Per un pugno di dollari (1964) - Sergio Leone

Discussão de filmes; a arte pela arte.

Moderators: mansildv, waltsouza

rui sousa
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 4153
Joined: September 6th, 2008, 12:05 pm
Location: Lisboa
Contact:

Per un pugno di dollari (1964) - Sergio Leone

Post by rui sousa »

Image

Antes de, na noite de ontem, eu ter tido a oportunidade de contemplar «Por um Punhado de Dólares», a minha pessoa já tinha visto dois grandes épicos de Sergio Leone que, em comum, possuem no seu título a expressão "Once Upon a Time" nas versões originais (e que fantásticos filmes, confesso!). Contudo, apesar do cineasta italiano ter elaborado pouquíssimas obras em toda a sua carreira (ao todo são sete), a quantidade não pode ser sinónimo de qualidade, com cada uma das suas fitas a representar algo de muito especial, tanto no crescimento técnico e artístico de Leone, como também nas diversas mudanças que a Sétima Arte "sofreu" graças ao seu estilo único, original e inconfundível. O seu legado é incomparável, estendendo-se aos mais variados géneros e a muitos realizadores da atualidade (Quentin Tarantino, por exemplo, utiliza algumas técnicas de filmar criadas por Leone nos seus filmes, como no mais recente «Django Libertado», uma homenagem do realizador ao spaghetti-western). Fiquei com uma impressão muito forte de «Aconteceu no Oeste» e «Era Uma Vez na América», revendo regularmente partes destes dois filmes, e o segundo de forma integral já uma meia dezena de vezes. Contudo, foi anteontem a rever o grandioso final de «Aconteceu no Oeste» que me apercebi que estava na altura de pegar na saga do «Homem sem Nome», o personagem que deu a conhecer o Grande Clint Eastwood (uma figura de exceção do Cinema Mundial, quer esteja à frente ou atrás das câmaras) aos quatro cantos do Globo.

Sendo em parte denegrido pelas complicações autorais em que esteve envolvido («Por um Punhado de Dólares» é, em parte, uma cópia em forma de western de «Yojimbo, o Invencível» de Akira Kurosawa - tal como «Os Sete Magníficos», um western de John Sturges, é uma "adaptação" de «Os Sete Samurais» também de Kurosawa, só que no caso do filme de Leone, houve para ali umas ilegalidades metidas...), «Por um Punhado de Dólares» é um filme que, além de proporcionar grandes doses de entretenimento que não pretende apodrecer cérebros pela sua inventividade e ritmo que, mais tarde, começaria a tornar-se uma imagem de marca do Cinema de Leone. «Por um Punhado de Dólares» é um filme que se torna ainda mais interessante numa perspetiva de cinefilia e por ser o primeiro western "esparguetado" do realizador, que é provavelmente o mais representativo do género (eu sei que pouco conheço desta reinvenção italiana dos westerns americanos e que poderão vir, na mente de alguns cinéfilos, mais uns três ou quatro realizadores à memória, mas é muito pouco provável que algum deles tenha conseguido almejar o prestígio e a glória da curta obra de Leone) e que aqui, dá os primeiros passos com sequências absolutamente inesquecíveis e que constituiriam o ponto de avanço para executar obras mestras como as duas que eu já tinha visto. Apesar de não ter uma realização tão artística e pessoal de Leone e ainda algo académica em algumas partes, «Por um Punhado de Dólares» revela ser um bom western que entretém e que não me fez tirar a vista do ecrã. Certos detalhes podem ter ficado ultrapassados pelo tempo, mas este filme ainda vale muito!

«Por um Punhado de Dólares» segue as desventuras de um tremendo pistoleiro (Clint Eastwood) que aproveita a rivalidade entre os Rojo e os Baxter, duas grandes famílias que dominam uma pequena cidade, espalhando o medo na população quando ocorre a competição entre estes dois grupos. O forasteiro Joe (o nome que é atribuído ao "Man With No Name"pelas personagens que o rodeiam neste primeiro filme - epíteto que não é fixo, visto que se altera nas duas sequelas que se lhe seguiram) apercebe-se que, com alguns esquemas engenhosamente montados, poderá adquirir algum proveito para si próprio, metendo-se com as duas famílias das mais diferentes maneiras, auxiliando por vezes a que a tensão entre as mesmas se acentue demasiado. É interessante notar como o filme começa e acaba exatamente no mesmo local. Esta é uma característica comum a milhares de filmes, é certos, mas em «Por um Punhado de Dólares» isso é feito de uma maneira, para mim, diferente: no princípio e no fim temos as duas personagens (Joe e o dono do saloon da cidade, um dos poucos amigos que o pistoleiro conseguirá fazer na cidade), e em ambas as partes da fita há uma frase envolvida, uma queixa por parte da segunda personagem. Foi engraçado (não de uma maneira literal, obviamente) ter ouvido essa frase no princípio do filme e ter suposto o que iria acontecer e que iria envolver esse dito, mas que no final acabou por se suceder de uma maneira algo inesperada, final esse que ficou rematado pela repetição da tal frase. É um pequeno pormenor que, para muitos, poderá não ter qualquer significado, mas que para mim é com estes pequenos pormenores que se fazem os grandes momentos do Cinema.

