Censura no Cinema e TV: Antes e agora...

Discussão de filmes; a arte pela arte.

Moderadores: mansildv, waltsouza

Responder
JoséMiguel
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Mensagens: 3046
Registado: agosto 30, 2011, 9:33 pm
Localização: Lisboa

Re: Censura no Cinema e TV: Antes e agora...

Mensagem por JoséMiguel » abril 19, 2019, 2:29 am

drakes Escreveu:
abril 11, 2019, 4:18 pm
O humorista Danilo Gentili foi condenado a 6 meses e 28 dias de detenção, em regime semiaberto, pelo crime de injúria contra a deputada Maria do Rosário (PT-RS). Segundo a juíza Maria Isabel do Prado, da 5ª Vara Federal Criminal de São Paulo, ao gravar um vídeo em resposta a uma notificação extrajudicial recebida, o humorista ofendeu a dignidade da deputada, chamando-a de "puta".

No vídeo, Gentili abre a notificação extrajudicial recebida pedindo a retirada de conteúdos publicados por ele no Twitter. Ao identificar quem mandou e a profissão de Maria do Rosário, ele esconde com os dedos o início e o fim da palavra deputado, deixado visível apenas "puta". Além disso, ele rasga a notificação, coloca os papéis dentro das suas calças e o remete de volta à Câmara.

Para a juíza, o humorista ultrapassou os limites da ética e da liberdade de expressão, cometendo o crime de injúria. Na sentença, ela afastou os argumentos de Gentili de que não houve dolo em ofender a honra ou a dignidade por se tratar de uma peça humorística.

Segundo Maria Isabel, se não houve intenção de ofender, ele poderia simplesmente ter procurado auxílio jurídico ou discordado da notificação. "Ao revés, não contente com a injúria propalada, resolveu gravar um vídeo com conteúdo altamente ofensivo e reprovável, deixando muita clara a sua intenção de ofender", afirmou a juíza.

Solidariedade
Em mensagem no Twitter, o presidente Jair Bolsonaro se solidarizou com o humorista "ao exercer seu direito de livre expressão e sua profissão, da qual, por vezes, eu mesmo sou alvo". "Mas compreendo que são piadas e faz parte do jogo, algo que infelizmente vale para uns e não para outros", acrescentou. Com informações da Assessoria de Imprensa da Justiça Federal de São Paulo.

https://www.conjur.com.br/2019-abr-11/d ... ia-rosario



discussão aqui:
Comentário a deputadas

Imagem
Cicciolina, actriz porno e deputada do Parlamento Italiano

Conforme eu já o demonstrei em várias ocasiões, possuo uma grande admiração e respeito pelo Drakes e pelo Rui Santos, e tropecei agora nesta troca de palavras onde ambos se comportaram como grandes senhores.

Quando eu era adolescente, nos anos 80, vi no telejornal da RTP, que uma actriz porno foi eleita deputada em Itália. Nessa época seria natural que os homens da geração do meu pai, achassem que ela apenas foi eleita como brincadeira, para gozar e criticar a corrupção política do governo, que era controlado pela Máfia Italiana.

Mas afinal a Puta Cicciolina, que era mesmo Puta e fazia sexo a troco de dinheiro, conforme a noção de Puta (que era paga para o fazer no Cinema), afinal foi uma boa deputada, conforme o que podem ler na Wikipedia, no link abaixo:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Cicciolina

O problema do povo brasileiro (em geral), é ser ignorante a nível político e não ter conhecimento dos erros históricos do Fascismo e Nazismo, um indivíduo culto como o Drakes, será uma excepção no Brasil.

Outro problema no Brasil é considerarem imoral e ofensivo uma mulher (Deputada ou não) ser uma Puta. Na Europa uma Puta é uma profissão honesta, muito mais honesta do que ser política ou vendedora. Os europeus que desaprovam as Putas são os fanáticos religiosos, que não têm qualquer fundamento jurídico ou lógico para criticar as Putas. Esses europeus só têm porcaria na cabeça e fazem mal à sociedade.

Imagem
Deputada do Parlamento Italiano
Filiou-se, em 1979, na Lista del Sole, o primeiro partido ambientalista da Itália. Em 1985 mudou-se para o Partido Radical, fazendo campanha contra a energia nuclear e a OTAN, pelos direitos humanos e contra a fome no mundo. Cicciolina foi eleita para o Parlamento Italiano em 1987, representando o distrito de Lácio de Roma, sendo a segunda candidata mais votada da eleição.

