Batman V Superman: Dawn of Justice ( 2016 ) - Zack Snyder

Discussão de filmes; a arte pela arte.

Moderadores: mansildv, waltsouza

Responder
Avatar do Utilizador
waltsouza
Moderador
Mensagens: 3698
Registado: março 19, 2005, 8:26 am
Localização: Sobreda, Terra dos cães e dos gatos
Contacto:

Re: Batman V Superman: Dawn of Justice ( 2016 ) - Zack Snyder

Mensagem por waltsouza » março 28, 2016, 8:47 pm


Zack Snyder Talks Christopher Nolan's Input On 'Batman v Superman' Ending, And What's Coming In 'Justice League'


Imagem

**Spoilers ahead** Well, it's Monday morning, and the debate continues to swirl around "Batman v Superman: Dawn Of Justice." It made piles of money this weekend (though it's a far distance from breaking even just yet), and while critics gave it a heavy dose of kryptonite, fanboys and audiences have been far more forgiving of Zack Snyder's attempt to bring two of the biggest DC Comics heroes together in one movie. However, in doing so, the director made a lot of surprise moves including one that was surprisingly kept under wraps until opening day.

He killed Superman.

Yep, the Man Of Steel sacrifices himself in order to destroy Doomsday, and in the process he dies. And chatting with Collider, Snyder reveals he debated going down that road with Christopher Nolan (who has an Executive Producer credit on 'Batman v Superman').

"It was pretty early, and [Christopher] Nolan and I had long conversation about it, a really great, sort of philosophical conversation about it. He was really cool because he played an amazing devil’s advocate about why not to do it, and then in the end was like, ‘No you’re right, it’s better to do it,’ " the director said.

"We had a version that we talked about where [Superman] just—this isn’t it, but where he got frozen and shot into space or something, so he’s kinda gone. Because one of the big things I wanted to make sure of was that as we went into 'Justice League,' Bruce Wayne was the one who was gathering the Justice League," he continued. "I thought it was really important to have Bruce Wayne be the samurai who goes and finds the other samurai, that to me was important. And with Superman around it’s kinda hard, because Superman’s Superman so it’s kinda hard for Bruce to be like, ‘Yeah I wanna put a Justice League together’. It’s like, ‘Okay, but maybe Superman should be doing that. You’re just a guy. You’re a cool guy, don’t get me wrong, but you’re just a guy.’ "

Snyder has already been touting his "Seven Samurai"-style "Justice League," and maybe it's just me, but surely Bruce Wayne could've still led that charge without "killing" Superman? And let's face it, we all know Superman is coming back (the "Inception"-esque final shot says as much) because they wouldn't make a "Justice League" movie without him, so there's not really much in the way of any mystery or stakes to getting rid of the hero to begin with. However, it's all part of Snyder's plan to show that Superman can be weakened, even when he's targeted with a nuclear warhead in outer space.

"I also I felt like, without Superman, there is definitely a vulnerability to the team that they’re gonna need to figure something out, you know? Superman does represent the powerful. He’s the Michael Jordan of heroes, he’s gonna score,” he told EW. "He comes very close to death in space and the reason why we did that is because I wanted to show — and keep the idea in the viewer’s mind – that he can come pretty close to death and the sun can revive him, or he can be revived."

"I felt like there’s a mythological journey for Superman. There’s the birth, death, and resurrection thing. And when you bring him back, who knows what he is when he comes back," he added.

We'll find out how this all plays out when "Justice League Part 1" arrives next year, and Snyder is already hinting that we'll see more characters from the DC Films universe besides the core contingent of Batman, Superman, Wonder Woman, The Flash, Cyborg, and Aquaman. "I thought long and hard about who to bring in, like who the Justice League would be made up of, and to me those are the heavy hitters right now," he told IGN. "Of course, there’s room for some more, and I absolutely had to keep some back for the next little shock of awesomeness. Those guys felt like the guys who needed to surface."

It's probably a safe bet we'll see WB's new Green Lantern get into the mix in "Justice League," before the planned "Green Lantern Corps" movie in 2020.