Gostava apenas de salientar outro pormenor de «Por um Punhado de Dólares», mas que desta vez, se encaixa no nível técnico do filme: a dobragem. Um factor que era comum a muitos filmes italianos (e que hoje é muito criticado e/ou parodiado) é a constante e dessincronizada dobragem das cenas. É algo que conseguimos notar bem em obras como «Ladrões de Bicicletas», onde os poucos atores cujas falas encaixam no sítio certo são difíceis de encontrar. Mas nesta obra de Leone passa-se exatamente o contrário. Isto é, pela versão que eu vi, que se trata da americana, com das poucas vozes originais (se não a única) que vem de algum dos atores do filme é a de Clint Eastwood, e quase todas as dobragens do filme noutros atores são difíceis de associar aos atores que interpretam as personagens. Contudo, o que achei algo impressionante é que apenas estava centrado na figura de Eastwood e em mais nenhuma: o carisma daquela personagem bate qualquer uma das outras. Podem estar todos os atores dobrados e nenhum ser, efetivamente, americano, mas desde que o Homem sem Nome continue a espalhar a sua aura de heroísmo e aventura, isso é o que verdadeiramente interessa. Eastwood foi a milionésima escolha para «Por um Punhado de Dólares», e acabou por ser escolhido por recusas de todos os outros "pretendentes" que lhe antecediam. Mas acho que está aqui uma jogada de Mestre porque, não sendo um filme que se eleve acima do nível "bom", a meu ver, este é um western com certos toques de inovação e que vive sobretudo da sua personagem que, sem precisar de dizer muito ou de se mexer demasiado, preencheu a minha memória de uma forma inesperada. E agora, que venham mais «Dólares»!

* * * *
JoséMiguel
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 3057
Joined: August 30th, 2011, 9:33 pm
Location: Lisboa

Re: Per un pugno di dollari (1964) - Sergio Leone

Post by JoséMiguel »

Excelente texto Rui. Conheço este filme (e os outros 2 da trilogia) desde criança, e quando vi que tinhas feito uma review, já tava naquela de vir dizer qualquer coisa acerca de ser um remake de um filme de samurais japonês, algo que só descobri há um mês atrás, quando vi a versão japonesa. Fiquei surpeendido por dares essa indicação, e por isso nada tenho a acrescentar à tua crítica, a não ser dar os parabéns.

Gostava de ver a versão com idioma original, pois acho que a dobragem baixa a qualidade de qualquer filme, mas infelizmente nunca tive oportunidade.

Aguardo as tuas reviews do outros 2 filmes.
rui sousa
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 4153
Joined: September 6th, 2008, 12:05 pm
Location: Lisboa
Contact:

Re: Per un pugno di dollari (1964) - Sergio Leone

Post by rui sousa »

Obrigado José! :)

Pelo que eu sei a Costa do Castelo editou em Portugal o filme com idioma em italiano, mas eu quis ver em inglês e aproveitei o "empréstimo" de um amigo meu que há muito tempo me dizia para ver a trilogia... quando conseguir um tempinho vejo os dois capítulos seguintes! :)
jimmy
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 2931
Joined: May 18th, 2003, 9:00 pm

Re: Per un pugno di dollari (1964) - Sergio Leone

Post by jimmy »

O audio destes filmes é sempre uma grande mistura. Não existia grande atenção na captura do som , porque toda a gente falava linguas diferentes (italiano , espanhol , americano) e acabavam por dobrar tudo na pós-produção , com direcção do Leone.

É na minha opinião o filme menor da filmografia do Leone. Apesar de ter muito das suas marcas estilísticas , é uma cópia demasiado próxima do Yojimbo para eu o apreciar devidamente. Não deixa de ser um bom filme....mas é uma cópia.