Em 1991, fundou junto com Riccardo Schicchi, Moana Pozzi e Mauro Biuzzi o Partido do Amor. Nas eleições de 1992, o partido recebeu expressiva votação com quase 23 mil votos. Em 1993, nas eleições municipais, Moana Pozzi candidatou-se a prefeitura de Roma recebendo quase 9 mil votos. Após a morte de Moanna Pozzi, em 1994, vitima de um câncer de fígado, o Partido do Amor não disputou mais nenhuma eleição, embora não esteja oficialmente desativado. Cicciolina foi sua presidente no ano de 1992.

Em 2012, Cicciolina fundou o Partido DNA (Democracia, Natureza e Amor), juntamente com o advogado Lucca di Carlo, para concorrer as eleições estaduais de 2013, não conseguindo a sua re-eleição ao parlamento. Em seguida, Cicciolina filiou-se ao Partido Liberal Italiano. (Wikipedia)
Na Europa uma Puta torna-se deputada, mas no Brasil um humorista vai preso por chamar de puta a uma deputada, que provavelmente será uma má pessoa, apenas pelo facto de mandar prender um jornalista, essa deputada brasileira julga que é a PIDE ou a Gestapo...

Num belo dia no futuro, o povo brasileiro deixará de ser fanático religioso Católico, e o Vaticano será visto como um inimigo político do Povo, conforme o que se passou em Portugal e em Espanha, após as quedas dos regimes fascistas-religiosos português e espanhol.

Mas esse dia ainda está longe, e por causa disso a América Latina ainda permanece uma região que aceita que alguém vai preso por chamar de puta a uma deputada... E por isso a América do Sul, é composta por países da treta, que pertencem ao 3º mundo, onde um jornalista vai preso por chamar de Puta a uma deputada.

Samwise
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Mensagens: 4924
Registado: fevereiro 19, 2009, 9:07 pm
Contacto:

Re: Censura no Cinema e TV: Antes e agora...

Mensagem por Samwise » abril 19, 2019, 11:09 am

Eu desprezo o Bolsonaro por tudo o que representa, mas tiro-lhe o chapéu por esta pequena tentativa de defesa da Liberdade de Expressão.

Não alinho é no esquema habitual do José Miguel de pegar na parte e acusar o todo como lhe convém, e também em distorcer (novamente) factos históricos.

No meio de tudo ainda dá para rir com algumas coisas, como por exemplo esta:
Outro problema no Brasil é considerarem imoral e ofensivo uma mulher (Deputada ou não) ser uma Puta. Na Europa uma Puta é uma profissão honesta, muito mais honesta do que ser política ou vendedora. Os europeus que desaprovam as Putas são os fanáticos religiosos, que não têm qualquer fundamento jurídico ou lógico para criticar as Putas. Esses europeus só têm porcaria na cabeça e fazem mal à sociedade.
«The most interesting characters are the ones who lie to themselves.» - Paul Schrader, acerca de Travis Bickle.

«One is starved for Technicolor up there.» - Conductor 71 in A Matter of Life and Death

Câmara Subjectiva

drakes
Especialista
Especialista
Mensagens: 1956
Registado: junho 10, 2015, 11:44 pm

Re: Censura no Cinema e TV: Antes e agora...

Mensagem por drakes » abril 19, 2019, 5:11 pm

JoséMiguel Escreveu:
abril 19, 2019, 2:29 am

Na Europa uma Puta torna-se deputada, mas no Brasil um humorista vai preso por chamar de puta a uma deputada, que provavelmente será uma má pessoa, apenas pelo facto de mandar prender um jornalista, essa deputada brasileira julga que é a PIDE ou a Gestapo...

Num belo dia no futuro, o povo brasileiro deixará de ser fanático religioso Católico, e o Vaticano será visto como um inimigo político do Povo, conforme o que se passou em Portugal e em Espanha, após as quedas dos regimes fascistas-religiosos português e espanhol.