This is all a lot to take in, so let us know what you think about Snyder's Superman killing ways in the comments section. But first, take a virtual journey around Bruce Wayne's modern home.

http://blogs.indiewire.com/theplaylist/ ... e-20160328

Ribeiro
Fanático
Fanático
Mensagens: 766
Registado: dezembro 31, 2003, 9:31 pm

Re: Batman V Superman: Dawn of Justice ( 2016 ) - Zack Snyder

Mensagem por Ribeiro » março 28, 2016, 8:50 pm

No Angel Escreveu:
Ribeiro Escreveu:
Enquanto filme por si só, é um bom filme de super-heróis (e não duvido que na sua versão extendida seja bem melhor). Há malta que não devia levar as coisas tão a sério (como o filme se leva às vezes) e perceber que isto é literalmente entretenimento.
Não percebi onde queres chegar. Então agora temos que "comer tudo", não podemos ser exigentes com o que consumimos?! Não, o problema do grande publico e mesmo esse, é comer tudo sem pensar e não exigir melhor!

Onde eu quero chegar não é difícil... Muita gente complica quando não faz coisas muito simples como gestão de expectativas ou contextualizar o que vai ver.

Se calhar algumas pessoas foram ver um Batman contra um Superman sem perceber que não iam encontrar Shakespeare filmado por Scorsese.

Há criticas legitimas (eu encontrei vários defeitos) mas misturadas com muitas más gestões de expectativas. Natural (mais em geeks) quando se lida com duas personagens icónicas de um certo universo do imaginário.

Fala-se num mau argumento... num filme que pelos vistos não mostrou cerca de 35% do que foi filmado do argumento. Volto ao exemplo do Kingdom of Heaven, porque desde aí percebi a diferença que más decisões dos produtores tendo em vista questões comerciais (ou uma guerrinha com a concorrente Marvel) podem arruinar a visão de um realizador, toda uma personagem e, obviamente, o argumento.

Claro que TUDO isto nasceu e cresceu CONDICIONADO quando os produtores/na DC quiseram apressar o confronto dos tais ícones, sem antes fazer o devido trabalho de casa. A verdade é que, tirando alguns poucos casos, ninguém se importou por não haver antes um filme deste novo Batman etc... A tal gestão de expectativas era na verdade mal sustentada e até a dobrar: um novo Batman ao mesmo tempo que um confronto épico com o Superman! Claro que muita coisa ficaria imperfeita.

Mas ei... sim, é apenas um filme de super-heróis. Com dois tipos de capa, a voar e a lutar contra monstros gigantes. Não creio que o objectivo deles seja fazer-me pensar sobre questões filosóficas ou necessariamente aprender sobre o sentido da Vida. Mas cada um sabe de si.

Avatar do Utilizador
waltsouza
Moderador
Mensagens: 3698
Registado: março 19, 2005, 8:26 am
Localização: Sobreda, Terra dos cães e dos gatos
Contacto:

Re: Batman V Superman: Dawn of Justice ( 2016 ) - Zack Snyder

Mensagem por waltsouza » março 28, 2016, 8:56 pm

Um dos grandes defeitos que vejo apontados ao filme (entre outros, claro), e atenção que a expetativa é criada pelo título, é o tempo de duração de um confronto entre os dois principais atores (e super-heróis) do filme. São poucos minutos, num filme com 151 minutos. Eu diria que logo nesse ponto a "montanha pariu um rato". :-)))

Ribeiro
Fanático
Fanático
Mensagens: 766
Registado: dezembro 31, 2003, 9:31 pm

Re: Batman V Superman: Dawn of Justice ( 2016 ) - Zack Snyder

Mensagem por Ribeiro » março 28, 2016, 9:03 pm

waltsouza Escreveu:Um dos grandes defeitos que vejo apontados ao filme (entre outros, claro), e atenção que a expetativa é criada pelo título, é o tempo de duração de um confronto entre os dois principais atores (e super-heróis) do filme. São poucos minutos, num filme com 151 minutos. Eu diria que logo nesse ponto a "montanha pariu um rato". :-)))

Naturalmente. Afinal, não fizeram o básico: estabelecer antes pelo menos uma das suas personagens principais (Batman) e motivações neste novo universo e tiveram de passar os primeiros dois terços a justificar o seu confronto através de uma outra personagem central.

