Good Night and Good Luck (2006) - George Clooney

Discussão de filmes; a arte pela arte.

Moderators: mansildv, waltsouza

Post Reply
Laruxz
Entusiasta
Entusiasta
Posts: 281
Joined: March 1st, 2005, 4:38 pm

Good Night and Good Luck (2006) - George Clooney

Post by Laruxz »

Alguém já viu este filme? è bom? Vale a pena ir ver ao cinema :?:
tiagorocha
Entusiasta
Entusiasta
Posts: 156
Joined: November 3rd, 2004, 11:59 pm
Contact:

Post by tiagorocha »

Vale e muito. Um belo filme sobre uma das mais negras páginas da historia dos EUA. Há melhores sobre esta temática, no entanto vale muito a pena.
Nuno Guerreiro
Especialista
Especialista
Posts: 1895
Joined: January 15th, 2001, 3:34 am
Location: Portugal

Post by Nuno Guerreiro »

Eu ja vi e vale muito a pena. Nada de ultra dramatico, mas com um ambiente muito bem representado.
Video: LG OLED55C9PLA, Xbox One S, PS3, Nvidia Shield Android TV 16GB, Wii
Som: Onkyo TX-NR808, Cambridge Audio Azur 640C, Wharfedale Diamond 9.4 / 9 CS / 9.1; BK Gemini; 1mt QED P-75; 3mt QED P-SW; 0.5mt QED Qunex
Thread de Vendas | Feedback
Ao Leo
Entusiasta
Entusiasta
Posts: 224
Joined: February 23rd, 2005, 10:34 am

Post by Ao Leo »

Filme bastante bom.

Boas interpretações (destaco a do actor principal - David Strathairn - e a do actor que faz de pai de Laura Palmer nos Twin Peaks, cujo nome não me ocorre), uma excelente fotografia e uma narrativa com um excelente ritmo, entrecortada com belos momentos musicais. Há ainda o mérito de se conseguir de forma original conciliar imagens reais da época com a narrativa.
Gollum
Fanático
Fanático
Posts: 983
Joined: May 7th, 2003, 6:12 pm
Location: Portugal

Post by Gollum »

Acho que a maior valia do filme é a sua fotografia e a direcção que clooney dá aos actores. Um trabalho fantástico que prova que há actores que têm lugar seguro na cadeira de realização(outro exemplo é Tommy Lee Jones).
O filme é bem conseguido, dá gosto ver e provoca algum pensamento em relação aos eventos tratados e à situação geral dos EUA da actualidade.
It never hurts for potential opponents to think you’re more than a little stupid and can hardly count all the money in your hip pocket, much less hold on to it. --Amarillo Slim on Poker
Laruxz
Entusiasta
Entusiasta
Posts: 281
Joined: March 1st, 2005, 4:38 pm

Post by Laruxz »

ok :-) convenceram-me yes-)
Cinebanco
Fanático
Fanático
Posts: 508
Joined: June 2nd, 2003, 1:02 pm
Location: Laranjeiro - Feijo / Sta Marta do Pinhal
Contact:

Post by Cinebanco »

o filme é todo a preto e branco ou é só o trailer ?
Gollum
Fanático
Fanático
Posts: 983
Joined: May 7th, 2003, 6:12 pm
Location: Portugal

Post by Gollum »

Cinebanco wrote:o filme é todo a preto e branco ou é só o trailer ?
lol, é todo a preto e branco. Espero que isso não te impeça de ver o filme, até porque o preto e branco funciona muito bem na recriação daquele momento televisivo, em especial os próprios programas de Murrow.
It never hurts for potential opponents to think you’re more than a little stupid and can hardly count all the money in your hip pocket, much less hold on to it. --Amarillo Slim on Poker
User avatar
Borreicho
Fanático
Fanático
Posts: 903
Joined: August 28th, 2005, 6:11 pm
Location: Alentejo
Contact:

Post by Borreicho »

É mesmo muito bom. Dá-nos uma boa visão de como o jornalismo se tornou numa poderosa "arma" social e alcançou o lugar que hoje ocupa no nosso quotidiano.