Mas esse dia ainda está longe, e por causa disso a América Latina ainda permanece uma região que aceita que alguém vai preso por chamar de puta a uma deputada... E por isso a América do Sul, é composta por países da treta, que pertencem ao 3º mundo, onde um jornalista vai preso por chamar de Puta a uma deputada.
Agradeço as palavras, José Miguel, mas existe uma diferença grande entre Brasil e Europa, talvez Salazar seja o melhor exemplo, aqui Getúlio é abraçado como líder nacionalista por uns, inclusive elogiado pelos candidatos de "esquerda " que ficaram em segundo e terceiro, sendo que o primeiro (o presidente) como é notório apoia a ditadura militar, aí de quem dizer que os dois regimes tem semelhanças com fascismo %-)

Quanto o aspecto religioso, o próprio PT , partido mais forte da esquerda. tem entre seu grupo fundador forte seguimento da Igreja Católica, mas posso estar enganado, porém me parece que a sentença foi mais como outros atos de tentar salvar a dignidade do cargo, como, também, foi a censura feita pelo Ministro do Supremo Tribunal Federal a uma revista, seguindo a interpretação dada no caso que publicou ou extrapolando passou no cinema se for retirada por autoridade competente é um fato democrático (2), portanto censura no Brasil deveria ter uma redefinição do que seja.

No caso do Ministro do STF, ele usou o regimento interno do referido Tribunal em seu artigo 43, in verbis abaixo:
"Art. 43. Ocorrendo infração à lei penal na sede ou dependência do Tribunal, o Presidente instaurará inquérito, se envolver autoridade ou pessoa sujeita à sua jurisdição, ou delegará esta atribuição a outro Ministro."

Em sua interpretação, o presidente do judiciário entende que os ministros encarnam o próprio tribunal, portanto qualquer ato que considerem atentatório, podem abrir investigação contra o terceiro, sendo que o juiz do caso irá investigar e depois condenar em ato sigiloso, em suma um exemplo de sistema inquisitório.

Claro que o Toffoli conseguiu apoio dos bispos e cardeais da CNBB, já que seu irmão padre José Carlos Toffoli foi secretário da referida instituição, enquanto isso o "juiz natural" eh-) Alexandre de Moraes estará em Portugal (3), tenho certeza que não ouvirá críticas, só elogios.

Tanto o humorista quanto a revista podem ser considerados de uma das facções do pensamento da nova direita, por isso as velhas instituições pesem tanto já que o grupo que pensa igual tem um desprezo latente por elas.

(1) https://www.nsctotal.com.br/noticias/en ... censura-do
(2) “Não existe censura quando a decisão é a posteriori. Quando é a posteriori, não existe censura. E o poder de cautela é inerente ao Poder Judiciário. Não há mordaça, não há”. Dias Toffoli
https://politica.estadao.com.br/blogs/f ... z-toffoli/
(3) https://forumjuridicodelisboa.com/palestrantes/

No Angel
Especialista
Especialista
Mensagens: 1814
Registado: abril 2, 2012, 9:58 pm

Re: Censura no Cinema e TV: Antes e agora...

Mensagem por No Angel » abril 19, 2019, 5:25 pm

drakes Escreveu:
abril 19, 2019, 5:11 pm
JoséMiguel Escreveu:
abril 19, 2019, 2:29 am

Na Europa uma Puta torna-se deputada, mas no Brasil um humorista vai preso por chamar de puta a uma deputada, que provavelmente será uma má pessoa, apenas pelo facto de mandar prender um jornalista, essa deputada brasileira julga que é a PIDE ou a Gestapo...

Num belo dia no futuro, o povo brasileiro deixará de ser fanático religioso Católico, e o Vaticano será visto como um inimigo político do Povo, conforme o que se passou em Portugal e em Espanha, após as quedas dos regimes fascistas-religiosos português e espanhol.