Aquele preâmbulo de Bruce Wayne a ver os acontecimentos do Man of Steel é sintomático de um pau a nascer torto e que já não se vai endireitar. São dois filmes num, a pensar nas duas sequelas que ai vêm e ainda por cima com cerca de 40/50 (?) minutos amputados á força. Nem um Superman operaria esse milagre de terminar com um filme escorreito.

THX
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Mensagens: 2030
Registado: janeiro 31, 2013, 11:04 pm
Localização: Invicta

Re: Batman V Superman: Dawn of Justice ( 2016 ) - Zack Snyder

Mensagem por THX » março 29, 2016, 1:03 pm

O problema deste filme é ter muitos problemas. Não vale a pena andar a bater mais no ceguinho.

Ainda assim, e apesar de todo o hate que muita gente tem apregoado por essa net fora, quando sair o BRD vai haver muitas reservas para aquelas edições xpto, e o resto é letra.
Os meus 200 filmes inesquecíveis :
http://www.imdb.com/list/ls077088728/?s ... s077088728

Avatar do Utilizador
waltsouza
Moderador
Mensagens: 3698
Registado: março 19, 2005, 8:26 am
Localização: Sobreda, Terra dos cães e dos gatos
Contacto:

Re: Batman V Superman: Dawn of Justice ( 2016 ) - Zack Snyder

Mensagem por waltsouza » março 29, 2016, 6:23 pm


Batman Vs Superman bate recorde de maior queda de bilheteria nos EUA
Filme perdeu cerca de 50% da arrecadação de sexta para domingo

Imagem

Mesmo com números surpreendentes de seu primeiro fim de semana, Batman Vs Superman: A Origem Da Justiça bateu um recorde que, com certeza, não era esperado por seus produtores ou fãs. O longa tornou-se o filme de herói com maior queda de bilheteria de todos os tempos nos EUA. Para isso, a Forbes comparou os números que a produção conquistou na sexta (25) e domingo (27), constatando uma diminuição de quase 55% de arrecadação.

O longa protagonizado por Ben Affleck (Batman) e Henry Cavill (Superman) está na frente até de Quarteto Fantástico, que perdeu cerca de 48% de arrecadação entre os dois dias. É evidente que o feriado da Páscoa intensificou essa queda. No entanto, se compararmos apenas os valores de sexta e sábado, a nova produção da DC já havia perdido cerca de 38% de bilheteria.

Apesar dos números, é difícil citar seus motivos. Afinal, apesar das duras críticas ao longa, os fãs se mostram bastante satisfeitos com o desenvolvimento da trama. Resta saber se isso afetará o futuro dos filmes da DC e quais serão as mudanças desencadeadas por tal marco.

https://www.cineclick.com.br/noticias/b ... ia-nos-eua

Avatar do Utilizador
MIKI_GOL
Fanático
Fanático
Mensagens: 915
Registado: novembro 5, 2000, 11:23 pm
Localização: Braga City

Re: RE: Re: Batman V Superman: Dawn of Justice ( 2016 ) - Zack Snyder

Mensagem por MIKI_GOL » março 29, 2016, 6:24 pm

waltsouza Escreveu:

Batman Vs Superman bate recorde de maior queda de bilheteria nos EUA
Filme perdeu cerca de 50% da arrecadação de sexta para domingo

Imagem

Mesmo com números surpreendentes de seu primeiro fim de semana, Batman Vs Superman: A Origem Da Justiça bateu um recorde que, com certeza, não era esperado por seus produtores ou fãs. O longa tornou-se o filme de herói com maior queda de bilheteria de todos os tempos nos EUA. Para isso, a Forbes comparou os números que a produção conquistou na sexta (25) e domingo (27), constatando uma diminuição de quase 55% de arrecadação.

