisas é suportada pela maioria da população catalã ou não, e a questão da Europa é para resolver depois, que primeiro estão os nossos interesses (nossos, dos partidos que estão no poder local, entenda-se).

Tu colocas a questão dos 4 anos de mandato e da hipótese de o presidente dissolver a assembleia e convocar novas eleições. Neste caso, tens de ter em conta que o povo foi soberano na escolha, e que o PCP e o BE, ao quererem afastar-se da democracia e do capitalismo, estariam apenas a cumprir o seu programa. Imagina então que o presidente convoca novas eleições e que o PCP e BE voltam a ganhar. Ao presidente restar-lhe-ia demitir-se. Ao novo presidente, restar-lhe-ia aceitar um governo que foi duas vezes seguidas eleito pelo povo. Agora, 4 anos dá para fazer muita coisa. Nem é necessário 4 anos. Uns meses basta para quebrar todos os acordos estabelecidos por anteriores governos, para cortar com o compromisso europeu e, se a maioria for grande o suficiente, para alterar a constituição de modo a subverter o modelo político e económico. Nem sequer é necessário muita coisa, porque a nossa constituição prevê uma caminhada em direcção ao socialismo. A meio dessa caminhada, e assim como quem não quer a coisa, os outros partido seriam ilegalizados e nos boletins de votos de todas as eleições "democráticas" passariam a haver apenas opções comunistas.

Mas é este o cenário que pretendemos, certo? Uma situação de hipótese em que o PCP e o BE teriam poder suficiente para levarem a cabo os seus programas e teriam o apoio da maioria do povo.

Na minha opinião, tal cenário representaria de facto o fim da democracia e do capitalismo em Portugal.

Em relação às interpretações da palavra socialismo, tens razão, há uma ambiguidade real e há vários contextos de uso que alteram significativamente a sua interpretação prática.

Eu interpreto "socialismo" em tudo o que é comunicação do BE e do PCP com base no modelo Marxista-Leninista, significando uma caminhada em direção o comunismo. Ou seja, acertas quanto dizes que eu vejo esse socialismo como sendo o do "século passado". Não tenho razões nenhumas para considerar que, neste contexto, o significado seja outro. Tenho a convicção que o BE e o PCP suportam mesmo esse modelo, embora com ligeiras variações estruturais (a ver com as várias linhas históricas em que o próprio comunismo se dividiu)

Mas já interpreto "socialismo" de modo diferente no caso do PS, Partido Socialista. O socialismo do PS não pretende avançar em direcção ao comunismo, e embora tenha um modelo econónimo fortemente baseado na intervenção estatal, permite a livre iniciativa e a propriedade privada dos meios de produção no contexto de uma economia de mercado, para além de conviver bem com a democracia e com eleições livres.

Voltando novamente à questão inicial - esta é a fronteira que separa a esquerda a extrema-esquerda. Se implemetnariam um modelo democrático+capitalista ou não. A meu ver não importa muito o que estão a fazer os dois partidos neste momento, no sentido em que isso não implica que alterem o modo de pensar. Tanto o BE como o PCP estão impedidos de impor as suas doutrinas, porque em minoria no parlamento. Apenas podem sugerir algumas medidas (que não alteram em nada o modelo económico estrutural), mas isso não significa que não sejam de extrema esquerda à mesma.

Imagina o PNR. Nem sequer pode propor nada porque não tem assento parlamentar. Mas isso não significa que não sejam de extrema direita.
«The most interesting characters are the ones who lie to themselves.» - Paul Schrader, acerca de Travis Bickle.

«One is starved for Technicolor up there.» - Conductor 71 in A Matter of Life and Death

Câmara Subjectiva

Samwise
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 4209
Joined: Thu Feb 19, 2009 9:07 pm
Contact:

Re: Desabafos... (Off-TopiC)

Post by Samwise » Sat Oct 14, 2017 11:25 am

Não me ocorreu ir olhar para o que está na wikipedia, e não é um local em que confie a 100% quanto a informação isenta e fidedigna, mas creio que neste caso cumpre a função e serve o propósito exemplificativo de que necessito, caso contrário o próprio Bloco de Esquerda já teria alterado a informação que consta sobre o partido:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Bloco_de_Esquerda

No separador à direita, onde está ideologia, refere estas filiacões todas:

- Socialismo democrático
- Anticapitalismo
- Ecossocialismo
- Euroceticismo
- Feminismo

Retirando o "Feminismo", qualquer uma das outras áreas é bastante esclarecedora sobre a perspectiva que o partido tem quanto ao modelo Económico, Social e Político.