Mas esse dia ainda está longe, e por causa disso a América Latina ainda permanece uma região que aceita que alguém vai preso por chamar de puta a uma deputada... E por isso a América do Sul, é composta por países da treta, que pertencem ao 3º mundo, onde um jornalista vai preso por chamar de Puta a uma deputada.
Agradeço as palavras, José Miguel, mas existe uma diferença grande entre Brasil e Europa, talvez Salazar seja o melhor exemplo, aqui Getúlio é abraçado como líder nacionalista por uns, inclusive elogiado pelos candidatos de "esquerda " que ficaram em segundo e terceiro, sendo que o primeiro (o presidente) como é notório apoia a ditadura militar, aí de quem dizer que os dois regimes tem semelhanças com fascismo %-)

Quanto o aspecto religioso, o próprio PT , partido mais forte da esquerda. tem entre seu grupo fundador forte seguimento da Igreja Católica, mas posso estar enganado, porém me parece que a sentença foi mais como outros atos de tentar salvar a dignidade do cargo, como, também, foi a censura feita pelo Ministro do Supremo Tribunal Federal a uma revista, seguindo a interpretação dada no caso que publicou ou extrapolando passou no cinema se for retirada por autoridade competente é um fato democrático (2), portanto censura no Brasil deveria ter uma redefinição do que seja.

No caso do Ministro do STF, ele usou o regimento interno do referido Tribunal em seu artigo 43, in verbis abaixo:
"Art. 43. Ocorrendo infração à lei penal na sede ou dependência do Tribunal, o Presidente instaurará inquérito, se envolver autoridade ou pessoa sujeita à sua jurisdição, ou delegará esta atribuição a outro Ministro."

Em sua interpretação, o presidente do judiciário entende que os ministros encarnam o próprio tribunal, portanto qualquer ato que considerem atentatório, podem abrir investigação contra o terceiro, sendo que o juiz do caso irá investigar e depois condenar em ato sigiloso, em suma um exemplo de sistema inquisitório.

Claro que o Toffoli conseguiu apoio dos bispos e cardeais da CNBB, já que seu irmão padre José Carlos Toffoli foi secretário da referida instituição, enquanto isso o "juiz natural" eh-) Alexandre de Moraes estará em Portugal (3), tenho certeza que não ouvirá críticas, só elogios.

Tanto o humorista quanto a revista podem ser considerados de uma das facções do pensamento da nova direita, por isso as velhas instituições pesem tanto já que o grupo que pensa igual tem um desprezo latente por elas.

(1) https://www.nsctotal.com.br/noticias/en ... censura-do
(2) “Não existe censura quando a decisão é a posteriori. Quando é a posteriori, não existe censura. E o poder de cautela é inerente ao Poder Judiciário. Não há mordaça, não há”. Dias Toffoli
https://politica.estadao.com.br/blogs/f ... z-toffoli/
(3) https://forumjuridicodelisboa.com/palestrantes/
Aqui em Portugal também existem alguns "saudosistas" do Salazar infelizmente... e não foi só o Salazar, o Marcelo Caetano também foi ditador, apesar de falarem menos dele. E na verdade a ditadura portuguesa nem começou com Salazar, mas sim com o golpe de 1926... Portugal viveu em ditadura de 1926 a 1974! Foi um terror! E pensar que ainda há gente que defende a ditadura, ou tenta atenua-la com "ai mas o Salazar deixou as contas em dia"...

drakes
Especialista
Especialista
Mensagens: 1956
Registado: junho 10, 2015, 11:44 pm

Re: Censura no Cinema e TV: Antes e agora...

Mensagem por drakes » abril 19, 2019, 5:33 pm

Samwise Escreveu:
abril 19, 2019, 11:09 am
Eu desprezo o Bolsonaro por tudo o que representa, mas tiro-lhe o chapéu por esta pequena tentativa de defesa da Liberdade de Expressão.
Bolsonaro finalmente deu boa declaração, o que não é comum.

drakes
Especialista
Especialista
Mensagens: 1956
Registado: junho 10, 2015, 11:44 pm

Re: Censura no Cinema e TV: Antes e agora...

Mensagem por drakes » junho 2, 2019, 6:46 pm

Rusia censura 'Rocketman': se han eliminado las escenas con contenido homosexual y consumo de estupefacientes


https://www.espinof.com/otros/rusia-cen ... efacientes

"Es sumamente triste —por no decir lamentable— tener que comentar este tipo de noticias en pleno siglo XXI, pero a raíz de sus proyecciones para prensa en Rusia, hemos conocido que 'Rocketman', el biopic musical de Dexter Fletcher centrado en la vida del controvertido Elton John, ha sido mutilada por la censura de la distribuidora local Central Partnership."

drakes
Especialista
Especialista
Mensagens: 1956
Registado: junho 10, 2015, 11:44 pm

Re: Censura no Cinema e TV: Antes e agora...

