Edições Bluray novas - preços inflacionados e práticas pouco éticas

Todos os assuntos relativos ao home cinema que não se enquadrem nos restantes fóruns.
Post Reply
User avatar
Cabeças
DVD Maníaco
DVD Maníaco
Posts: 6049
Joined: Tue Dec 26, 2000 9:58 pm
Location: Portugal

Edições Bluray novas - preços inflacionados e práticas pouco éticas

Post by Cabeças » Fri Oct 28, 2016 12:45 pm

VIvam,

Penso que os coleccionadores mais atentos já terão notado os preços muito exagerados que a Fnac e também pelo que sei a Worten andam a fazer relativamente às edições bluray em steelbook.

A Fnac tem além disso uma prática que acho absolutamente reprovável, que é a de colocar na contracapa preços mais altos que nunca estiveram em vigor, o que pode induzir as pessoas menos informadas em erro, fazendo-as pensar que estão a comprar mais barato do que o preço "real". Isto para mim é publicidade enganosa, e uma prática que devia ser terminantemente proibida. Mas como neste país os grandes banqueiros e as grandes empresas fazem o que querem, temos que suportar estas práticas vergonhosas, pois ao que parece ninguém fiscaliza.

Julgo que este tipo de coisas merece um tópico próprio, onde possamos falar dos preços das várias edições que vão aparecendo.

No tópico das novidades, critiquei o facto de não existir, ao que parece, a edição bluray nacional em 2D do "Tarzan", que era um filme que tencionava comprar. Só temos a edição em dvd (miserável) por 15 euros, ou então uma edição 2D + 3D que custa a módica quantia de 30 euros! :evil: Ora a edição 2D existe lá fora, está aliás anunciada na amazon inglesa. Mas os consumidores portugueses se quiserem uma edição de jeito, têm que pagar TRINTA euros por uma edição que nem steelbook é. De modo que é só para dizer que acho isto lamentável, e que vou comprar usado daqui a uns meses, ou então lá fora.

Mas repugna-me imenso o modo com os coleccionadores portugueses estão a ser tratados. Os steelbooks a 30 euros são um exagero, e esta edição do Tarzan não ter o bluray 2D acho uma falta de respeito pelos consumidores portugueses.

Penso que as políticas de preços nas edições bluray steelbool e este caso de falta de opção 2D (a solo) no bluray do Tarzan são lamentáveis. Os blurays não devem ser artigos de luxo, penso eu. Se há uns tempos haviam steelbooks a 20 euros e a 25, porque é que agora parece que o standard são 30 euros?!

Copiei uns posts da conversa sobre isto que estava no tópico das novidades de Outubro, para se quiserem seguir a conversa aqui.
Salgueiro wrote:Mas qual é o preço da "Lenda de Tarzan" em bluray nas outras lojas? Por ex. na worten também está a 30 euros. Não me parece que seja só culpa da Fnac. Acho que o problema é do mercado nacional.
Viva, eu geralmente refiro a Fnac porque é a minha referência, é um sítio que gosto imenso e já lá gastei uma fortuna desde que apareceu. Nada tenho contra a Fnac, pelo contrário. Mas custa-me ver os aproveitamentos e os exageros que estão a fazer nas edições bluray steelbook em termos de preço e esta agora do filme "Tarzan" não ter edição bluray 2D normal irritou-me também muito, pois ela está disponível na amazon UK a 14,99 libras. Não disponibilizarem cá a versão 2D em bluray parece-me não só uma falta de consideração para os clientes, como radicalizarem os limites dos preços, pois ou se fica com uma edição de caca por 15 euros, ou então se se quiser uma edição boa têm que se pagar 30 euros, o que acho um roubo por uma edição "normal". Já com os steelbooks a esse preço é um roubo. E repito, que a "desculpa" do 3D é uma treta. Eu não ligo nenhuma ao 3D, porque é que tenho que supostamente o pagar se quiser comprar a edição? A verdade é que os consumidores portugueses continuam a ser carne para canhão, gozados e explorados o mais possível.