Fui ver ao Vasco da Gama e até me passei. O filme passou todo cheio de interferências no som. Que grande merda!
Image
Takeshi_Kitano
Novato
Posts: 30
Joined: July 1st, 2005, 2:28 pm

Post by Takeshi_Kitano »

Esta segunda experiência de George Clooney na realização surge numa altura especialmente próspera em filmes de intervenção, políticos ou sobre temas ditos fracturantes, e é claramente um dos que mais importa destacar e valorizar. A abordagem é inteligente - concentra quase toda a acção no espaço exíguo e fechado duma estação televisiva, imprimindo assim um ritmo trepidante aos acontecimentos que se sucedem, ao mesmo tempo que cria a ilusão de se estar a assistir quase em tempo real ao desenrolar do fascinante duelo de ideias entre o jornalista Edward R. Murrow e o senador McCarthy, na época da «Caça às Bruxas». Através da objectiva de Clooney, os pequenos dilemas e questões de integridade profissional e de ética com que a equipa de jornalistas da CBS se depara a todo o instante, e que se debatem em pequenas trocas de palavras entre colegas e em intervalos de emissão (que surgem sempre de forma credível e espontânea, numa autenticidade de diálogos que só joga a seu favor), adquirem uma espantosa dimensão universal, na medida em que remetem sempre para valores humanos e políticos que ainda hoje permanecem actuais e, porventura, intemporais. O realizador utiliza como veículo da sua inteligentíssima reflexão política uma reconstituição minuciosa dum acontecimento verídico, quase documental na atenção que tem a todos os pormenores e no cuidado em não manipular os factos para servir qualquer paralelismo com a actualidade.

Na verdade, outro realizador talvez não tivesse resistido à tentação de adoptar tácticas cinematográficas menos sérias, sendo que este projecto poder-se-ia ter tornado muito facilmente num ataque primário e manipulador contra a actual administração Bush - mas Clooney elabora uma narrativa sem concessões e, centrando-se apenas nas motivações e dilemas das suas personagens na realidade dos anos 50, o que se consegue em Boa Noite, e Boa Sorte é uma profunda e honesta análise da sociedade actual. Não só sobre os direitos dos cidadãos, como também sobre a responsabilidade dos media numa sociedade cada vez mais dominada pelo poder da imagem (e palavra) no televisor. E o elemento absolutamente decisivo para a eficácia deste notável feito, é a presença carismática e magnética do actor David Strathairn, que na sua brilhante personificação de Edward R. Murrow consegue transmitir uma imagem de completa honestidade de discurso e compôr uma personagem em que acreditamos sempre, e não uma representação irreal de quaisquer ideais.

A elegância da realização clássica de Clooney consegue criar uma envolvência total do espectador na acção, com fabulosos travellings envoltos em fumo de cigarro e de uma magnífica misé en scene que atinge o seu ponto máximo nas sequências de emissão ao vivo de Murrow, onde este confronta as imagens de arquivo do senador McCarthy nos monitores que se encontram à sua frente. Imagens de arquivo que, em mais uma inteligente decisão artística, compõem a personagem secundária mais memorável do filme. Boa Noite, e Boa Sorte não é, contudo, um filme de carga dramática acentuada, o que para muitos espectadores poderá ser um problema sério. Ainda assim, penso que se encontra sempre bastante próximo das suas personagens, embora seja mais cerebral do que emocional. O que não invalida que neste filme de ideias e ideais, todos os pequenos momentos mais dramáticos sejam apresentados com impacto no plano das emoções - estou-me a lembrar, por exemplo, da belíssima sequência da morte de uma das personagens, em que a câmara de Clooney não abdica do seu registo de sobriedade, e de forma inteligente vai buscar uma canção jazz de Diane Reeves para comentar a acção (algo que acontece outras vezes na narrativa), ao mesmo tempo que, muito serenamente, realça o carácter triste e...emocional da sequência.

Que George Clooney consiga abordar todas as difíceis temáticas de Boa Noite, e Boa Sorte em complexidade, com uma classe e inteligência sempre estimulantes, e ocupando apenas uns sucintos noventa minutos de duração, constitui prova de que, para além de todos os seus méritos enquanto actor, nasceu aqui um cineasta que vale a pena seguir com particular atenção.

Tiago Costa (tiago_costa13@hotmail.com)
http://claquete.blog-city.com
Oblivion
Especialista
Especialista
Posts: 1096
Joined: November 15th, 2000, 2:10 am
Location: Aveiro

Post by Oblivion »

Também gostei bastante do filme ia a pensar que talvez fosse um bocado pesado e fastidioso mas nada disso.

