Pancadas de colecionador

Todos os assuntos relativos ao home cinema que não se enquadrem nos restantes fóruns.
rui sousa
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 3753
Joined: Sat Sep 06, 2008 12:05 pm
Contact:

Re: Pancadas de colecionador

Post by rui sousa » Tue Oct 17, 2017 5:07 pm

athenas wrote:
Tue Oct 17, 2017 5:06 pm
Outra das coisas que me irrita!!! esqueci-me e não tem nada a ver.
Porque raio a abreviatura de Blu-Ray é BD... eu sei é Blu Ray Disk... mas em Português BD é Banda Desenhada.
Por mim ou fica DA (Disco Azul) ou então é BR. Confusão grr-)
Por essa ordem de ideias também mudarias o DVD para DDV?
não, porque em português também faz sentido dizer Disco Versátil Digital. yes-)

User avatar
Rui Santos
Site Admin
Posts: 5254
Joined: Mon Jun 04, 2001 11:42 pm
Location: Portugal - Lisboa / MAC
Contact:

Re: Pancadas de colecionador

Post by Rui Santos » Tue Oct 17, 2017 8:07 pm

athenas wrote:
Tue Oct 17, 2017 5:06 pm
Outra das coisas que me irrita!!! esqueci-me e não tem nada a ver.
Porque raio a abreviatura de Blu-Ray é BD... eu sei é Blu Ray Disk... mas em Português BD é Banda Desenhada.
Por mim ou fica DA (Disco Azul) ou então é BR. Confusão grr-)
Por essa ordem de ideias também mudarias o DVD para DDV?
Eu estava a brincar no último ponto. Nada contra as siglas em inglês, mas em Pt faz pouco sentido usar a sigla BD, pois BD está muito conotada à Banda Desenhada.
Basta veres neste fórum a quantidade de vezes que vês escrito BR, e no FB... é mato. Raramente alguém diz comprei um BD novo.
DA é apenas humor. Ninguém escreve comprei um DA novo... :-)))
Rui Santos - 47 Anos | 16 Anos DVDMania
DVD/BR | Jogos | Life is Short, Play More | Facebook DVDMania

Helder Fialho
Novato
Posts: 11
Joined: Sun Oct 15, 2017 2:10 am
Location: Évora

Re: Pancadas de colecionador

Post by Helder Fialho » Wed Oct 25, 2017 2:01 am

Não sou um coleccionador :p mas tenho algumas pancadas (não muitas :p ).

- A organização dos DVDs. Não sou tão meticuloso e quase obsessivo com os DVDs como sou com os livros mas gosto de tê-los alinhados de uma determinada forma. Já tive duas durante uns tempos mas ontem fiz outra alteração e esta vai ser a forma definitiva daqui para a frente. Da esquerda para a direita, primeiro tenho as trilogias (completas e por completar), depois todos os filmes do realizador X, seguido de todos os filmes do realizador Y. São casos de filmes de realizadores em que quero ter mais do que um da sua obra. Aqui também tenho uma ordem: primeiro os norte-americanos, depois os de outros países da Europa, depois os portugueses (só mesmo porque, até agora, os filmes portugueses que quero ter em DVD são poucos e quero que a ordem seja dos que quero em maior quantidade dos que quero em menor quantidade) e, por último, planeio colocar os asiáticos e os da América Central e do Sul e Árabes (Abbas Kiarostami e Asghar Farhadi, essencialmente). A última secção dos meus DVDs de filmes é a de filmes de realizadores que, em princípio, só quero ter dois ou três filmes deles. Depois tenho os DVDs de concertos. Aí tenho juntos só os de música electrónica, jazz e casos em que tenho mais do que um DVD de concerto de uma banda em que coloco-os todos ao lado uns dos outros por ordem cronológica.


- As capas dos DVDs de filmes. Aqui sou muito muito esquisito. Sou assim com os DVDs e sou assim com os livros. Mesmo tratando-se de filmes que quero ter em DVD e mesmo que os discos tenham muitos extras bons, se eu não gostar da capa, não compro. São poucas as excepções em que comprei o DVD, mesmo não gostando da capa. Sou capaz de, mais tarde, comprar uma edição inglesa com tudo exactamente igual à portuguesa mas se tem a capa que, para mim, tem o que a edição portuguesa não tem, compro-a. Isto é algo totalmente pessoal e subjectivo. Tenho alguns critérios sobre o que é, para mim, uma boa capa. Para mim, a capa é fundamental. É a primeira coisa que se vê quando se pega num DVD e, portanto, tem de ser perfeita. É claro que a noção de uma boa capa varia de pessoa para pessoa e todas são válidas. É algo totalmente subjectivo.