Por outro lado, o facto dos preços serem os mesmos na Worten, quanto a mim não torna as coisas mais justas, ou as explica ou justifica. Aliás quero crer que os preços entre as lojas são combinados, como fazem a maioria dos fornecedores de combustíveis... é por isso desde há uns anos temos placards electrónicos que devem ter custado milhares de euros nas auto-estradas a anunciar os preços das bombas de combustível mais próximas... com todos os preços iguais. É a palhaçada absoluta.

E volto a repetir o outro elemento que me repugna e revolta grandemente, novamente em relação à Fnac: colocar preços atrás fictícios como fazem, preços que nunca estiveram em vigor, parece-me éticamente mais do que reprovável e uma enorme falta de respeito pelos clientes, com a óbvia tentativa de fazer as pessoas menos informadas pensarem que estão a comprar uma promoção qualquer mais barato do que o preço "real". Estas práticas para mim são publicidade enganosa e deviam ser terminantemente proibidas.
Pedro eu sei isso, mas o problema é que como referi acima, ou se fica com uma edição vergonhosa, ou então tem que se comprar uma edição caríssima. Não há meio termo, que devia ser a edição bluray 2D normal. E que existe noutros mercados lá fora, está disponível na amazon inglesa. :-(
Cabeças
Image

Salgueiro
Fanático
Fanático
Posts: 796
Joined: Fri Nov 24, 2006 10:47 pm
Location: Porto

Re: Edições Bluray novas - preços inflacionados e práticas pouco éticas

Post by Salgueiro » Fri Oct 28, 2016 7:47 pm

Cabeças wrote: Por outro lado, o facto dos preços serem os mesmos na Worten, quanto a mim não torna as coisas mais justas, ou as explica ou justifica. Aliás quero crer que os preços entre as lojas são combinados, como fazem a maioria dos fornecedores de combustíveis... é por isso desde há uns anos temos placards electrónicos que devem ter custado milhares de euros nas auto-estradas a anunciar os preços das bombas de combustível mais próximas... com todos os preços iguais. É a palhaçada absoluta.
Eu não disse por a Worten ter os mesmos preços que a Fnac era mais justo ou que justificava seja o que for. Apenas reparei que o Cabeças mencionou apenas a Fnac, dando a entender que a culpa dos preços altos dos blurays é apenas da Fnac. Como disse, penso que o problema é do mercado português de bluray no geral.
De resto concordo com tudo o que o Cabeças disse. Isto é uma roubalheira. Já há algum tempo que deixei de contribuir para esta roubalheira e prefiro recorrer às lojas lá fora.
Cinema Asia - A minha página Facebook sobre cinema asiático.
Image

User avatar
Rui Santos
Site Admin
Posts: 5201
Joined: Mon Jun 04, 2001 11:42 pm
Location: Portugal - Lisboa / MAC
Contact:

Re: Edições Bluray novas - preços inflacionados e práticas pouco éticas

Post by Rui Santos » Mon Oct 31, 2016 11:03 pm

João concordo apenas parcialmente com o teu post. Ou seja algumas coisas apontas o dedo à FNAC e é uma prática generalizada, outras claramente são atitudes que merecem condenação.

Indo por partes:
Cabeças wrote: A Fnac tem além disso uma prática que acho absolutamente reprovável, que é a de colocar na contracapa preços mais altos que nunca estiveram em vigor, o que pode induzir as pessoas menos informadas em erro, fazendo-as pensar que estão a comprar mais barato do que o preço "real". Isto para mim é publicidade enganosa, e uma prática que devia ser terminantemente proibida. Mas como neste país os grandes banqueiros e as grandes empresas fazem o que querem, temos que suportar estas práticas vergonhosas, pois ao que parece ninguém fiscaliza.

Julgo que este tipo de coisas merece um tópico próprio, onde possamos falar dos preços das várias edições que vão aparecendo.