Vê-se muito bem, também graças ao facto de Clooney ter conseguido resistir a fazer um filme de 3 horas.

Muito bom.
PEACE !!!

Bruno Valério
http://osmalucosdabola.blogspot.com/
Image
rui sousa
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 4337
Joined: September 6th, 2008, 12:05 pm
Location: Lisboa
Contact:

Re: Good Night and Good Luck (2006) - George Clooney

Post by rui sousa »

Uma ode à liberdade de expressão e à capacidade e poder do diálogo para a transmissão de ideias, «Boa Noite, e Boa Sorte» é um grande drama político que pega na história real de um dos mais prestigiados jornalistas de sempre, Edward R. Murrow, um homem exemplar, tanto na coragem que teve de descortinar diversas polémicas e verdades escondidas da sociedade americana, como na capacidade de não desistir de defender e promover os ideais e os valores que achava mais corretos dentro da ética jornalística (ou seja, do verdadeiro jornalismo, conceito este que me parece ter ficado meio perdido nos dicionários poeirentos de algumas redações de certas publicações da imprensa, algo notório não só em Portugal, como também a nível internacional...). E esta atitude manteve-se sempre, mesmo nas piores alturas, em que Murrow e seus colegas da estação televisiva CBS arriscaram-se a perder o emprego, e mesmo até se o preço a pagar para se descobrir a verdade tivesse que ser demasiado elevado...

O filme relata um desses casos desta segunda opção: a "batalha" travada entre Murrow e o senador McCarthy, o indivíduo responsável pelo que é conhecido, nos nossos dias, como "Caça às Bruxas", uma época de fanatismo e inteligência saloia que perseguiu o povo americano durante vários anos (e que surtiu efeito em diversas personalidades icónicas do Mundo das Artes - veja-se o caso de Charles Chaplin, acusado - injustamente - de ligações às atividades do partido comunista americano, levando-o a exilar-se do país que lhe deu a fama e a fortuna). Murrow tentou chamar a atenção de um país cujo pensamento ficara "adormecido" pelas investigações e técnicas muito pouco normais do McCarthyismo na "luta" contra o comunismo nos EUA. Uma tentativa que deu certo, e que é ainda recordada hoje em dia, como um dos investigações jornalísticas mais emblemáticas e estudadas do século XX.

«Boa Noite, e Boa Sorte» trata-se de uma espantosa crítica sobre o perigo de se ser honesto e das consequências de se querer descobrir e divulgar a "verdadeira" verdade jornalística. George Clooney realiza um filme exemplar, com o ator David Strathairn a vestir-se da cabeça aos pés desta lenda da televisão que é Edward R. Murrow. Apenas reclamo não ter havido, pelo menos, alguma informação adicional sobre o que se sucedeu após os "confrontos" entre Murrow e McCarthy (fica tudo um pouco superficial), mas além disso, penso que não há mais nada de relevante para criticar. Destaque ainda para a escolha do preto e branco para este filme, fator que assenta muito bem no mesmo, visto que nos recorda, quase num ambiente de "film-noir", uma época que os EUA nunca poderão esquecer...

* * * * 1/2
Kimosabe
Novato
Posts: 35
Joined: November 1st, 2012, 12:28 am

Re: Good Night and Good Luck (2006) - George Clooney

Post by Kimosabe »

Bom filme! Nem de propósito, aqui há poucos dias e já nem me lembro bem porquê, apeteceu-me recordar, mais uma vez, o final deste filme, na cena que recria esse magnífico discurso de Edward Murrow sobre o papel da televisão na sociedade em geral.

Vi este filme uma vez apenas, na altura em que saiu! Mas as palavras recriadas nesta cena, magnificamente recitadas pelo David Strathairn, donas de uma acutilância, perspicácia, inteligência e actualidade incríveis, ficaram comigo, para sempre ressoando na minha memória. Revisito este discurso de tempos a tempos. Contado desta forma, parece que tenho uma "pancada", mas testemunha também sobre quão bom acho este discurso.
(...)if they are right, and this instrument is good for nothing but to entertain, amuse and insulate, then the tube is flickering now and we will soon see that the whole struggle is lost. This instrument can teach, it can illuminate; yes, and it can even inspire. But it can do so only to the extent that humans are determined to use it to those ends. Otherwise it is merely wires and lights in a box. Good night, and good luck.
:-)
Post Reply