Mensagem por drakes » julho 18, 2019, 9:34 pm

No discurso de 200 dias do governo, Jair Bolsonaro disse que o dinheiro público não pode mais ser usado para bancar filmes que, segundo ele, contrariam o “respeito com as famílias”.

“Com o Osmar Terra [ministro da Cidadania] fomos a um canto e nos acertamos. Eu não posso admitir que com o dinheiro público se faça um filme como Bruna Surfistinha. Não temos problema com essa opção ou aquela. O ativismo que não podemos permitir, em respeito com as famílias”, disse.

https://www.oantagonista.com/brasil/nao ... bolsonaro/

Falar o quê, elegeram...

drakes
Especialista
Especialista
Mensagens: 1956
Registado: junho 10, 2015, 11:44 pm

Re: Censura no Cinema e TV: Antes e agora...

Mensagem por drakes » julho 19, 2019, 5:38 pm

air Bolsonaro confirmou hoje que a possibilidade de extinção da Ancine está sobre a mesa.

O presidente reiterou que pretende transferir a sede da agência para Brasília. Só não está definido ainda se o órgão, caso seja mantido em funcionamento, continuará sob a alçada do Ministério da Cidadania.

“Vai ter um filtro, sim. Já que é um órgão federal, se não puder ter filtro, nós extinguiremos a Ancine. Privatizaremos ou extinguiremos”, afirmou Bolsonaro.

https://www.oantagonista.com/brasil/se- ... bolsonaro/

filtro, sei...

Avatar do Utilizador
Rui Santos
Site Admin
Mensagens: 5801
Registado: junho 4, 2001, 11:42 pm
Localização: Portugal - Lisboa / MAC
Contacto:

Re: Censura no Cinema e TV: Antes e agora...

Mensagem por Rui Santos » julho 19, 2019, 5:47 pm

Acredito que deva ser dificil viver com um presidente como Bolsonaro, mas para ter sido eleito o povo estava mesmo cheio da corrupção que infelizmente parece afetar todos os partidos no Brasil.

Fiquei absolutamente espantado com a reação dele à morte de João Gilberto... ""Uma pessoa conhecida. Nossos sentimentos à família"... alguém que é só responsável por todo o poder que a música brasileira tem no mundo... (ele e outros como é natural, mas ele era o "Pai")
Isto diz muito de uma pessoa... espero que o povo consiga manter o pensamento livre apesar deste presidente.
https://entretenimento.uol.com.br/notic ... lberto.htm

Confesso-te Drakes que é por vezes difícil para mim compreender o Brasil sem ai viver.
Rui Santos - 49 Anos | 17 Anos DVDMania
DVD/BR | Jogos | Life is Short, Play More | FB DVDMania | FB Collectors HV-PT

drakes
Especialista
Especialista
Mensagens: 1956
Registado: junho 10, 2015, 11:44 pm

Re: Censura no Cinema e TV: Antes e agora...

Mensagem por drakes » julho 21, 2019, 5:57 pm

Rui Santos Escreveu:
julho 19, 2019, 5:47 pm
Acredito que deva ser dificil viver com um presidente como Bolsonaro, mas para ter sido eleito o povo estava mesmo cheio da corrupção que infelizmente parece afetar todos os partidos no Brasil.

Fiquei absolutamente espantado com a reação dele à morte de João Gilberto... ""Uma pessoa conhecida. Nossos sentimentos à família"... alguém que é só responsável por todo o poder que a música brasileira tem no mundo... (ele e outros como é natural, mas ele era o "Pai")
Isto diz muito de uma pessoa... espero que o povo consiga manter o pensamento livre apesar deste presidente.
https://entretenimento.uol.com.br/notic ... lberto.htm

Confesso-te Drakes que é por vezes difícil para mim compreender o Brasil sem ai viver.
Para qualquer um é difícil compreender o Brasil, infelizmente.

drakes
Especialista
Especialista
Mensagens: 1956
Registado: junho 10, 2015, 11:44 pm

Re: Censura no Cinema e TV: Antes e agora...