No tópico das novidades, critiquei o facto de não existir, ao que parece, a edição bluray nacional em 2D do "Tarzan", que era um filme que tencionava comprar. Só temos a edição em dvd (miserável) por 15 euros, ou então uma edição 2D + 3D que custa a módica quantia de 30 euros! :evil: Ora a edição 2D existe lá fora, está aliás anunciada na amazon inglesa. Mas os consumidores portugueses se quiserem uma edição de jeito, têm que pagar TRINTA euros por uma edição que nem steelbook é. De modo que é só para dizer que acho isto lamentável, e que vou comprar usado daqui a uns meses, ou então lá fora.
Sobre as etiquetas 39.90€ vs 34.90€ e 34.90€ vs 29.90€ estamos de acordo. Aliás a Fnac o que deveria fazer mais vezes, e é o que tem feito em algumas edições de ter preços de lançamento para pre-orders mais baixos.
Como por exemplo no Revenant em que ofereciam o dvd Birdman.

Aliás, a Fnac que tem esta prática errada dos preços é a única que ainda tem um espaço (pequeno é certo) para DVDs e que tem uma loja online com pés e cabeça em Portugal. A Fnac está longe do que era quando foi lançada? Concordo... mas está tão à frente da Worten, Radio Popular e Media Markt que nem há comparação.

Quanto às questões da falta dos dvd's de extras, preços exorbitantes, edições 3D, Digicases, etc. são questões discutidas por aqui desde o primeiro dia do fórum... não faz sentido apontar setas à Fnac...
Aliás a brilhante ideia de misturar em muitas edições as legendas Brasileiras... é o sinal da decadência do nosso mercado físico.
Eu neste momento compro muito pouca coisa, e compro acima de tudo edições com legendas, pois a minha mulher não domina o inglês e por isso os filmes que gosto de ver com ela, tenho sempre a tendência para comprar com legendas Pt.
Cabeças wrote: Nada tenho contra a Fnac, pelo contrário. Mas custa-me ver os aproveitamentos e os exageros que estão a fazer nas edições bluray steelbook em termos de preço e esta agora do filme "Tarzan" não ter edição bluray 2D normal irritou-me também muito, pois ela está disponível na amazon UK a 14,99 libras. Não disponibilizarem cá a versão 2D em bluray parece-me não só uma falta de consideração para os clientes, como radicalizarem os limites dos preços, pois ou se fica com uma edição de caca por 15 euros, ou então se se quiser uma edição boa têm que se pagar 30 euros, o que acho um roubo por uma edição "normal". Já com os steelbooks a esse preço é um roubo. E repito, que a "desculpa" do 3D é uma treta. Eu não ligo nenhuma ao 3D, porque é que tenho que supostamente o pagar se quiser comprar a edição? A verdade é que os consumidores portugueses continuam a ser carne para canhão, gozados e explorados o mais possível.
Eu ai, para além dos argumentos já apontados, e de referir que muitas vezes os preços são formulados pelas editoras.... noto que a Fnac é a única ainda com muitas edições em Steelbook... onde andam as mesmas na lojas que referi, onde andam as VidPostais e Submarinos em Portugal? Onde anda uma Amazon Portuguesa?
A Fnac explora? Sim, mas não é a única má da fita, e ainda é a única a apostar em algumas edições de colecionador em Portugal.

Claro que deve ser criticada, mas a minha opinião é muito semelhante à do Ricardo Rocha. (num vídeo que também julgo que viste).
Acho que podemos e devemos perder algum tempo a escrever cartas às editoras nacionais e à Fnac explicando como o mercado de colecionadores pode ser a sua única salvação para aguentar um formato que definitivamente está reservado aos colecionadores.
Rui Santos - 47 Anos | 16 Anos DVDMania
DVD/BR | Jogos | Life is Short, Play More | Facebook DVDMania

superman
Fanático
Fanático
Posts: 748
Joined: Thu Sep 04, 2008 11:43 pm
Location: Londres