Eu sei que o BE é um partido moderno, com uma cara jovem, que parece não ter nada a ver com o Partido Comunista (que é velho, está ultrapassado, e que não larga as ortodoxias que a história já se encarregou de limpar um pouco por todo o mundo, embora estejam escondidas na mensagem que passa), mas o modelo social que pretendem não difere praticamente em nada. A questão do "Socialismo Democrático" aponta para um modo de chegar a esse modelo que é contudo diferente do do PC, na medida em que não é "revolucionário" - não defende uma tomada do poder pela força.

O meu problema é também esse. Não faço ideia de como se implementa uma sociedade em que o estado controla toda a economia, e em que a inicitiva e a propriedade privada não existem, sem ser pela força. Não há casos registados na história desta tipo de sociedade.
«The most interesting characters are the ones who lie to themselves.» - Paul Schrader, acerca de Travis Bickle.

«One is starved for Technicolor up there.» - Conductor 71 in A Matter of Life and Death

Câmara Subjectiva

nimzabo
Especialista
Especialista
Posts: 1800
Joined: Tue Jul 16, 2013 9:16 pm

Re: Desabafos... (Off-TopiC)

Post by nimzabo » Sat Oct 14, 2017 12:45 pm

Hoje dá o Estagiário às 17:30 na SIC

No Angel
Especialista
Especialista
Posts: 1583
Joined: Mon Apr 02, 2012 9:58 pm

Re: Desabafos... (Off-TopiC)

Post by No Angel » Sat Oct 14, 2017 1:04 pm

Samwise wrote:
Sat Oct 14, 2017 11:25 am
Não me ocorreu ir olhar para o que está na wikipedia, e não é um local em que confie a 100% quanto a informação isenta e fidedigna, mas creio que neste caso cumpre a função e serve o propósito exemplificativo de que necessito, caso contrário o próprio Bloco de Esquerda já teria alterado a informação que consta sobre o partido:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Bloco_de_Esquerda

No separador à direita, onde está ideologia, refere estas filiacões todas:

- Socialismo democrático
- Anticapitalismo
- Ecossocialismo
- Euroceticismo
- Feminismo

Retirando o "Feminismo", qualquer uma das outras áreas é bastante esclarecedora sobre a perspectiva que o partido tem quanto ao modelo Económico, Social e Político.

Eu sei que o BE é um partido moderno, com uma cara jovem, que parece não ter nada a ver com o Partido Comunista (que é velho, está ultrapassado, e que não larga as ortodoxias que a história já se encarregou de limpar um pouco por todo o mundo, embora estejam escondidas na mensagem que passa), mas o modelo social que pretendem não difere praticamente em nada. A questão do "Socialismo Democrático" aponta para um modo de chegar a esse modelo que é contudo diferente do do PC, na medida em que não é "revolucionário" - não defende uma tomada do poder pela força.

O meu problema é também esse. Não faço ideia de como se implementa uma sociedade em que o estado controla toda a economia, e em que a inicitiva e a propriedade privada não existem, sem ser pela força. Não há casos registados na história desta tipo de sociedade.
Mas o que sugeres, que estes partidos sejam banidos do parlamento?! Porque eu acho necessário que a esquerda seja representada no parlamento, e o PS sozinho não consegue representar as várias correntes de pensamento da esquerda.

Samwise
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 4209
Joined: Thu Feb 19, 2009 9:07 pm
Contact:

Re: Desabafos... (Off-TopiC)

Post by Samwise » Sat Oct 14, 2017 1:24 pm

nimzabo wrote:
Sat Oct 14, 2017 12:45 pm
Hoje dá o Estagiário às 17:30 na SIC
:mrgreen: yes-)

(por acaso não vi...)
«The most interesting characters are the ones who lie to themselves.» - Paul Schrader, acerca de Travis Bickle.

«One is starved for Technicolor up there.» - Conductor 71 in A Matter of Life and Death

Câmara Subjectiva

Samwise
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 4209
Joined: Thu Feb 19, 2009 9:07 pm
Contact:

Re: Desabafos... (Off-TopiC)

Post by Samwise » Sat Oct 14, 2017 1:37 pm

No Angel wrote:
Sat Oct 14, 2017 1:04 pm
Samwise wrote:
Sat Oct 14, 2017 11:25 am
Não me ocorreu ir olhar para o que está na wikipedia, e não é um local em que confie a 100% quanto a informação isenta e fidedigna, mas creio que neste caso cumpre a função e serve o propósito exemplificativo de que necessito, caso contrário o próprio Bloco de Esquerda já teria alterado a informação que consta sobre o partido:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Bloco_de_Esquerda

No separador à direita, onde está ideologia, refere estas filiacões todas:

- Socialismo democrático
- Anticapitalismo
- Ecossocialismo
- Euroceticismo
- Feminismo

Retirando o "Feminismo", qualquer uma das outras áreas é bastante esclarecedora sobre a perspectiva que o partido tem quanto ao modelo Económico, Social e Político.