O melhor mesmo foi ter servido de rampa de lançamento do realizador , para fazer os seus filmes , bem como marcar o inicio da forma do Leone , linguagem visual que hoje é vista com enorme reverência por tanta gente.
" Listen, you fuckers, you screwheads. Here is a man who would not take it anymore. A man who stood up against the scum, the cunts, the dogs, the filth, the shit. Here is a man who stood up." Travis Bickle in Taxi Driver
lud81
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 5424
Joined: March 16th, 2001, 6:56 pm
Location: Portugal

Re: Per un pugno di dollari (1964) - Sergio Leone

Post by lud81 »

Concordo com o Jimmy, é o filme menor do Leone. Este não o consigo apreciar a 100% como todos os outros. O estilo Leone ainda não estava a funcionar a 100%.

E também é verdade quanto ao som. A bem dizer não existe um som original.... Na versão em inglês há dobragem, mas se vires a versão em italiano também há, e ver o Clint Eastwood a falar italiano deve ser ainda pior do que ver os outros a falar inglês. Além de que os filmes do Leone são westersn, logo a acção é na América, no Velho Oeste. E duvido muito que se falasse italiano por aquelas partes. :wink:

Mas o For a Few Dollars More é muito melhor que este, e depois as duas grandes obras-primas do western (O Bom o Mau e o Vilão e Aconteceu no Oeste) então arrasam com tudo o resto ao estilo fatality Mortal Kombat. :-)))
Image
katorio
Fanático
Fanático
Posts: 794
Joined: January 17th, 2009, 11:37 pm
Location: Albufeira

Re: Per un pugno di dollari (1964) - Sergio Leone

Post by katorio »

Uma pergunta. Nesta trilogia, qual é mesmo a ordem dos filmes?
Image
User avatar
Cabeças
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 6634
Joined: December 26th, 2000, 9:58 pm
Location: Portugal

Re: Per un pugno di dollari (1964) - Sergio Leone

Post by Cabeças »

katorio wrote:Uma pergunta. Nesta trilogia, qual é mesmo a ordem dos filmes?
http://www.imdb.com/name/nm0001466/?ref_=sr_1#Director
Cabeças
Image
elfaria
Fanático
Fanático
Posts: 943
Joined: January 8th, 2011, 11:50 pm

Re: Per un pugno di dollari (1964) - Sergio Leone

Post by elfaria »

katorio wrote:Uma pergunta. Nesta trilogia, qual é mesmo a ordem dos filmes?
A trilogia dos dólares tem a seguinte ordem: (em português) 1º Por um Punhado de Dólares, 2º Por Mais Alguns Dólares, 3º O Bom o Mau e o Vilão.
O Aconteceu no Oeste não faz parte da trilogia mas há que diga que faz parte de uma segunda trilogia composta por mais o Aguenta-te Canalha e O meu Nome é Ninguém mas tal não parece muito plausível pois além de não terem os mesmos actores tem argumentos totalmente originais.
katorio
Fanático
Fanático
Posts: 794
Joined: January 17th, 2009, 11:37 pm
Location: Albufeira

Re: Per un pugno di dollari (1964) - Sergio Leone

Post by katorio »

Obrigado aos dois, Cabeças e elfaria.

Ando para ver esses filmes há muito tempo (apesar de achar de que os vi quando era criança, logo não conta porque não me lembro), mas confesso que nunca tinha pesquisado sobre eles, e por isso nunca tinha percebido que o "O Bom, o Mau e o Vilão" era o 3º filme da trilogia (título totalmente diferente dos 2 primeiros).

Há 2 dias vi o Once Upon a Time in The West... grande filme mesmo, e aumentou o meu interesse em ver os outros do Leone. Juntando a isso aqui as reviews do rui sousa... ainda mais vontade ganhei!
Image
jimmy
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 2931
Joined: May 18th, 2003, 9:00 pm

Re: Per un pugno di dollari (1964) - Sergio Leone

Post by jimmy »

A ordem é um pouco irrelevante , pois narrativamente pouco os liga (a não ser o protagonista , e o espaço da acção ). E o Bom Mau e Vilão até pode ser visto como umas história que antecede os outros dois filmes (apesar de achar que nada disso era propositado para o Leone) .Talvez o maior interesse de os ver por ordem , é ir assistindo á evolução do Leone como cineasta.
" Listen, you fuckers, you screwheads. Here is a man who would not take it anymore. A man who stood up against the scum, the cunts, the dogs, the filth, the shit. Here is a man who stood up." Travis Bickle in Taxi Driver
JoséMiguel
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 3057
Joined: August 30th, 2011, 9:33 pm
Location: Lisboa

Re: Per un pugno di dollari (1964) - Sergio Leone

Post by JoséMiguel »