Elliot
Especialista
Especialista
Posts: 1004
Joined: Mon Nov 07, 2005 11:42 pm

Re: Pancadas de colecionador

Post by Elliot » Mon Nov 06, 2017 6:49 pm

A minha maior pancada/dificuldade enquanto coleccionador é, e isto soa estranho, ser fiel apenas ao meu gosto na construção da colecção.
Naturalmente que ninguém me aponta uma pistola mas confesso que, por vezes, dou por mim a adquirir determinado filme, que até não apreciei por aí além, apenas porque é realizado por alguém de quem gosto bastante ou porque tem como protagonista determinado actor ou actriz, etc. Isto leva a que, ao fim de alguns anos, conceba uma filmoteca magnifica (uma espécie de arquivo municipal) super completa mas igualmente carregadinha de títulos que nada me dizem e que dificilmente voltarei a ver.
Daí, na minha opinião, a necessidade primordial de o coleccionador definir que colecção quer fazer. E era essa a minha dificuldade.

Dou-vos um exemplo, comecei a ver cinema nos anos 80 e como tal sempre fui um admirador confesso do trabalho do Spielberg (a escolha do meu nick deriva dessa mesma paixão) e, como tal, determinei que iria ter tudo do homem. E assim foi. Contudo, um dia, enquanto organizava os meus filmes, deparo com estes títulos lá no meio : “ “A Cor Purpura”, “Always”, “Hook”, “Jurassic Park: O Mundo Perdido”, “Amistad”, “Guerra dos Mundos”, “Cavalo de Guerra”, “Lincoln” e “A ponte de Espiões”, todos comprados por serem do Spielberg e nenhum do meu agrado. E dei por mim a pensar que se cada um deles me tivesse custado 10€ tinha empatado ali 90€ sem qualquer retorno emocional e isto sem falar do espaço que estava a perder nas prateleiras. (Atentem que não estou aqui a discutir a qualidade dos filmes, apenas a afirmar que não me satisfizeram pelos mais variados motivos) Ganhei coragem, retirei-os da colecção e vendi-os! Agora, quando olho para a “secção” Spielberg, só lá tenho filmes de que gosto genuinamente e sorrio de satisfação. Isto aconteceu-me amiúde, tive igual dificuldade em desprender-me de alguns filmes do Scorcese (“A ultima tentação de Cristo”, “Kundun”, “Por um fio”, “ A invenção de Hugo”), do Peter Weir (“O Ano de todos os perigos” (ainda está à venda), “Master & Commander”, “Rumo à liberdade”) etc , mas agora, quando “passeio” pelos filmes, (quase) só vejo motivos de regozijo e de prazer.

O mesmo acontece com as edições XPTO. Quantas vezes dou por mim a não conseguir controlar-me e a comprar, por impulso, determinado filme de que não gostei mas que, por acaso, vem num magnifico Steelbook? O que é que isso traz à minha colecção? Um desequilíbrio brutal. Imaginem a minha fraquinha caixa amaray do lindíssimo “Match Point” ao lado do lindíssimo digibook do fraquinho “Suicide Squad”! Não é justo para com o filme do Woody! Nem para com os meus sentimentos.

Daí perguntar-me recorrentemente: -“Mas afinal o que pretendo construir? Uma colecção de filmes de que gosto genuinamente ou investir em recipientes?” É que infelizmente o meu dinheiro e o meu espaço não dão para tudo. E aqui repito-me, o coleccionador deverá, na minha opinião, saber o que quer para evitar angustias futuras. Definir se quer construir um arquivo impessoal com tudo de A ou B, compor uma montra de caixas lindíssimas que por acaso trazem uns discos lá dentro ou criar uma colecção de cinema baseado apenas no gosto pessoal onde tanto haja espaço para o “Stalker” do Tarkovski como para o “Filhos e Enteados” com o Will Ferrell e o John C Reilly.
Neste momento, e em jeito de conclusão, tenho quase 1000 filmes e almejo chegar aos 800 e já raramente caio no erro de adquirir filmes de que não gosto apenas por serem de determinado realizador/actor/ etc ou por virem numa edição XPTO ou por estarem em saldo.

Contudo, considero igualmente que nesta estranha forma de vida que é ser-se coleccionador tudo o que hoje parece racional e inteligente amanha não passe de um devaneio nerd sem qualquer fundamento ou sentido e que eu volte a comprar todos os filmes do Spielberg que despachei. grr-)
2016

2015

2014

2013

2012

2011: forum.dvdmania.org/viewtopic.php?f=11&t=43969

2010: forum.dvdmania.org/viewtopic.php?f=11&t=42282&p=517518

2009: forum.dvdmania.org/viewtopic.php?f=11&t=41185

Schwarz
Fanático
Fanático
Posts: 518
Joined: Sat Mar 28, 2009 3:31 pm
Location: Lisboa

Re: Pancadas de colecionador

Post by Schwarz » Wed Nov 08, 2017 3:49 pm

Como te compreendo, Elliot. Passa-se exactamente o mesmo comigo mas confesso que não tenho a tua coragem.
Alguns realizadores (e actores), apesar de algumas nódoas na carreira, é para se ter tudo.
Pegando no exemplo do Spielberg: nunca vi os Jurassics e sei que dificilmente apreciarei mas lá estão eles na minha coleção.
Noutros casos, e como os gostos evoluem, tenho receio de me desfazer de certos filmes pois poderei acabar a gostar mesmo deles.
Mas o problema do espaço acaba por nem sempre ser tão mau pois permite-nos fazer algumas limpezas necessárias. O pior é pensar no dinheiro que se gastou...

Post Reply