Mensagem por drakes » julho 23, 2019, 3:56 pm

Hollywood in India: What's Really Bothering American Films in the Country


https://www.news18.com/news/movies/dire ... 40643.html

---------------------------
'New film classifications will reduce censorship'

https://www.nst.com.my/news/nation/2019 ... censorship

Pelo artigo descobre-se 1ue foram banidos na Malasia, os seguintes filmes: Padmaavat; Iruttu Arayil Murattu Kuthtu; Love, Simon; A Fantastic Woman; Bilal; 18.05.2009; and The Happytime Murders.

drakes
Especialista
Especialista
Mensagens: 1956
Registado: junho 10, 2015, 11:44 pm

Re: Censura no Cinema e TV: Antes e agora...

Mensagem por drakes » agosto 7, 2019, 12:21 am

Em sua entrevista coletiva de hoje, Otávio Rêgo Barros, o porta-voz da Presidência, respondeu a uma pergunta sobre o apelo de Wilson Witzel para que Jair Bolsonaro mantenha a Ancine no Rio.

“É muito importante que o produto da Ancine esteja alinhado com o sentimento da maioria da nossa sociedade. Um sentimento de dever, de cultura adequada, um sentimento cristão”, declarou Rêgo Barros.

Bolsonaro já disse que pretende mudar a sede da agência de fomento do Rio para Brasília e que suas atividades precisam ter “filtro”, já que se trata de um órgão federal.

“Se não puder ter filtro, nós extinguiremos a Ancine. Privatizaremos ou extinguiremos. Não pode dinheiro público ser usado para fins pornográficos”, afirmou o presidente no mês passado.
https://www.oantagonista.com/cultura/an ... porta-voz/

drakes
Especialista
Especialista
Mensagens: 1956
Registado: junho 10, 2015, 11:44 pm

Re: Censura no Cinema e TV: Antes e agora...

Mensagem por drakes » agosto 13, 2019, 9:20 pm

a esteira das críticas que o presidente Jair Bolsonaro tem feito à Ancine, um edital para seleção de projetos de audiovisual em longa-metragem lançado pela BB DTVM, gestora de fundos de investimentos do Banco do Brasil, questiona o propositor sobre a existência de cenas de nudez ou sexo explícito nos filmes que buscam patrocínio da empresa via Lei do Audiovisual. “Serão exibidas cenas de nudez ou sexo explícito?”, questiona a inscrição. Além dessa, o documento ainda traz outras perguntas que estão no bojo de críticas e polêmicas nas quais o governo Bolsonaro já se envolveu, como “a obra tem cunho religioso ou político?” e “a obra faz referência a crimes, drogas, prostituição ou pedofilia?”.

Para o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, o edital é uma tentativa de censura por parte do governo. “É um absurdo o governo usar o Banco do Brasil para aplicar esta clara tentativa de censurar, através da força do dinheiro, o cinema brasileiro. Se um filme aborda uma temática relacionada a uma religião diferente da do presidente, não poderá ser realizado?”, disse ao UOL o secretário de Assuntos Jurídicos da entidade, João Fukunaga. O sindicalista lembra que vários filmes brasileiros com cenas de nudez já foram premiados internacionalmente e que, além de atentar contra o estado laico, a postura do governo e da direção do banco é equivocada. A reportagem do UOL enviou e-mail com pedido de posicionamento para a assessoria de imprensa do Banco do Brasil, mas não obteve resposta até a publicação deste texto.

https://br18.com.br/edital-de-filme-per ... z-ou-sexo/

Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região = pt

drakes
Especialista
Especialista
Mensagens: 1956
Registado: junho 10, 2015, 11:44 pm

Re: Censura no Cinema e TV: Antes e agora...

Mensagem por drakes » agosto 22, 2019, 7:04 pm

Henrique Pires deixa o cargo após o governo suspender edital para obras com temática LGBT

O secretário nacional de Cultura, Henrique Pires, pediu demissão ao ministro da Cidadania, Osmar Terra, por não concordar com atos de censura do governo Bolsonaro que atingem obras com conteúdo LGBT.
A secretaria que Pires comandava é subordinada ao Ministério da Cidadania. Após o governo publicar no Diário Oficial desta quarta-feira 21 uma portaria cancelando o processo de seleção de séries com temática LGBT pré-selecionadas para um edital para TVs públicas, o secretário pediu para deixar o cargo.
cont
https://www.cartacapital.com.br/politic ... ies-lgbts/

Responder