O longa protagonizado por Ben Affleck (Batman) e Henry Cavill (Superman) está na frente até de Quarteto Fantástico, que perdeu cerca de 48% de arrecadação entre os dois dias. É evidente que o feriado da Páscoa intensificou essa queda. No entanto, se compararmos apenas os valores de sexta e sábado, a nova produção da DC já havia perdido cerca de 38% de bilheteria.

Apesar dos números, é difícil citar seus motivos. Afinal, apesar das duras críticas ao longa, os fãs se mostram bastante satisfeitos com o desenvolvimento da trama. Resta saber se isso afetará o futuro dos filmes da DC e quais serão as mudanças desencadeadas por tal marco.

https://www.cineclick.com.br/noticias/b ... ia-nos-eua
Não terá sido por ser o domingo de Páscoa???
Luiz Silva
Are you talking to me???

mansildv
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Mensagens: 9406
Registado: fevereiro 25, 2014, 6:30 pm

Re: Batman V Superman: Dawn of Justice ( 2016 ) - Zack Snyder

Mensagem por mansildv » março 29, 2016, 6:29 pm

Ou então o filme já não engana mais ninguém :lol:

Avatar do Utilizador
waltsouza
Moderador
Mensagens: 3698
Registado: março 19, 2005, 8:26 am
Localização: Sobreda, Terra dos cães e dos gatos
Contacto:

Re: RE: Re: Batman V Superman: Dawn of Justice ( 2016 ) - Zack Snyder

Mensagem por waltsouza » março 29, 2016, 6:30 pm

MIKI_GOL Escreveu: Não terá sido por ser o domingo de Páscoa???
Depende se os americanos ligam muito à época da Páscoa, e não vão tanto ao cinema (não sei responder). Seja como for, os produtores já sabiam que o filme ia apanhar o Domingo de Páscoa.

Avatar do Utilizador
MIKI_GOL
Fanático
Fanático
Mensagens: 915
Registado: novembro 5, 2000, 11:23 pm
Localização: Braga City

Batman V Superman: Dawn of Justice ( 2016 ) - Zack Snyder

Mensagem por MIKI_GOL » março 29, 2016, 6:32 pm

waltsouza Escreveu:
MIKI_GOL Escreveu: Não terá sido por ser o domingo de Páscoa???
Depende se os americanos ligam muito à época da Páscoa, e não vão tanto ao cinema (não sei responder). Seja como for, os produtores já sabiam que o filme ia apanhar o Domingo de Páscoa.
Sem dúvida... Mas esta semana vai ser muito importante no que toca a performance da bilheteira... Os miúdos por lá também ainda estão de férias da Páscoa, logo vão mais ao cinema... Vamos ver :)
Luiz Silva
Are you talking to me???

Avatar do Utilizador
waltsouza
Moderador
Mensagens: 3698
Registado: março 19, 2005, 8:26 am
Localização: Sobreda, Terra dos cães e dos gatos
Contacto:

Batman V Superman: Dawn of Justice ( 2016 ) - Zack Snyder

Mensagem por waltsouza » março 29, 2016, 6:45 pm

MIKI_GOL Escreveu:
Sem dúvida... Mas esta semana vai ser muito importante no que toca a performance da bilheteira... Os miúdos por lá também ainda estão de férias da Páscoa, logo vão mais ao cinema... Vamos ver :)
Acho que uma comparação com o "Avengers: Age of Ultron (2015)" é justa. Ambos têm o mesmo orçamento, cerca de 250 milhões de dólares (segundo o boxofficemojo).