Eu sei que o BE é um partido moderno, com uma cara jovem, que parece não ter nada a ver com o Partido Comunista (que é velho, está ultrapassado, e que não larga as ortodoxias que a história já se encarregou de limpar um pouco por todo o mundo, embora estejam escondidas na mensagem que passa), mas o modelo social que pretendem não difere praticamente em nada. A questão do "Socialismo Democrático" aponta para um modo de chegar a esse modelo que é contudo diferente do do PC, na medida em que não é "revolucionário" - não defende uma tomada do poder pela força.

O meu problema é também esse. Não faço ideia de como se implementa uma sociedade em que o estado controla toda a economia, e em que a inicitiva e a propriedade privada não existem, sem ser pela força. Não há casos registados na história desta tipo de sociedade.
Mas o que sugeres, que estes partidos sejam banidos do parlamento?! Porque eu acho necessário que a esquerda seja representada no parlamento, e o PS sozinho não consegue representar as várias correntes de pensamento da esquerda.
Não sugiro nada disso (tanto que assim é, que pontualmente a minha simpatia eleitoral se volta para esses lados, por concordar com algumas propostas que fazem :wink: *), apenas estou a responder às questões que colocaste, que considero muito importantes. Há uma indefinição e um desconhecimento generalizado quanto àquilo que é a estrutura social e ideológica que estas forças políticas defendem. Tens de admitir que pouco ou nada destas noções são difundidas cá para fora. Do PC, ainda assim, lá vamos ouvindo de vez em quando mensagens anti-europeístas, mas quanto a questões de anti-capitalismo tudo o que ouves é o apoio a uma ou outra nacionalização quando cai um banco (ou quando Passos Coelho tentou privatizar o sector dos transportes).

* Nem a propósito, um texto do Louça que é elucidativo da necessidade em termos também esses partidos respresentados na nossa praça democrática:

http://blogues.publico.pt/tudomenosecon ... n__compact
«The most interesting characters are the ones who lie to themselves.» - Paul Schrader, acerca de Travis Bickle.

«One is starved for Technicolor up there.» - Conductor 71 in A Matter of Life and Death

Câmara Subjectiva

nimzabo
Especialista
Especialista
Posts: 1800
Joined: Tue Jul 16, 2013 9:16 pm

Re: Desabafos... (Off-TopiC)

Post by nimzabo » Sun Nov 26, 2017 1:17 pm

Image

Samwise
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 4209
Joined: Thu Feb 19, 2009 9:07 pm
Contact:

Re: Desabafos... (Off-TopiC)

Post by Samwise » Sun Nov 26, 2017 2:10 pm

Ninzabo, isso é um desabafo... :?: (quero dizer, estás a reclamar de alguma coisa em particular?)

Eu só reclamo de não ter mais informação sobre a iniciativa - onde, quando,... e quanto... :-)))
«The most interesting characters are the ones who lie to themselves.» - Paul Schrader, acerca de Travis Bickle.

«One is starved for Technicolor up there.» - Conductor 71 in A Matter of Life and Death

Câmara Subjectiva

nimzabo
Especialista
Especialista
Posts: 1800
Joined: Tue Jul 16, 2013 9:16 pm

Re: Desabafos... (Off-TopiC)

Post by nimzabo » Sun Nov 26, 2017 3:43 pm

É às 3ªs à tarde em Oeiras.
Há todos os anos e costumo publicar no tópico do cinema de borla mas este ano não encontrei o programa completo online.
Penso que deve acabar no fim do ano.

nimzabo
Especialista
Especialista
Posts: 1800
Joined: Tue Jul 16, 2013 9:16 pm

Re: Desabafos... (Off-TopiC)

Post by nimzabo » Fri Dec 08, 2017 12:06 pm


nimzabo
Especialista
Especialista
Posts: 1800
Joined: Tue Jul 16, 2013 9:16 pm

Re: Desabafos... (Off-TopiC)

Post by nimzabo » Thu Dec 21, 2017 6:39 pm

All 17 Cannes Palme d’Or Winners of the 21st Century Ranked
http://www.tasteofcinema.com/2017/all-1 ... ry-ranked/


nimzabo
Especialista
Especialista
Posts: 1800
Joined: Tue Jul 16, 2013 9:16 pm

Re: Desabafos... (Off-TopiC)

Post by nimzabo » Sun Jan 14, 2018 5:30 pm

Rock israelita (do filme One week and a day)


nimzabo
Especialista
Especialista
Posts: 1800
Joined: Tue Jul 16, 2013 9:16 pm

Re: Desabafos... (Off-TopiC)

Post by nimzabo » Sun Feb 04, 2018 10:30 am


Post Reply