Cloud Atlas (2012) - Andy e Lana Wachowski & Tom Tykwer

Discussão de filmes; a arte pela arte.

Moderators: mansildv, waltsouza

elfaria
Fanático
Fanático
Posts: 944
Joined: January 8th, 2011, 11:50 pm

Re: Cloud Atlas (2012 )- Andy e Lana Wachowski & Tom Tykwer

Post by elfaria »

Acabei de ver o filme e confesso que não percebi muito da(s) história(s) mas tenho intenção de insistir pois acho que é um bom filme e merece mais uma oportunidade. É um bocado confuso e requer muita atenção para ligar corretamente todas as diferentes histórias. Em termos puramente estéticos é magnífico e banda sonora é lindíssima. Tem também excelentes desempenhos por parte de um naipe de bons atores que se desdobram em vários personagens ficando por vezes quase irreconhecíveis. Vamos ver se depois de uma segunda visualização dá para perceber melhor à semelhança do que me aconteceu com o 2001 :-)))
Samwise
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 5796
Joined: February 19th, 2009, 9:07 pm
Contact:

Re: Cloud Atlas (2012 )- Andy e Lana Wachowski & Tom Tykwer

Post by Samwise »

elfaria wrote:Acabei de ver o filme e confesso que não percebi muito da(s) história(s) mas tenho intenção de insistir pois acho que é um bom filme e merece mais uma oportunidade. É um bocado confuso e requer muita atenção para ligar corretamente todas as diferentes histórias. Em termos puramente estéticos é magnífico e banda sonora é lindíssima. Tem também excelentes desempenhos por parte de um naipe de bons atores que se desdobram em vários personagens ficando por vezes quase irreconhecíveis. Vamos ver se depois de uma segunda visualização dá para perceber melhor à semelhança do que me aconteceu com o 2001 :-)))
É capaz de ser uma tarefa inglória tendo em conta o objectivo a alcançar - porque não há grande ligação particular entre as histórias (o que as liga a este nível é APENAS uma certa ideia de reencarnação - apontado pela marca da estrela cadente -, e o facto de em cada uma delas haver uma personagem que por acaso ganha conhecimento da história que a antecede em termos cronológicos - quer através de um livro, por correspondência, via cinema, etc). Nem no livro este aspecto é tratado de forma diferente ou mais aprofundado - as ligações particulares são ténues e inconsequentes. O que liga as histórias entre si é mais a súmula temática generalista das correntes invisíveis que orientam a humanidade, e das formas/práticas de mal e de bem que dividem os humanos entre predadores e presas.

Mas reconheço que o encaixe/montagem dos planos temporais no filme não favorece nada o seguimento das histórias - seja em que plano for. Dá uma dinâmica interessante ao filme, mas deita a perder em tudo o resto.
«The most interesting characters are the ones who lie to themselves.» - Paul Schrader, acerca de Travis Bickle.

«One is starved for Technicolor up there.» - Conductor 71 in A Matter of Life and Death

Câmara Subjectiva
lud81
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 5428
Joined: March 16th, 2001, 6:56 pm
Location: Portugal

Re: Cloud Atlas (2012 )- Andy e Lana Wachowski & Tom Tykwer

Post by lud81 »

Eu apenas vi o filme uma vez e não tive problemas em acompanhar o desenvolvimento de cada época retratada.
Concordo contigo na análise que fazes do tema do filme e acrescento que é engraçado reparar que as "almas" do filme (chamemos-lhes assim, porque personagens há muitas mas a reencarnação sugere que a alma é a mesma) nas suas diferentes encarnações tendem a ser o mesmo tipo de pessoa, ie, por muitas vezes que reencarnem, por muitas oportunidades que lhes sejam dadas, não aprendem e acabam invariavelmente por ser o mesmo tipo de pessoa. Há algumas excepções, sendo a mais marcante a alma representada pelo Tom Hanks, que se nota um desenvolvimento, um ganho de consciência em vidas no futuro em relação a vidas do passado. Ele começa como vilão mas acaba como uma "alma" melhor no futuro. Já por exemplo o Hugo Weaving é mau como as cobras em todas as suas reencarnações e até parece que piora em vez de melhorar (o Old Georgie é um espectáculo :-))) ). Acho esse um tema interessante da história e para mim a essência do filme (e do livro, que não li).
Eu gostei muito do filme e fico espantado com a "label" que alguns lhe puseram de "pior filme do ano". Pessoalmente, considero um grande regresso dos irmãos Wachowski. Não gostei do Speed Racer. Assim fico expectante quanto ao seu próximo projecto, Jupiter Ascending.
Image
Samwise
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 5796
Joined: February 19th, 2009, 9:07 pm
Contact:

Re: Cloud Atlas (2012 )- Andy e Lana Wachowski & Tom Tykwer

Post by Samwise »

lud81 wrote:
Concordo contigo na análise que fazes do tema do filme e acrescento que é engraçado reparar que as "almas" do filme (chamemos-lhes assim, porque personagens há muitas mas a reencarnação sugere que a alma é a mesma) nas suas diferentes encarnações tendem a ser o mesmo tipo de pessoa, ie, por muitas vezes que reencarnem, por muitas oportunidades que lhes sejam dadas, não aprendem e acabam invariavelmente por ser o mesmo tipo de pessoa. Há algumas excepções, sendo a mais marcante a alma representada pelo Tom Hanks, que se nota um desenvolvimento, um ganho de consciência em vidas no futuro em relação a vidas do passado. Ele começa como vilão mas acaba como uma "alma" melhor no futuro. Já por exemplo o Hugo Weaving é mau como as cobras em todas as suas reencarnações e até parece que piora em vez de melhorar (o Old Georgie é um espectáculo :-))) ). Acho esse um tema interessante da história e para mim a essência do filme (e do livro, que não li).
Eu tenho uma percepção diferente sobre um aspecto em particular disto que apontas: no meu entender apenas há uma alma que reencarna durante o filme, e que é a que está assinalada pelo sinal físico (o advogado, o músico, a jornalista, o editor, a "fabricant" e o selvagem), e que é sempre representada por actores diferentes. Ou seja, o "Tom Hanks" - actor - não tem representação exclusiva sobre uma alma em concreto, embora a sua personagem Zachry seja uma das encarnações desta alma que referi (às vezes nem passa mesmo de um figurante). As outras personagens interpretadas por ele não estabelecem paralelos de reencarnação entre si. Tal como as do Hugo Weaving, mesmo apesar de, no seu caso específico, levar sempre com os vilões. A meu ver esta escolha de colocar os actores a representar personagens diferentes ao longo dos tempos só acrescenta à consfusão no entendimento da história, e dá ao filme um aspecto algo gozão que não está no livro. Quanto ao ganho de consciência... não sei não - ele de facto está a narrar a história toda, mas não sei se esse ganho de consciência não foi originado dentro da sua narrativa, pelos desafios físicos e morais que passou com a "presciente". A mundança psicológica está restrita a essa aventura.

Concordo com a parte do Georgie - a personagem é espectacular - parece um cruzamento entre Keith Richards e Slash :lol: :lol: :lol: - também gostei da enfermeira matrona... :-)))
«The most interesting characters are the ones who lie to themselves.» - Paul Schrader, acerca de Travis Bickle.

«One is starved for Technicolor up there.» - Conductor 71 in A Matter of Life and Death

Câmara Subjectiva
Grande Guru
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 5161
Joined: November 5th, 2001, 1:54 pm

Re: Cloud Atlas (2012 )- Andy e Lana Wachowski & Tom Tykwer

Post by Grande Guru »

Lá vi o filme, e n me é nada fácil falar sobre o mesmo. Não consegui decifrar se o filme é complexo, ou se é simplesmente abstracto.

Terão havido peças do puzzle q não consegui juntar? ou simplesmente a obra foi concebida como um retalho histórico e n é a sua junção/ complementarização das supostamente diferentse histórias que é pretendida?

Na primeira hora de filme, apesar da complexidade, fui-me sentido mto cativado, como se de um enigma se tratasse, com pistas aqui e ali , com mensagens/pormenores, aos quais seria necessário estar mto atento para compreender a coisa.

O problema é q daqui em diante, e ao mesmo ritmo q o filme se ía desenvolvendo, essa "motivação" foi-se diluindo, acabando por desaparecer quase por completo.

Parece ser um flme q predente ser deixado ao critério interpretativo de cada um, se é q existe algum critério lógico de interpretação do mesmo.

É uma obra q até é dificil de explicar a alguém do que se trata. Depois de ver o filme percebi pq é q as sinopses do mesmo são tb tão pouco esclarecedoras do tipo de filme que se trata, pq me parece que o filme em si tb é pouco esclarecedor.

N sei se mais visualizações ajudam a dissipar dúvidas, ou a baralhá-las ainda mais, o que sei, é q n tenho vontade de explorar.

Este é mesmo daqueles q não dá para aconselhar ou desaconselhar.
Samwise
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 5796
Joined: February 19th, 2009, 9:07 pm
Contact:

Re: Cloud Atlas (2012 )- Andy e Lana Wachowski & Tom Tykwer

Post by Samwise »

Grande Guru wrote:Lá vi o filme, e n me é nada fácil falar sobre o mesmo. Não consegui decifrar se o filme é complexo, ou se é simplesmente abstracto.