Este Batman vs Superman fez menos cerca de 25 milhões de dólares na senama de estreia nos E.U.A comparado com o filme de Joss Whedon. De recordar que o filme que detém a melhor abertura é o primeiro Avengers (2012) com cerca de 207 milhões de dólares nos E.U.A.

lud81
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Mensagens: 5415
Registado: março 16, 2001, 6:56 pm
Localização: Portugal

Re: Batman V Superman: Dawn of Justice ( 2016 ) - Zack Snyder

Mensagem por lud81 » março 30, 2016, 2:25 pm

Olha, eu gostei muito do filme, acho melhor que o Man Of Steel, filme que acho um pouco estéril. Fui com baixas expectativas, porque o trailer não prometia muito, sobretudo o ângulo Wonder Woman, mas que por acaso no filme está bem introduzida.
Este Batman v Superman surpreendeu-me, acho o melhor filme do Snyder desde a sua obra-prima, Watchmen (filme que ele nunca suplantará).
Imagem

mansildv
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Mensagens: 9406
Registado: fevereiro 25, 2014, 6:30 pm

Re: Batman V Superman: Dawn of Justice ( 2016 ) - Zack Snyder

Mensagem por mansildv » março 30, 2016, 2:33 pm

Não aprecio o tipo de currículo que ele está a desenvolver, sempre a apostar no mesmo género de filmes, mas adorei o Watchmen (o único filme que gostei dele) e também o considero uma obra-prima.

THX
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Mensagens: 2030
Registado: janeiro 31, 2013, 11:04 pm
Localização: Invicta

Re: Batman V Superman: Dawn of Justice ( 2016 ) - Zack Snyder

Mensagem por THX » março 30, 2016, 5:41 pm

Eu apenas não o considero um mau filme no seu todo, nem o achei péssimo como muitos outros, mas pessoalmente acho que o MOS supera-o em todas as vertentes, incluindo na parte dos FX.

S P O I L E R A L E R T

Por exemplo, uma das partes que eu mais gostei deste BvS foi logo no inicio quando o Bruce Wayne aparece a fazer gincanas com o seu carro e começa a ver a destruição provocada por aquela enorme nave que estava a "terraformar" o nosso planeta. Toda aquela sucessão de acontecimentos, as imagens da luta, os prédios a ruir, a nave a desaparecer,...enfim, tudo o que também se viu no MOS anteriormente, mas vista agora numa perspectiva diferente, está simplesmente fenomenal salut-) .
Os meus 200 filmes inesquecíveis :
http://www.imdb.com/list/ls077088728/?s ... s077088728

Avatar do Utilizador
waltsouza
Moderador
Mensagens: 3698
Registado: março 19, 2005, 8:26 am
Localização: Sobreda, Terra dos cães e dos gatos
Contacto:

Re: Batman V Superman: Dawn of Justice ( 2016 ) - Zack Snyder

Mensagem por waltsouza » março 30, 2016, 8:41 pm


Batman vs. Super-Homem, ou a crítica vs. os fãs – e a tristeza de Ben Affleck

O blockbuster é "o Donald Trump dos filmes de comics" e a maior estreia mundial de super-heróis – em Portugal, é a segunda estreia do ano. A crítica e os fãs estão outra vez distantes e Affleck já é um meme.

Imagem



A crítica não gostou de Batman vs. Super-Homem, Ben Affleck está triste com isso num vídeo popularíssimo e o filme continua a arrebanhar centenas de milhões nas bilheteiras. Nos últimos dias, é esta a história em torno da estreia de um dos grandes blockbusters do ano – contam-se espingardas no fosso entre a crítica e o público, a Internet brinca e as máquinas registadoras continuam a tinir. Este “é o Donald Trump dos filmes de BD” ou “uma tempestade perfeita” que envolve o ponta-de-lança de uma batalha entre estúdios?

Ben Affleck, o actor que depois de ter ganho um Óscar de Melhor Filme foi trucidado pela Internet quando foi anunciado como o novo Batman, ouve o jornalista falar sobre as más críticas de Batman vs. Super-Homem. Henry Cavill, o Super-Homem, reage com um discurso que nem ouvimos porque Simon e Garfunkel começam a interpretar The sound of silence enquanto a câmara se aproxima de Affleck, silencioso e pesaroso, e que no final da resposta do seu co-protagonista só diz: “Concordo”. Nas primeiras 48h de vida da paródia do utilizador Sabconth à entrevista do Yahoo UK, o vídeo foi visto mais de um milhão de vezes. À hora de publicação desta notícia ultrapassa os 18 milhões de visualizações e já gerou versões infindas com outras músicas (como Atmosphere, dos Joy Division) ou com Affleck ladeado por colegas super-heróis muito mais felizes – Capitão América, Deadpool…