Re: Edições Bluray novas - preços inflacionados e práticas pouco éticas

Post by superman » Thu Nov 10, 2016 11:03 pm

Voltei recentemente de Inglaterra com uma porrada de filmes. DVD e BR's.
O que posso dizer é que cai numa realidade grosseira quando fui ver os preços aqui dos filmes.
Mas o que esperam que as pessoas façam?
Duvido que comprem.
Fiquei revoltado pois já nem me recordava dos preços que aqui faziam.
Aumentei a minha colecção por um valor muito baixo, algo que aqui em Portugal era impensável fazer pelo valor que fiz.
Antes de voltar compre a edição BR do Batman vs Superman por apenas 10 libras e quando fui ver na fnac estava a uns incríveis 36 EUROS?!?!?
Mas anda tudo maluco?
So uma pessoa muito gananciosa pode aplicar um preço desses.
Admiram-se que depois recorram a pirataria?!?
So volto a comprar filmes em leiloes ou a "amigos" pois nas lojas é impossível comprar ou aproveito quando for a Inglaterra passear e compro la vários títulos que aqui nao posso comprar.
Isto revolta um pouco.

User avatar
Rui Santos
Site Admin
Posts: 5201
Joined: Mon Jun 04, 2001 11:42 pm
Location: Portugal - Lisboa / MAC
Contact:

Re: Edições Bluray novas - preços inflacionados e práticas pouco éticas

Post by Rui Santos » Thu Nov 10, 2016 11:48 pm

Os preços do nosso mercado sempre foram inflacionados, as desculpas são sempre as clássicas como a do selo e do IVA. Sem dúvida que isso encarece um DVD/Br, mas em 2/3€

A dimensão do mercado faz com que se tente sempre ganhar o mesmo, mas cada vez mais à custa dos colecionadores como é o nosso caso. Vejo por mim, à minha volta já ninguém compra edições fisicas, toda a gente migrou para o digital, restart tv, pirataria (curiosamente cada vez menos)
Outro dos problemas do BR, (e que se vem sentindo desde o final dos tempos dos dvds) foi a junção do nosso mercado a outros países onde dificilmente se pode comprar online, tal não é de certeza mero acaso. O facto das nossas edições serem partilhadas com países como Polónia, Emiratos Arabes Unidos e outros países distantes não é um acaso.
A juntar a isso, temos a tragédia das legendas em Português brasileiro...

Se compararmos a situação atual, com a de há 10 anos por exemplo.... há muito menos edições em Portugal, há muito menos edições no Reino Unido, Espanha, França, Alemanha com legendas em Português, há muito menos BR com legendas para vários países.
As editoras com a sua ganância tem ajudado a matar o mercado, mais acentuado ainda num local como o nosso, com apenas 10 milhões de habitantes, que passou por uma crise.

Se continuarem a aumentar os preços, ou a manter os mesmos... dificilmente venderão 5/10 cópias de um filme, mesmo que seja um blockbuster.
O espaço fisico nas lojas encolhe, as lojas online são uma minoria... o mercado está a morrer e havia algumas formas bem diferentes de o modificar.

O mercado fisico, vai ficar um nicho para os colecionadores. Estes o que pretendem são edições de qualidade, a preços competitivos e equiparadas às melhores edições lá fora. (sim... existe uma coisa que se chama internet e que permite comparar uma edição com outra em segundos). NÃO queremos BRs a 15€, o preço de 20/25€ para uma edição nova é aceitavel, mas não é numa caixa de plástico sem sequer um papel lá dentro.
Essas edições "light" são para 15€.
Diferenciem o produto: Edições de qualidade 20/25€ | Edições simples 10/15€ e assim conseguiram manter o mercado mais uns anos... pois como está... em dois anos fica reduzo a práticamente 0.
Rui Santos - 47 Anos | 16 Anos DVDMania
DVD/BR | Jogos | Life is Short, Play More | Facebook DVDMania

Post Reply