Terão havido peças do puzzle q não consegui juntar? ou simplesmente a obra foi concebida como um retalho histórico e n é a sua junção/ complementarização das supostamente diferentse histórias que é pretendida?
Há uma ligação entre as seis histórias, sim, o problema é que ela não tem significância narrativa prática (algo que os realizadores tentaram esconder através de uma montagem endiabrada, com saltos frequentes no tempo), nem remete para qualquer complexidade filosófica ou metafísica que nos faça pensar sobre o sentido da vida.
«The most interesting characters are the ones who lie to themselves.» - Paul Schrader, acerca de Travis Bickle.

«One is starved for Technicolor up there.» - Conductor 71 in A Matter of Life and Death

Câmara Subjectiva
Kimosabe
Novato
Posts: 35
Joined: November 1st, 2012, 12:28 am

Re: Cloud Atlas (2012 )- Andy e Lana Wachowski & Tom Tykwer

Post by Kimosabe »

Grande Guru wrote:Lá vi o filme, e n me é nada fácil falar sobre o mesmo. Não consegui decifrar se o filme é complexo, ou se é simplesmente abstracto.

Terão havido peças do puzzle q não consegui juntar? ou simplesmente a obra foi concebida como um retalho histórico e n é a sua junção/ complementarização das supostamente diferentse histórias que é pretendida?

Na primeira hora de filme, apesar da complexidade, fui-me sentido mto cativado, como se de um enigma se tratasse, com pistas aqui e ali , com mensagens/pormenores, aos quais seria necessário estar mto atento para compreender a coisa.

O problema é q daqui em diante, e ao mesmo ritmo q o filme se ía desenvolvendo, essa "motivação" foi-se diluindo, acabando por desaparecer quase por completo.

Parece ser um flme q predente ser deixado ao critério interpretativo de cada um, se é q existe algum critério lógico de interpretação do mesmo.

É uma obra q até é dificil de explicar a alguém do que se trata. Depois de ver o filme percebi pq é q as sinopses do mesmo são tb tão pouco esclarecedoras do tipo de filme que se trata, pq me parece que o filme em si tb é pouco esclarecedor.

N sei se mais visualizações ajudam a dissipar dúvidas, ou a baralhá-las ainda mais, o que sei, é q n tenho vontade de explorar.

Este é mesmo daqueles q não dá para aconselhar ou desaconselhar.

Não conseguiria descrever de melhor forma. Foi precisamente o que fiquei a sentir durante e após o fim do filme. Já o vi há mais de uma semana e até hoje, nem sequer consigo responder à mais básica pergunta de todas: gostei do que vi?

Também comecei o filme bastante interessado, também com a sensação de que tudo caminhava para uma revelação final grandiosa e satisfatória, que todos aqueles "saltos no tempo" tinham uma razão de ser. Não foram poucas as vezes, sobretudo na primeira metade, em que voltei atrás para tentar captar todos os pormenores de cada cena, na ideia de que tudo importava absorver para vir a perceber a sua resolução e no final, embora seja perceptível que existe realmente uma ligação entre as histórias, acabei com o sentimento de que a montanha pariu um rato...

Se calhar parte da culpa até foi minha. Predispus-me perante o filme de forma errada, esperando dele precocemente aquilo que na realidade não tinha para dar. Mas de facto, a estrutura narrativa do filme não é fácil e isso também não ajuda a quem o vê e menos ajuda quando redunda numa resolução cuja reacção que extrai do espectador é um... "meh".

Fiquei pelo menos a perceber a razão da relação de amor/ódio com a crítica e o porquê de não ter conectado com as audiências. Não é à toa que o filme não tem um grande estúdio americano por trás.
Net_Holer
Especialista
Especialista
Posts: 1257
Joined: November 24th, 2009, 1:59 am
Contact:

Re: Cloud Atlas (2012) - Andy e Lana Wachowski & Tom Tykwer

Post by Net_Holer »

Image

Encontrei esta imagem num fórum ali ao lado.
Para quem viu o filme e não entendeu. E para quem entendeu, dá sempre jeito ;)
JRibeiro
Moderador
Posts: 2201
Joined: November 5th, 2008, 7:58 pm

Re: Cloud Atlas (2012) - Andy e Lana Wachowski & Tom Tykwer

Post by JRibeiro »

No livro explicam qual foi o cataclismo que deram o nome de Fall?
‎"You're not your Facebook status. You're not how many friends you have. You're not the smart phone you own. You're not the apps of your phone. You're not your fucking iPad. You're the all-planking, e-consuming crap of the world."
Post Reply