Este último é responsável pela melhor estreia de 2016 em Portugal: um título tido como o antifilme de super-heróis que chamou aos cinemas 112 mil espectadores, segundo dados do Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA). Batman vs. Super-Homem fica-lhe pouco atrás, na segunda posição, com 100 mil espectadores de acordo com a mesma fonte oficial (a NOS, a sua distribuidora, reclamou segunda-feira para o filme o título de “melhor fim-de-semana de abertura de sempre de um filme de super-heróis” – contudo, os 20 mil espectadores que divulga a mais em relação aos números do ICA incluem a estreia em Portugal mas também as de Angola e Moçambique). No mundo inteiro, e até domingo, o filme tinha já arrecadado 378 milhões de euros. É a maior estreia mundial de sempre na bilheteira de um filme de super-heróis.

Batman vs. Super-Homem é o “tipo de filme”, diz o crítico de cinema do PÚBLICO Jorge Mourinha, “que não está tão dependente de uma aprovação da crítica para fazer sucesso”. Está acompanhado por inúmeros êxitos de bilheteira mais ou menos recentes, dos Crepúsculos aos Transformers, passando pelo quarto Indiana Jones ou pelo terceiro Homem-Aranha e mesmo pelo mais antigo Ghost Rider, que não foram elogiados pelos críticos nem particularmente reconhecidos pelo público que vota em sites como o Rotten Tomatoes.

Uma das críticas mais citadas é a de A.O. Scott no New York Times. Um homem que não gostou de Os Vingadores de Joss Whedon, uma adaptação bastante mais elogiada, mas que teve como amor de infância e empatia de adulto Star Wars, e que considera que o filme é como “as alegações iniciais de um julgamento muito longo”; “Snyder usa significantes de importância sem ter nada de importante para dizer”; “o entretenimento é mais um subproduto do que o objectivo”.

Já na Variety, Ramin Setoodeh escreve, na tal alegoria em que Batman vs. Super-Homem é o Trump deste tipo de filmes, “que não há má imprensa que impeça um candidato fracturante de se tornar uma história de sucesso imparável” (na imprensa americana, as referências a Trump, o candidato a candidato republicano à Casa Branca que apesar de ser alvo de muitas críticas e de casos nos média continua a parecer dar voz ao descontentamento público, são muitas sobre o contexto deste caso). E o crítico e fã de comics Alex Abad-Santos considerou no Vox que o filme “é um crime contra quem gosta de comics”.

O crescendo de crispação entre o que o público considera – e paga para ver – e o que a crítica defende tem-se agravado. No Metacritic, o agregador de críticas de profissionais e votos do público, a média da imprensa é de 44 (mista) contra 7,4 dos espectadores (favorável), respectivamente; no Rotten Tomatoes, só 28% dos críticos gostaram, contra 72% do público. No caso de Star Wars: Despertar da Força, e a avaliar pelas mesmas plataformas, a crítica gostou mesmo mais do filme do que os fãs, e com percentagens muito elevadas. O homem-morcego e o homem de Krypton serão então só o mais recente exemplo da “guerra cultural entre a imprensa e o público”, como diz Setoodeh?

Jason Momoa, o próximo Aquaman, sugeriu que era “hipócrita” criticar filmes destes quando não se é um fanboy. Mas nos sites de fãs ou especializados no universo dos comics e dos super-heróis as notícias sobre o tema também são seguidas de comentários com acusações de “haters” ou de parcialidade. Como recorda o Guardian, há fãs que acusam os críticos de estarem a soldo da Marvel Studios (da Disney). O filão dos super-heróis é tão rentável que se tornou numa luta corporativa.