A ordem cronológica da trilogia é importante, para apreciar a melhoria/salto de qualidade entre os 3 filmes, pela ordem:

1) Fistfull Of Dollars, o filme tratado neste post, remake do Yojimbo.
2) For a Few Dollars More, introduz o actor Lee Van Cliff, como parceiro velho e sábio do Clint Eastwood, e a música épica do relógio musical, que sempre quis ter como ringtone do meu telemóvel, mas tenho sempre modelos baratuchos que não dã pra transferir mp3 como ringtone. oh-) O filme tem o 2º mais épico duelo da história:



3) O "Grand Finale" do The Good The Bad and The Ugly, que junta os 3 actores Clint Eastwood, Lee Van Cliff e Eli Wallach, num enredo complexo, em plenas batalhas da guerra civil, com o mais épico duelo da história:



Este último clip é 1080p, da versão BluRay, ainda não tenho BluyRay, mas quando tiver, este será o 1º filme que compro.

De resto, os 3 filmes têm as melhores musicas do Ennio Morricone, à excepção do Cinema Paraíso, que é outro estilo musical.

PS: Coloquei estes clips do you tube, a ver se o Rui Sousa morde o isco, e faz boas reviews dos outros 2 filmes, já que o rapaz tem jeito para a escrita. :lol:
Samwise
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 5072
Joined: February 19th, 2009, 9:07 pm
Contact:

Re: Per un pugno di dollari (1964) - Sergio Leone

Post by Samwise »

JoséMiguel wrote:O "Grand Finale" do The Good The Bad and The Ugly, que junta os 3 actores Clint Eastwood, Lee Van Cliff e Eli Wallach, num enredo complexo, em plenas batalhas da guerra civil, com o mais épico duelo da história
O Eastwood pode bem ser a estrela do filme, mas quem rouba o espectáculo sempre que aparece em cena é o Eli Wallach. O Tuco é a personagem mais impagável (literalmente :mrgreen: ) que existe no cinema. Se o filme não valesse nada, só pela sua presença valeria a pena ser visto.
De resto, os 3 filmes têm as melhores musicas do Ennio Morricone, à excepção do Cinema Paraíso, que é outro estilo musical.
Então... então... e o Once Upon a Time in America? :o :?: :?: :?:
«The most interesting characters are the ones who lie to themselves.» - Paul Schrader, acerca de Travis Bickle.

«One is starved for Technicolor up there.» - Conductor 71 in A Matter of Life and Death

Câmara Subjectiva
elfaria
Fanático
Fanático
Posts: 943
Joined: January 8th, 2011, 11:50 pm

Re: Per un pugno di dollari (1964) - Sergio Leone

Post by elfaria »

Once Upon a Time in the West é um caso à parte.É na minha opinião a obra prima de Leone, Tonino Delli Colli e Morricone.
Mas voltando à trilogia; Tuco pode ser um personagem bem "truculento" (a cena da montagem da pistola é magnífica) Van Cleef pode ser diabólicamente cínico, mas o verdadeiro heroi será sempre... o homem sem nome ;-)
JoséMiguel
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 3057
Joined: August 30th, 2011, 9:33 pm
Location: Lisboa

Re: Per un pugno di dollari (1964) - Sergio Leone

Post by JoséMiguel »

Samwise:

1) Epá, nunca fui à bola com o Once Upon in The West, não sei explicar porquê!

2) Eu curto o actor Eli Wallach, mas com a tal dobragem estranha, que o pessoal já referiu aqui, a personagem dele sofre um bocado. Aproveito e refiro um post que fiz duma série, em que ele é o actor principal, numa grande interpretação, personagem oposta desta, para quem estiver interessado (é um episódio de uma serie de antologia inglesa, que está no you tube):

http://forum.dvdmania.org/viewtopic.php ... 62&start=3

Por último queria deixar este excerto de um concerto em veneza, em que o Ennio Morricone dirige a orquestra, a tocar um dos temas do 3º filme da trilogia dos dollars:

PanterA
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 2579
Joined: February 21st, 2012, 12:14 am
Location: Viseu

Re: Per un pugno di dollari (1964) - Sergio Leone

Post by PanterA »

Ao contrário de muitos, prefiro muito mais o For a Few Dollars More que o The Good The Bad and The Ugly. E ainda com uma distância bastante grande entre os dois. :p

Com isto não estou a desprezar a Trilogia, nem tão pouco mais ou menos, porque é uma da minhas preferidas, mas este For a Few Dollars More tem uma certa magia que não consigo por em palavras. Unique!
Post Reply