“A Warner está há anos a tentar erguer uma barreira contra a Marvel [Studios] e este filme tem o peso de ser a pedra basilar dessa estratégia”, contextualiza ainda Jorge Mourinha sobre a transferência para o cinema da rivalidade de papel entre a Marvel (X-Men, Quarteto Fantástico, Vingadores, Demolidor, Jessica Jones), comprada pela Disney, e a DC Comics (Aquaman, Flash, Arrow, Gotham), cujos direitos cinematográficos estão com a Warner.

A polémica surge numa “tempestade perfeita”, diz o crítico português, criada também pelos “observadores que querem que estes filmes sejam levados a sério” (na esteira, no caso da Warner, dos Batman intelectualizados de Christopher Nolan), e por uma “indústria que quer o público do entretenimento descartável sem abdicar do público mais adulto”. Ainda assim, o responsável pela distribuição na Warner, Jeff Goldstein, disse aos jornalistas que o filme “não se leva a sério”.

A isto junta-se a “obsessão pelos números – os filmes medem-se mais pelo dinheiro que fazem do que pela sua qualidade”, aponta Jorge Mourinha. Nesse campo, o filme parece ter um desafio à altura dos superpoderes dos seus protagonistas. Foi a quinta maior estreia de sempre nos EUA, mas a Variety noticia que o filme terá custado 250 milhões de dólares a fazer e mais 150 milhões a promover, pelo que terá de recuperar o investimento com receitas de bilheteira (e vendas de direitos televisivos, home video ou merchandising) acima dos 400 milhões, com o número de 800 milhões a ser mencionado pela revista especializada.

Para Michael Cavna, crítico de BD e ilustrador, tudo se resume a “branding”, escreveu no Washington Post. “Hollywood é brilhante a vender-nos um nome que já reconhecemos. Uma familiaridade calorosa pode calar muita crítica." Ou, nas palavras do analista do sector Paul Dergarabedian, “as críticas não importam. O Batsuit e a capa do Super-Homem são feitos de teflon”. No primeiro fim-de-semana, os fãs dos comics ou dos anteriores filmes das personagens são uma espécie de garantia nas salas. Batman e Super-Homem são uma marca, como os remakes são a recuperação de nomes que reconhecemos, ou as sequelas e os spin-offs. O embate entre ambos, além de ser uma história de culto nos comics, é um convite à ida ao cinema.

Depois do pico da estreia, os bilhetes destes filmes continuam a vender-se a quem quer ir ver o mais recente filme de efeitos especiais e aventuras – os espectadores gostarão mais ou menos, mas se os números dos primeiros dias em Portugal são de top, Batman vs. Super-Homem: O Despertar da Justiça estreou-se em 122 salas e no mesmo período fez menos espectadores do que Deadpool, que estava em apenas 64 salas, assinala o Cinemax da RTP. E se a estreia mundial foi fulgurante, a Forbes já cita números que podem ser preocupantes para o futuro, monetariamente falando, do filme: fracos resultados no importante mercado chinês e, sobretudo, a maior quebra de sempre (55%) de um filme de super-heróis entre as sessões de sexta-feira, as primeiras, e as de domingo.

Houve a Páscoa, sim, mas a queda nos números “aponta para a infeliz probabilidade de, fora os fãs da DC Comics, os públicos norte-americanos não gostarem muito do filme”, arrisca a revista, que num outro artigo cita fontes anónimas do sector que falam em boas vendas de bilhetes para visionamentos repetidos.

Segunda-feira foi um dia bom para o filme, apesar de também em queda, e os analistas consideram que Batman vs. Super-Homem vai continuar a ter sucesso. “As boas críticas sustentam um filme” na “quarta ou quinta semana", como descreve o analista de bilheteiras Jeff Bock, e elas são uma raridade. O efeito do passa-palavra pode determinar quão grande será o desfasamento entre os números, as críticas e as opiniões dos fãs nesta história.


Notícia corrigida às 7h44 de 30 de Março: Quarteto Fantástico pertence à Marvel e não à DC


https://www.publico.pt/culturaipsilon/n ... ck-1727488

Responder